Protocolo de Alma-Ata

Protocolo de Alma-Ata são os tratados fundadores e declarações de princípios da Comunidade dos Estados Independentes (CEI).[carece de fontes?]

Protocolo de Alma-Ata
Cerimônia de assinatura
Local de assinatura Alma-Ata, Cazaquistão
Signatário(a)(s) 11 signatários originais
Assinado 21 de dezembro de 1991
Em vigor 21 de dezembro de 1991 (30 anos)

Os líderes de Rússia, Ucrânia e Bielorrússia tinham acordado o Pacto de Belaveja em 8 de dezembro de 1991, com a dissolução da União Soviética e a formação da CEI. Em 21 de dezembro de 1991, Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão, Moldávia, Rússia, Tajiquistão, Turquemenistão, Ucrânia e Uzbequistão concordaram com o Protocolo de Alma-Ata, juntando-se à CEI. O último acordo incluído o original de três Belavezha signatários, bem como oito ex-repúblicas Soviéticas.[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «About this Collection». Federal Research Division / Country Studies / Area Handbook Series / Belarus / Appendix C 

Ligações externasEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.