Abrir menu principal
Richard Truly
Nome completo Richard Harrison Truly
Nascimento 12 de novembro de 1937 (82 anos)
Fayette, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Alma mater Instituto de Tecnologia da Geórgia
Ocupação
Serviço militar
Serviço Marinha dos Estados Unidos
Anos de serviço 1959–1989
Patente vice-almirante
Condecorações Legião do Mérito (2)
Cruz de Voo Distinto
Carreira espacial
Astronauta da NASA
Tempo no espaço 08d 07h 21min
Seleção Grupo 1 da Força Aérea 1965
Grupo 7 da NASA 1969
Missões
Insígnia da missão Sts-2-patch.png STS-8 patch.png
Aposentadoria maio de 1992
Prêmios Medalha de Serviço
Distinto da NASA
(2)

Richard Harrison Truly (Fayette, 12 de novembro de 1937) é um ex-astronauta e engenheiro aeronáutico dos Estados Unidos. Foi também o oitavo administrador da NASA, entre 1989 e 1992.

BiografiaEditar

Formado em engenharia aeronáutica pelo Instituto de Tecnologia da Geórgia, começou a carreira de piloto como aviador naval, servindo como piloto de jato F-8 Crusader nos porta-aviões USS Intrepid e USS Enterprise no começo dos anos 60, acumulando mais de 300 pousos em porta-aviões. Em 1963 integrou, primeiro como aluno e depois como instrutor, a Escola de Pilotos de Teste da Força Aérea dos Estados Unidos, na Base Aérea de Edwards, Califórnia, onde permaneceu até 1965. Neste ano ele foi um dos primeiros militares a serem selecionados como astronautas para o Manned Orbiting Laboratory, um projeto da USAF para a construção da primeira estação orbital militar, estabelecido em Los Angeles, Califórnia. Após o cancelamento do programa ele entrou para a NASA, em agosto de 1969. [1]

Durante seu primeiro período na agência espacial atuou como CAPCOM das três missões Skylab e do voo conjunto Apollo-Soyuz, na primeira metade dos anos 70. Em 1977 integrou as primeira tripulações de testes dos ônibus espaciais e foi ao espaço pela primeira vez em 1981, como piloto da nave Columbia na STS-2, a segunda missão do ônibus espacial, quando foi o primeiro homem lançado ao espaço no dia de seu aniversário. Dois anos depois, comandou a missão STS-8 na nave Challenger, após a qual deixou a NASA, para exercer um recém-criado comando na Marinha.[1]

Três meses depois do acidente da Challenger, Truly retornou à NASA para assumir o cargo de Administrador-adjunto para Voos Espaciais, em que seu principal trabalho era administrar e coordenar o retorno dos voos espaciais posteriores à tragédia e fazer uma análise das condições para futuros voos e do programa a longo prazo. O trabalho levou quase três anos até o retorno das missões em março de 1986 com o voo da STS-26 Discovery.

Em maio de 1989 ele foi nomeado Administrador da NASA pelo presidente George H. W. Bush, o primeiro astronauta a ter o comando geral da agência espacial. Carl Sagan credita a ele ter interferido para que a espaçonave Voyager 1 pudesse tirar, em 1990, uma última fotografia da Terra a seis bilhões de quilômetros, antes de completar sua missão. A imagem ficou sendo conhecida como o Pálido Ponto Azul..[2] Demitido em 1992 para surpresa dele próprio e de muitos analistas, que viram na ação uma tentativa do conselho de espaço do vice-presidente Dan Quayle dele mesmo controlar diretamente as atividades da NASA.[3] Alguns atribuem sua demissão à sua insistência em prolongar o programa dos ônibus espaciais ao invés de desenvolver missões menores, mais baratas e mais rápidas preferidas pela administração, sendo incapaz de vencer a burocracia e fazer as reformas que o governo achava necessárias.[3]

Após deixar a NASA assumiu o cargo de vice-presidente e diretor do Georgia Tech Research Institute, parte do Instituto de Tecnologia da Geórgia, em Atlanta, função que exerceu entre 1992 e 1997.[4] Entre 1997 e 2005 foi diretor do Laboratório Nacional de Energia Renovável do Departamento de Energia dos Estados Unidos.[5]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Bio» (PDF). NASA. Consultado em 21 de maio de 2019 
  2. Greenfieldboyce, Nell (12 de fevereiro de 2010). «An Alien View Of Earth». NPR. Consultado em 5 de novembro de 2014 
  3. a b Sawyer, Kathy (13 de fevereiro de 1992). «Truly Fired As Nasa Chief, Apparently At Quayle Behest». The Washington Post 
  4. «VADM Richard H. Truly (USN, Ret.)». GTRI 75 Years. Georgia Tech Research Institute. Consultado em 23 de agosto de 2010 
  5. «NREL Director Richard Truly Announces Retirement Plans». National Renewable Energy Laboratory. 8 de junho de 2004. Consultado em 5 de novembro de 2014 

Ligações externasEditar