Abrir menu principal
Rubival Cabral Britto, O.F.M.Cap.
Bispo da Igreja Católica
Bispo de Grajaú
Dom Frei Rubival Cabral Britto
Hierarquia
Papa Francisco
Arcebispo metropolita José Belisário da Silva, O.F.M.
Ordem Religiosa Frei Roberto Genuin, O.F.M.Cap.
Atividade Eclesiástica
Ordem Ordem dos Frades Menores Capuchinhos
Diocese Diocese de Grajaú
Nomeação 7 de dezembro de 2016
Entrada solene 25 de março de 2017
Predecessor Dom Franco Cuter
Mandato 2017 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 17 de dezembro de 2000
Nomeação episcopal 7 de dezembro de 2016
Ordenação episcopal 11 de fevereiro de 2017
Vitória da Conquista
por Dom Frei Luís Gonzaga Silva Pepeu, O.F.M.Cap.
Lema episcopal AD SERVIENDAM MISERICORDIAM
A Serviço da Misericórida
Dados pessoais
Nascimento Jaguaquara
21 de julho de 1969 (50 anos)
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Maria de Lourdes Cabral
Pai: Rubens Alves Brito
Funções exercidas - Diretor do Colégio Paulo VI (2015-2016)
- Ministro Provincial da Província Nossa Senhora da Piedade (2007-2013)
Títulos anteriores Doutor em Ciências da Educação
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Frei Rubival Cabral Britto OFMCap (Jaguaquara, 21 de julho de 1969) é um frade capuchinho e bispo católico brasileiro.

Índice

BiografiaEditar

Dom Rubival nasceu na cidade de Jaguaquara, no dia 21 de julho de 1969, filho de Rubens Alves Brito e Maria de Lourdes Cabral Brito. Desde jovem ele demonstrava interesse pelas coisas de Deus, e em sua Paróquia, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Jequié, atuou na vida pastoral da igreja, participando de grupos como o Apostolado da Oração, JUEC, Pastoral da Criança e atuando como coroinha.[1]

No ano de 1987 Dom Rubival participou de um Encontro Vocacional da Diocese de Jequié, onde percebeu sua vocação ao sacerdócio. Em 1989, ao conhecer os Frades Capuchinhos na cidade de Jaguaquara, sentiu-se convidado a ingressar na Ordem, o que efetivamente fez no ano seguinte na cidade de Alagoinhas; fez então o noviciado em Esplanada no de 1992, onde emitiu os primeiros votos de castidade, pobreza e obediências pelas mãos de Frei Carlos Inácio de Souza, o então Ministro Provincial.[1]

Cursou Filosofia no Instituto de Teologia de Ilhéus, mesmo período em que se dedicou também à pastoral vocacional, ajudando os jovens a discernirem sua vocação. Estudou Teologia na Universidade Católica do Salvador, época que prestou serviços pastorais à comunidade de Valéria, na capital baiana.[1]

Foi ordenado sacerdote no dia 17 de dezembro 2000, tornando-se frade menor capuchinho da Província Nossa Senhora da Piedade da Bahia e Sergipe, na qual exerceu diversos serviços tais como Promotor Vocacional Provincial, Secretário Provincial, Ecônomo e Formador, Administrador Paroquial, Definidor Provincial para as Missões, Mestre de Noviços, sendo eleito o Ministro Provincial por dois mandatos consecutivos, entre 2007 e 2013. Ele também participou de uma missão em Benim, na África.[1]

Em dezembro de 2014 foi convidado a dirigir o Colégio Paulo VI, em Vitória da Conquista, e enquanto dirigia o colégio fez o doutorado em Ciências da Educação, através do Instituto Internacional de Educação na Faculdade de Humanidades e Artes da Universidade Federal de Rosário, na Argentina.

EpiscopadoEditar

Ainda diretor do Paulo VI, foi nomeado bispo da Diocese de Grajaú, no Maranhão, no dia 07 de dezembro de 2016 pelo Papa Francisco.[1]

Sua ordenação episcopal ocorreu em Vitória da Conquista, no dia 11 de fevereiro de 2017, no Ginásio de Esportes Raul Ferraz, tendo Dom Luís Gonzaga Silva Pepeu como bispo ordenante principal, Dom Walmor Oliveira e Dom José Ruy como bispos co-ordenantes e Dom Delson Pereira tendo celebrado sua missa de profissão de fé.[1]

No dia 25 de março ele foi empossado bispo de Grajaú.

Referências

  1. a b c d e f «Frei Rubival Cabral nomeado novo Bispo da Diocese de Grajaú-MA». Província Nossa Senhora da Piedade. 7 de março de 2017. Consultado em 26 de março de 2017. Cópia arquivada em 26 de março de 2017 

Ligações externasEditar

Precedido por
Franco Cuter
 
Bispo de Grajaú

2017 - atual
Sucedido por
-


  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.