Abrir menu principal
Parafina
Alerta sobre risco à saúde
Paraffin.jpg
Identificadores
Número CAS 8002-74-2
Número EINECS 232-315-6
Propriedades
Fórmula molecular CnH2n+2 (n > 20)
Densidade 0.90 g cm-3 [1]
Ponto de fusão

50 - 57 °C [2]

Solubilidade em água insolúvel [2]
Solubilidade insolúvel em etanol [2]
solúvel em benzeno, dissulfeto de carbono, clorofórmio, éter dietílico, óleos [1]
Fundida, ela é miscível com espermacete e gordura[1]
Riscos associados
Ponto de fulgor 199 °C [1]
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

A parafina é um derivado do petróleo descoberto por Carl Reichenbach. Conhecida por sua alta pureza, excelente brilho e odor reduzido, também pode ser usada como combustível. Possui propriedades termoplásticas e de repelência à água e é usada amplamente para a proteção de diversas aplicações, como em embalagens de papelão para a indústria alimentícia e revestimento de queijos e frutas. Por suas propriedades de combustível, é a matéria prima essencial na fabricação de velas. Outras aplicações comuns à parafina incluem cosméticos, giz de cera, adesivos termofusíveis (hot melt), papel carbono, tintas, pinturas etc.

Propriedade físico-ocularEditar

É comumente encontrada com aparência de cera sólida branca, sem odor, sem gosto e com ponto de fusão típico entre 58 °C e 62 °C. É insolúvel em água, porém solúvel em dietil-éter, éter, benzeno e em certos ésteres. A parafina não reage com a maioria dos reagentes químicos mais comuns, mas queima rapidamente.

Parafina líquidaEditar

A parafina líquida recebe uma variedade de designações incluindo parafina líquida, óleo de parafina e óleo mineral. É frequentemente utilizada em espectroscopia infravermelha uma vez que possui espectro IR descomplicado. Ela é muito usada na produção de massa corrida e texturas para melhorar a aplicação.

Na saúde e naturezaEditar

Como a parafina é constituída de hidrocarbonetos (carbono e hidrogênio) saturados, seu ponto de fulgor é confiável, mas ela pode ser muito inflamável, funcionando como um combustível. Seu ponto a favor é o fato de não ser tóxica, e possuir um grande leque de usos. A parafina também é usada em balões artesanais.

Referências

  1. a b c d Gangolli, S. (1999). Royal Society of Chemistry, ed. The Dictionary of Substances and Their Effects: O-S. 6. [S.l.: s.n.] p. 102. 952 páginas. ISBN 0 8540 4803 0 
  2. a b c Milne, George W. A. (2005). John Wiley and Sons, ed. Gardner's commercially important chemicals: synonyms, trade names, and properties (em inglês). [S.l.: s.n.] p. 468. 1178 páginas. ISBN 0 4717 3518 3 
  Este artigo sobre um Combustível é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.