Abrir menu principal
Red Hat, Inc.
Empresa de capital aberto
Slogan Líder em soluções open source
Cotação NYSE: RHT
Atividade Software
Gênero Incorporation
Fundação 1993 (1993)[1]
Fundador(es)
Sede Raleigh, Carolina do Norte, Estados Unidos
Área(s) servida(s) Mundo
Presidente Indefinido até o momento
Vice-presidente Indefinido até o momento
Pessoas-chave
  • Naren Gupta (Presidente do conselho de administração)
  • Jim Whitehurst (Diretor executivo)
Empregados 13.400 (Fevereiro 2019)[2]
Produtos
  • Red Hat Enterprise Linux
  • Red Hat Mobile Application Platform
  • Red Hat Directory Server
  • Fedora
  • Red Hat Certificate System
  • Red Hat Enterprise Linux OpenStack Platform
  • Red Hat Satellite
  • JBoss Enterprise Middleware
  • Red Hat Enterprise Virtualization
  • Red Hat Storage Server
  • Red Hat CloudForms[3]
  • Red Hat OpenShift
Subsidiárias Red Hat India, Red Hat Czech
Lucro Aumento US$199.37 milhões (2016)[4]
LAJIR Aumento US$288.05 milhões (2016)[4]
Faturamento Aumento US$2.4 bilhões (2016)[4]
Website oficial www.redhat.com

A Red Hat, Inc. é uma empresa dos Estados Unidos, que disponibiliza soluções baseadas no sistema operativo (português europeu) ou sistema operacional (português brasileiro) GNU/Linux, incluindo o Red Hat Enterprise Linux, além de soluções de software. Em 28 de Outubro de 2018, a IBM anunciou a compra da Red Hat por US$34 bilhões de dólares.[5]

Índice

FedoraEditar

 Ver artigo principal: Fedora Linux

O principal produto da Red Hat costumava ser o Red Hat Linux, que era vendido para uso privado e para empresas. Porém, em 2004 a Red Hat iniciou uma separação dos dois mercados. Com a criação do Red Hat Enterprise Linux, a Red Hat começou a concentrar os seus esforços no mercado das empresas, mais rentável, e após a versão 9, acabou com o desenvolvimento da versão pessoal, o ambiente desktop, que foi substituído pelo Fedora Linux, uma distribuição cuja atualização é mais rápida por ser aberta, com o envolvimento da comunidade, o Projeto Fedora, o qual passou a ser patrocinada pela Red Hat.

Venda para IBMEditar

Em outubro de 2018, A IBM realizou um acordo definitivo para compra da produtora de software Red Hat por 34 bilhões de dólares. Esse acordo ainda está sujeito à aprovação dos acionistas da fornecedora software.[5][6]

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Finance.yahoo.com». finance.yahoo.com. Consultado em 14 de outubro de 2017 
  2. https://investors.redhat.com/ir-resources/investor-faqs. Consultado em 2 de maio de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. «Red Hat High Performance Computing» (PDF). Consultado em 21 de dezembro de 2009. Arquivado do original (PDF) em 20 de março de 2009 
  4. a b c «RED HAT INC 2016 Annual Report Form (10-K)» (XBRL). United States Securities and Exchange Commission. 26 de abril de 2016 
  5. a b «IBM compra a produtora de software Red Hat por US$ 34 bilhões». Revista EXAME. 28 de outubro de 2018. Consultado em 5 de novembro de 2018 
  6. Baker, Liana B.; Roumeliotis, Greg (28 de outubro de 2018). «IBM to acquire software company Red Hat for $34 billion» (em inglês). Reuters. Consultado em 5 de novembro de 2018