Abrir menu principal
Protonórdico
Outros nomes:protonórdico, nórdico primitivo, escandinavo antigo, proto-germânico setentrional
Falado em: Escandinávia, norte da Europa
Total de falantes:
Família: Indo-europeia
 Protonórdico
Escrita: Runas
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
Järsbergsstenen 9.JPG
Pedra de Järsberg, escrita em nórdico primitivo.
Cópias públicas dos Cornos de ouro de Gallehus, com texto em nórdico primitivo.

O protonórdico ou nórdico primitivo (sueco: urnordiska, norueguês e dinamarquês: urnordisk) foi uma língua indo-europeia falada na Escandinávia, que se acredita ter evoluído do proto-germânico nos primeiros séculos depois de Cristo. É o estágio mais antigo de uma língua caracteristicamente germânica setentrional, e a língua das mais antigas inscrições rúnicas. Foi falado aproximadamente entre os primeiros séculos da era cristã e o século VIII (abrangendo o início da idade do ferro romana, a era das migrações nórdicas e a era de Vendel). Por volta do século VIII, o nórdico primitivo evoluiu sucessivamente para o nórdico antigo (fornnordiska) da Era Viquingue e da Idade Média na Escandinávia. [1][2][3]

Língua Período Área
Germânico primitivo - antes da Era Cristã Germânia
Nórdico primitivo ca. século I - século VIII Escandinávia
Nórdico Antigo ca. século VIII - século XIV Escandinávia, e regiões colonizadas por estes povos, durante a Era Viquingue e a Baixa Idade Média Nórdica
Línguas nórdicas:
Dinamarquês, sueco, norueguês, feroês, islandês e o extinto norn
ca. século XIV - Países nórdicos

Textos em nórdico primitivoEditar

As poucas inscrições em nórdico primitivo que sobreviveram até hoje estão escritas com runas do alfabeto rúnico antigo - Futhark antigo - e estão representadas em algumas pedras rúnicas e objetos arqueológicos.[4][5]

A reconstrução da língua nórdica primitiva é feita através de palavras registadas por autores da antiguidade, como por exemplo o historiador romano Tácito no século I-II, e de palavras dadas ao finlandês, lapão e estónio, assim como pelo estudo dos nomes geográficos nórdicos mais antigos.[4]

  • Kuningas – em estónio e finlandês, derivado de *kuningaz (rei)
  • Juust – em estónio, e juusto em finlandês, derivados de *justaz (queijo)

FonologiaEditar

AcentoEditar

O acento tônico do protonórdico, como ainda acontece no islandês, caía na primeira sílaba. Muitos estudiosos[quais?] propuseram que o protonórdico também possuía um acento tonal separado que teria sido herdado do proto-indo-europeu e evoluiu para os tons do sueco e norueguês. Outra teoria proposta recentemente diz que cada sílaba tônica e todas as outras sílabas breves recebiam acento, marcado pela entonação, o que levou ao desenvolvimento da distinção tonal do sueco e do norueguês. Por fim, muitos linguistas dizem que mesmo os primeiros rudimentos da distinção não apareceram senão no período do norueguês antigo.

VogaisEditar

Uma característica marcante do protonórdico é a assimetria entre vogais longas e breves, como se pode ver abaixo:

Vogais breves Vogais longas Ditongos
a: [a] ō: [oː] eu: [eʊ]
e: [e] ī: [iː] au: [aʊ]
i: [i] ū: [uː] ei: [eɪ]
u: [u]   ai: [aɪ]

ConsoantesEditar

  Bilabial Labio-
dental
Dental Alveolar Palatal Velar Uvular
Oclusiva ¹ sonora b [b]   d [d]     g [ɡ]  
não sonora p [p]   t [t]     k [k]  
Fricativa sonora       z ² [z]      
não sonora   f [f] þ [θ] s [s]     h [χ]
Nasal m [m]   n [n]        
Vibrante       r [r]      
Lateral       l [l]      
Aproximante w [w]       j [j]    
Notas
  1. O proto nórdico tinha as mesmas seis oclusivas do norueguês antigo. Quando uma uma oclusiva sonora está ente vogais, se pronuncia como uma fricativa.
  2. Em estágios mais recentes, provavelmente foi pronunciado como um r retroflexo ([ɹ]).

Referências

  1. «O que é Nórdico Antigo» (em sueco). Nórdico Antigo. Consultado em 4 de maio de 2014 
  2. Lena Peterson. «Lexikon över urnordiska personnamn» (em sueco). Instituto da Língua e da Memória Popular (Institutet för språk och folkminnen). Consultado em 3 de março de 2019 
  3. Elof Hellquist. «Förkortningar och förklaringar» (em sueco). Projekt Runeberg - Svensk etymologisk ordbok (Projeto Runeberg - Dicionário etimológico sueco - Arquivo Nacional da Suécia). p. 1283. Consultado em 3 de março de 2019 
  4. a b Staffan Hellberg. «Nordiska språk» (em sueco). Nationalencyklopedin (Enciclopédia Nacional Sueca). Consultado em 4 de março de 2019 
  5. «Om runskrift» (em sueco). Riksantikvariämbetet (Autoridade Nacional da Herança Cultural). Consultado em 4 de março de 2019