Abrir menu principal

Pedro Paulo Moniz Barreto de Aragão

médico
Pedro Paulo Moniz Barreto de Aragão
Nascimento 29 de junho de 1907
Rio de Janeiro
Morte 21 de outubro de 1969 (62 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Alma mater Universidade Federal Fluminense
Empregador Arquivo Nacional

Pedro Paulo Moniz Barreto de Aragão (Rio de Janeiro, 29 de junho de 1907 — Rio de Janeiro, 21 de outubro de 1969) foi um médico brasileiro.[1]

BiografiaEditar

Filho de Joaquim Egas Moniz Barreto de Aragão e Maria Eugênia Corrêa Moniz de Aragão, Pedro Moniz de Aragão fez o curso secundário no Lycée Français e no Instituto Lafayette. Bacharelou-se em medicina pela Faculdade de Medicina de Niterói, atual Universidade Federal Fluminense. Dedicou-se ao serviço público tendo trabalhado na Caixa Econômica Federal e no Arquivo Nacional, onde foi diretor de 1964 a 1969, quando morreu. Nessa função representou o Brasil no V Congresso Internacional de Arquivos (Washington, 1966) e fez parte de nossa delegação ao VI Colóquio de Estudos Luso-Brasileiros (Boston, 1966).[2] Foi sócio efetivo do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, eleito em 1958. Atuou ainda no Jornal do Brasil, no Correio da Manhã, no Diário de Pernambuco, no Jornal do Recife e no A Tarde.[1]

Referências

  1. a b «Pedro Paulo Moniz Barreto de Aragão». ihgb.org.br. Consultado em 18 de dezembro de 2018 
  2. ESTEVÃO, Silvia Ninita de Moura; FONSECA, Vitor Manoel Marques da (2010). «A França e o Arquivo Nacional do Brasil». Revista Acervo 
  Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.