Pierre-Étienne Flandin

político francês

Pierre Étienne Flandin (n. 12 de Abril de 1889, Paris - f. 13 de Junho de 1958, Saint-Jean-Cap-Ferrat ) era um político conservador francês da Terceira República, líder da Aliança Republicana Democrática (ARD), e o primeiro-ministro da França de 8 Novembro de 1934 a 31 de maio de 1935.[1][2]

Pierre Étienne Flandin
Pierre Étienne Flandin
Primeiro-ministro da França
Período 1º - 8 de Novembro de 1934
até 1 de Junho de 1935

2º - 13 de Dezembro de 1940
até 9 de Fevereiro de 1941

Antecessor(a) 1º - Gaston Doumergue

2º - Pierre Laval

Sucessor(a) 1º - Fernand Bouisson

2º - François Darlan

Dados pessoais
Nascimento 12 de Abril de 1889
Paris
Morte 13 de Junho de 1958
Saint-Jean-Cap-Ferrat
Partido Alliance Démocratique
Profissão Político
linkWP:PPO#França

VidaEditar

Piloto militar durante a Primeira Guerra Mundial,[3] Flandin ocupou vários cargos no gabinete durante o período entre guerras. Foi Ministro do Comércio, sob o cargo de Frédéric François-Marsal, por apenas cinco dias em 1924. Foi Ministro do Comércio e Indústria no cargo de André Tardieu em 1931 e 1932. Entre esses cargos, atuou sob Pierre Laval como Ministro das Finanças. Foi Ministro das Obras Públicas no gabinete de Gaston Doumergue em 1934. Tornou-se primeiro-ministro em novembro de 1934, mas o seu cargo de primeiro-ministro durou apenas até junho de 1935. No entanto, vários pactos importantes foram negociados durante o seu mandato: o Acordo Franco-Italiano, a Frente Stresae o Pacto Franco-Soviético. Flandin foi, aos 45 anos, o primeiro-ministro mais jovem da história da França.

Flandin era o ministro das Relações Exteriores da França quando Adolf Hitler reocupou a Renânia em 1936.[4] Apoiar o apaziguamento durante a crise de Munique prejudicou sua carreira.  Em dezembro de 1940, o chefe de estado de Vichy, Philippe Pétain, nomeou o ministro das Relações Exteriores da Flandin e primeiro-ministro em 13 de dezembro de 1940, substituindo Pierre Laval. Ele ocupou esse cargo por apenas dois meses.

Ele foi deposto por François Darlan em janeiro de 1941.[5]

Uma rua em Avallon foi batizada em sua homenagem.[6] Em maio de 2017, foi renomeado em homenagem ao parlamentar britânico assassinado, Jo Cox.[7]

Governo de FlandinEditar

Este governo durou ente 8 de Novembro de 1934 e 1 de Junho de1935.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. «M. Pierre Flandin – A Former Premier of France». The Times. 14 de junho de 1958 
  2. «Alliance républicaine démocratique (ARD)». Quid.fr. 2008. Consultado em 13 de maio de 2009. Cópia arquivada em 21 de novembro de 2007 
  3. Gunther, John (1940). Inside Europe. New York: Harper & Brothers. p. 196 
  4. «Berlin Talks on Reconciliation – Mr Flandin's Statement». The Times. 7 de março de 1936 
  5. Dank, Milton (1974). The French against the French. London: Cassell. pp. 365 p. 338. ISBN 0-304-30037-3 
  6. 47° 29′ 20″ N, 3° 53′ 52″ L
  7. Gacon, Armelle. «Inauguration - L'ex-rue Pierre-Etienne Flandin porte désormais le nom de Jo Cox, à la Morlande». L'Yonne republicaine. Consultado em 27 de novembro de 2017 

Precedido por
Gaston Doumergue
Primeiro-ministro da França
1934 - 1935
Sucedido por
Fernand Bouisson
Precedido por
Pierre Laval
Primeiro-ministro da França
1940 - 1941
Sucedido por
François Darlan
  Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.