Poudre B

A Poudre B foi a primeira pólvora sem fumaça prática, criada em 1884.

Flocos de pólvora sem fumaça moderna
muito semelhantes aos da Poudre B.

Ela foi aperfeiçoada entre 1882 e 1884 por Paul Vieille no "Laboratoire Central des Poudres et Salpêtres" em Paris, França.

Visão geralEditar

Originalmente chamada de "Poudre V" sendo o "V" derivado do nome do inventor, Paul Vieille, foi arbitrariamente renomeada para "Poudre B" (associada a "poudre blanche" - "pólvora branca", ou como uma referência ao nome do General Boulanger, Ministro da Guerra na época) para distingui-la da "pólvora negra") tudo para confundir a espionagem alemã.[1] A "Poudre B" é feita de 68,2% de nitrocelulose insolúvel, 29,8% de nitrocelulose solúvel gelatinizada com éter e 2% de parafina. A "Poudre B" se apresenta em flocos muito pequenos, finos como papel, que não são brancos, mas sim cinza-esverdeados escuros. A "Poudre B" foi usada pela primeira vez para carregar os cartuchos 8mm Lebel designados em 1886 para o fuzil Lebel modèle 1886.

HistóricoEditar

O químico suíço-alemão Christian Friedrich Schönbein criou a substância explosiva nitrocelulose, ou "algodão-pólvora", em 1846, tratando as fibras de algodão com uma mistura de ácido nítrico e ácido sulfúrico. No entanto, o "algodão-pólvora" provou ter uma queima muito rápida para uso direto em armas de fogo e munições de artilharia. O químico francês Paul Vieille seguiu as descobertas de Schönbein em 1882-84 e, após muitas tentativas e erros, conseguiu transformar o "algodão-pólvora" em uma substância coloidal, gelatinizando-o em uma mistura de álcool-éter que ele então estabilizou com álcool amílico. Ele então usou prensas de rolo para transformar essa substância coloidal gelatinizada em folhas extremamente finas que, após a secagem, foram cortadas em pequenos flocos.

Esta pólvora sem fumaça de base única foi originalmente chamado de "Poudre V" tendo o "V" advindo do nome do inventor. Essa denominação foi posteriormente alterada arbitrariamente para "Poudre B", a fim de distrair a espionagem alemã. A Poudre B original de 1884 foi quase imediatamente substituída pela "Poudre BF (NT)" melhorada em 1888. Em 1896, a "Poudre BF (NT)" foi substituída pela "Poudre BF (AM)", que foi seguido pela " Poudre BN3F "em 1901. Este último foi estabilizado com o antioxidante difenilamina em vez de álcool amílico, e apresentou desempenho seguro e regular como a pólvora francesa padrão usada durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Foi seguida durante a década de 1920 pela "Poudre BN3F (Ae)" e mais tarde pela "Poudre BPF1", que permaneceu em serviço até a década de 1960.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Davis, Tenney L. The Chemistry of Powder & Explosives (1943) pages 289–292

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Poudre B