Abrir menu principal

Rio de Moinhos (Abrantes)

freguesia de Abrantes, Portugal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Rio de Moinhos.
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Portugal Portugal Rio de Moinhos 
  Freguesia  
Localização no concelho de Abrantes
Localização no concelho de Abrantes
Rio de Moinhos está localizado em: Portugal Continental
Rio de Moinhos
Localização de Rio de Moinhos em Portugal
Coordenadas 39° 28' 38" N 8° 14' 27" O
País Portugal Portugal
Região Centro (Região das Beiras)
Sub-região Médio Tejo
Província Ribatejo
Concelho ABT.png Abrantes
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Rui Manuel Vasco André (PPD/PSD)
Área
- Total 20,03 km²
População (2011)
 - Total 1 202
    • Densidade 60 hab./km²
Gentílico riomoinhense
Código postal 2200-790

Tel./Fax. 241 881 502

Orago Santa Eufémia
Website http://cm-abrantes.pt/index.php/pt/2014-11-27-18-15-49/freguesias/rio-de-moinhos

Rio de Moinhos é uma freguesia portuguesa do concelho de Abrantes, na província do Ribatejo, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região do Médio Tejo, com 20,03 km² de área e 1 202 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional é 60 hab/km².

A freguesia de Rio de Moinhos situa-se na parte ocidental do concelho, a norte do rio Tejo. Tem como vizinhos o concelho de Constância a oeste e as localidades da Aldeia do Mato, Abrantes (sede do concelho) e Tramagal a norte, leste e sul, respectivamente. É ribeirinha à margem direita do rio Tejo, ao longo do limite com o Tramagal.

Índice

HistóriaEditar

Primitivamente era chamada Ribeira dos Moinhos. Adquiriu este nome das numerosas azenhas e moinhos que existiam - e existem - em todo o curso da ribeira que - através dum fértil e rico vale, com aproximadamente 8 km - vem lançar-se no Tejo. Ignora-se a data da sua fundação. Pela localização à beira-Tejo, admite-se que os primeiros habitantes fossem pescadores.

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Rio de Moinhos [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 308 1 717 1 673 1 773 1 885 1 906 2 015 2 172 2 223 2 213 2 128 1 942 1 665 1 388 1 202
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 181 164 682 361 13,0% 11,8% 49,1% 26,0%
2011 142 109 611 340 11,8% 9,1% 50,8% 28,3%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

EconomiaEditar

A actividade económica é distribuída pela agricultura, comércio (salchiraria, ramo alimentar, carpintaria, construção civil e automóvel), serviços e indústria (madeira e automóvel). Uma conhecida fábrica em Tramagal emprega número significativo de pessoas de Rio de Moinhos.

EducaçãoEditar

Ao todo, 85 alunos encontram-se divididos em dois níveis de ensino: o pré-escolar e o 1º ciclo do ensino básico. O pré-escolar (Amoreira, Rio de Moinhos e Pucariça) recebe 46 crianças, ao passo que o 1º ciclo EB é frequentado por 39 alunos. Para usufruir de momentos de lazer, as crianças podem brincar nos 4 parques infantis.

CulturaEditar

Em termos de associações pode-se falar na Associação de Moradores de Amoreira, na Associação de Caçadores, na Junta de Agricultores, no Centro de Apoio a Idosos da freguesia de Rio de Moinhos, no Centro Cultural e Desportivo de Amoreira, na Conferência de São Vicente de Paulo, na Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Riomoinhense (com duzentos anos - a mais antiga do districto de Santarém), a Casa do Povo de Rio de Moinhos, o rancho folclórico "Os Moleiros" da Casa do Povo de Rio de Moinhos, a Comissão de melhoramentos da Pucariça e da Associação Juvenil Remoinhos d´Água.

DesportoEditar

Esta vertente conta com o contributo de duas Associações: o Centro de Cultura e Desporto de Amoreira e a Casa do Povo de Rio de Moinhos. A nível de infraestruturas desportivas, a população tem ao seu dispor dois campos de futebol de 11, um Ringue de Futebol de Salão e um Polidesportivo descoberto.

CarênciasEditar

A população está cada vez mais envelhecida. Os jovens vão para outros locais viver e trabalhar, pois em Rio de Moinhos falta investimento, infraestruturas para novas habitações, animação social e ocupação dos tempos livres (aqui também se queixam os idosos).

FestasEditar

  • Procissão das Fogaças - Setembro
  • Procissão dos Passos - Domingo de Ramos
  • Procissão do Corpo de Deus (com a presença da Filarmónica da Terra) - Junho
  • Festa de Santo António Pucariça - Verão
  • Festas Anuais Rio de Moinhos e de Amoreira - Agosto
  • Armação do Pinheiro de Amoreira Domingo de Pascoela
  • Feira de Actividades, Económicas, Sociais e Culturais - Julho
  • Encontro Nacional dos Rio de Moinhos de Portugal - Julho
  • Almoço convívio entre todos os Riomoinhenses - 1º Sábado de Setembro

O que comerEditar

As tigeladas, as broas de mel, os bolos de Ferradura e os enchidos (chouriço, morcela, farinheira e moura) enfeitam as mesas locais.

PercursosEditar

Os encantos e as belezas da terra assentam em dois pilares: arquitectónico e natureza. Relativamente ao primeiro, destaca-se a Igreja Matriz. Referência, também, para alguns moinhos de água.

Um miradouro, às margens do Rio Tejo, e as vistas panorâmicas fazem parte dos espaços naturais de toda a Freguesia.

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 2 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes