Abrir menu principal
Rixxah
Semi final de disputa de samba enredo na Estação Primeira de Mangueira 2009 03.jpg
Informações pessoais
Nome completo Antonio Ricardo de Souza
Local de nasc. Rio de Janeiro,  Brasil
Grito de guerra Alô, minha xxx queriiidaa!
Informações profissionais
Escolas de samba
Anos Escolas
1987-1989
1990-1991
1992
1993
1994
1995-1997
1998
1999
1999
2000
2000
2001
2001-2002
2003-2009
2006
2009
2010
2011
2012
2014-2015
2018
Salgueiro
Estácio
Rocinha
Imperatriz (apoio)
Arrastão de Cascadura
Portela
União da Ilha
Cubango
Imperatriz (apoio)
São Clemente
Tom Maior
Leandro
Unidos da Ponte
União de Jacarepaguá
Mangueira (apoio)
Unidos do Herval
Mangueira
Mocidade
Delírio da Zona Oeste
Portela (apoio)
Império Ricardense

Antonio Ricardo de Souza (Rio de Janeiro, 24 de fevereiro de 1960) mais conhecido como Rhychahs, Richahs ou Rixxah, é um intérprete de samba-enredo e compositor de música popular carioca.

Índice

CarreiraEditar

CarnavalescaEditar

Começou a cantar por volta dos anos de 1973 e 1974, no conjunto Os Autênticos do Samba. Na mesma época, cantou o samba do bloco Periquito de Jardim América, tendo então sua primeira paricipação como intérprete de samba-enredo, passando a defender sambas em concursos internos de diversas escolas, tais como Portela, Imperatriz e Império Serrano.

Em 1987, Richahs fez sua estréia como intérprete oficial na Marquês de Sapucaí, pelo Salgueiro, permanecendo na escola até 1989. Após isso teve passagens por Estácio, Rocinha, Império Serrano, Imperatriz, Mangueira (como auxiliar), Infantes da Piedade, Arrastão de Cascadura, Portela, onde venceu o prêmio Estandarte de Ouro do jornal O Globo em 1995, União da Ilha, São Clemente, Unidos da Ponte e União de Jacarepaguá, onde estava desde 2003 e da Mangueira, onde esteve como interprete oficial, ao lado de Zé Paulo e Luizito[1]. mas saiu da escola devido a outros compromissos[2]. em 2011, esteve na Mocidade, onde cantou ao lado de Nêgo.[3]. no ano de 2012, Rixxah estaria no comando do carro de som do Império Serrano[4],no entanto a escola o trocou por questões de adaptação[5], sendo que em 1993 o mesmo se desligou desta escola, por divergências com a direção naquela época. após essa saída, teve uma passagem pela Delírio da Zona Oeste.

Fora do Rio de Janeiro, foi intérprete oficial também das escolas Tom Maior, Leandro de Itaquera (São Paulo), Embaixada do Morro (Guaratinguetá) e da escola de samba Unidos do Herval (Joaçaba) e foi especulado que Rixxah formaria trio de com Wantuir e Rogerinho, no seu retorno a Portela. mas entretanto passou a ser apoio do carro de som em 2014[6] e 2015, onde se dedicou a shows comerciais que a Portela, saindo portanto do carro de som. entretanto após dois anos afastado, acertou para ser um dos intérpretes oficiais do Império Ricardense.

Fora do carnavalEditar

Como compositor, Richahs tem músicas gravadas com Arlindo Cruz, Alcione, Beth Carvalho, entre outros grandes nomes do samba, e faz parte do coral do grupo Fundo de Quintal e participou, junto com outros compositores, da gravação do CD Quintal do Zeca, cantando uma das faixas. Durante os últimos 15 anos anos canta todas as segundas -feiras na tradicional e respeitada casa Carioca da Gema, na Lapa, Rio de Janeiro, acompanhado por um seleto grupo de músicos virtuosos.

Referências

  1. EGO (11 de maio de 2009). «Mangueira terá 'três tenores do samba' em 2010 na avenida». Consultado em 11 de outubro de 2010 
  2. O Dia (17 de julho de 2010). «Intérprete Richahs deixa a Mangueira». Consultado em 11 de outubro de 2010. Arquivado do original em 21 de julho de 2010 
  3. O Dia (10 de outubro de 2010). «Mocidade contra o intérprete Richahs». Consultado em 11 de outubro de 2010. Arquivado do original em 14 de outubro de 2010 
  4. Tudo de Samba (19 de junho de 2011). «Império Serrano apresentou novo intérprete». Consultado em 26 de junho de 2011 
  5. O Dia na Folia (1 de agosto de 2011). [http://odia.terra.com.br/portal/odianafolia/html/2011/8/imperio_serrano__richachs_é substituído pelo interprete_tiaozinho_cruz_181741.html «Império Serrano Richachs e contrata o intérprete Tiãozinho Cruz»] Verifique valor |url= (ajuda). Consultado em 2 de agosto de 2011  line feed character character in |url= at position 102 (ajuda)[ligação inativa]
  6. Carnavalesco (1 de junho de 2013). «Portela vive êxtase coletivo em sua Feijoada da Vitória». 23:45. Consultado em 2 de junho de 2013 
Precedido por
Dedé da Portela
Intérprete da Portela
1995-1997
Sucedido por
Rogerinho
  Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.