Abrir menu principal
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo asteróide, veja 2228 Soyuz-Apollo.
Apollo–Soyuz
Аполлон–Союз
Apollo-Soyuz Test Project patch.svg
Informações da missão
Operadora NASA
Foguete Saturno IB SA-210
Soyuz-U
Astronautas Thomas Stafford
Vance Brand
Donald Slayton
Aleksei Leonov
Valeri Kubasov
Base de lançamento Soyuz:
Plataforma Gagarin,
Cosmódromo de Baikonur
Apollo:
Plataforma 39B, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 15 de julho de 1975
Soyuz:
12h20min00s UTC
Baikonur, Cazaquistão,
União Soviética
Apollo:
19h50min UTC
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem Soyuz:
21 de julho de 1975
10h50min00s UTC
Apollo:
24 de julho de 1975
21h18min UTC
Oceano Pacífico
Órbitas 148 (Apollo)
96 (Soyuz)
Duração Soyuz:
5 dias, 22 horas, 30 minutos
Apollo:
9 dias, 1 hora, 28 minutos
Altitude orbital 231 quilômetros
Inclinação orbital 51,75 graus
Imagem da tripulação
Slayton, Stafford, Brand, Leonov e Kubasov
Slayton, Stafford, Brand, Leonov e Kubasov
Navegação
Skylab 4
Soyuz 18
Soyuz 20

Apollo–Soyuz (Аполлон–Союз) foi uma missão conjunta do Projeto Apollo e do programa espacial soviético que efetuou uma acoplagem em órbita da Terra de uma espaçonave dos Estados Unidos com uma da União Soviética.

O propósito principal desta missão era simbólico, integrante da política da détente da época, que visava a melhorar as relações entre as duas superpotências, o que começava a acontecer naquele período da Guerra Fria, e colocar um fim nas tensões da corrida espacial.

Índice

TripulaçõesEditar

ApolloEditar

PrincipalEditar

Posição Astronauta
Comandante   Thomas P. Stafford
Piloto do Módulo de Comando   Vance D. Brand
Piloto do Módulo de Acoplagem   Donald K. "Deke" Slayton

ReservaEditar

Posição Astronauta
Comandante   Alan L. Bean
Piloto do Módulo de Comando   Ronald E. Evans
Piloto do Módulo de Acoplagem   Jack R. Lousma

SoyuzEditar

PrincipalEditar

Posição Astronauta
Comandante   Aleksei A. Leonov
Engenheiro de Voo   Valeri N. Kubasov

ReservaEditar

Posição Astronauta
Comandante   Anatoli V. Filipchenko
Engenheiro de Voo   Nikolai N. Rukavishnikov

A missãoEditar

Esta foi a única missão do Programa de Testes Apollo–Soyuz a ser executada. Os astronautas da Apollo eram Thomas Stafford, Vance Brand e Donald Slayton. Os cosmonautas da Soyuz 19 eram Alexei Leonov e Valeri Kubasov. Além de experiências científicas diversas, as tripulações visitaram as duas naves ligadas, trocando presentes, flâmulas e sementes de cada pais, a serem plantadas no outro.

A missão Apollo 18 fez uso do foguete Saturno IB, menos potente e mais barato que o Saturno V, pois era uma missão com pequena carga em órbita terrestre.

A Apollo 18 decolou em 15 de julho de 1975 e acoplou no espaço com a Soyuz 19, que havia sido lançada de Baikonur no mesmo dia, em 17 de julho de 1975, retornando em 24 de julho de 1975. A nave soviética retornou dia 21 de julho.

Este foi o último voo usando a nave Apollo. Levaria seis anos para que outro norte-americano fosse ao espaço, então a bordo do ônibus espacial.

A expressão "Apollo 18" também designa uma missão lunar Apollo cancelada, depois que as verbas do programa na NASA foram cortadas pelo Congresso dos Estados Unidos, impedindo a continuidade da exploração da Lua e fazendo com que a Apollo 17 fosse a última missão a pousar no satélite, em 1972.

 
Desenho artístico do acoplamento.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Apollo–Soyuz