Abrir menu principal
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Rufino Jiao Santos
Cardeal da Igreja Católica
Arcebispo de Manila
Atividade Eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Manila
Nomeação 10 de fevereiro de 1953
Entrada solene 25 de março de 1953
Predecessor Gabriel Reyes
Sucessor Jaime Sin
Mandato 10 de fevereiro de 1953 - 3 de setembro de 1973
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 25 de outubro de 1931
Basílica de São João de Latrão, Roma
Nomeação episcopal 19 de agosto de 1947
Ordenação episcopal 24 de outubro de 1947
Catedral Metropolitana de Manila
por Michael J. O'Doherty
Nomeado arcebispo 10 de fevereiro de 1953
Cardinalato
Criação 28 de março de 1960
por Papa João XXIII
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Maria no Monte
Brasão
Coat of arms of Rufino Santos.svg
Lema CARITAS IN DILECTIONE
Amor no amor
Dados pessoais
Nascimento Guagua, Pampanga, Filipinas
26 de agosto de 1908
Morte Manila, Filipinas
3 de setembro de 1973 (65 anos)
Nacionalidade filipina
Progenitores Mãe: Rosalia Jiao
Pai: Galdencio Santos
Funções exercidas Bispo-Auxiliar de Manila (1947-1950)
Administrador apostólico de Lipa (1950)
Administrador apostólico de Infanta (1950)
Ordinário Militar das Filipinas (1950-1953)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Rufino Jiao Santos (Guagua, 26 de agosto de 1908 - Manila, 3 de setembro de 1973) foi o 29º arcebispo de Manila e o primeiro filipino a ser elevado ao cardinalato.

BiografiaEditar

Nascido no Barangay Santo Niño, Rufino era o quarto dos sete filhos de Gaudencio Santos, um fiscal agrícola, e Rosalia Jiao. Apelidado de "Pinong", ele morava próximo à atual Paróquia da Imaculada Conceição, onde começou a auxiliar os padres como coroinha. Mais tarde, passou a integrar o coral da Escola Paroquial da Catedral de Manila e teve como mestre o pároco José Tahon, que o encorajou a seguir sua vocação sacerdotal.

Ingressou no Seminário de São Carlos, em Manila, em 25 de julho de 1921. Em 1927, ele e seu colega de seminário, Leopoldo Arcaira, foram os primeiros alunos a receber bolsas de estudos para cursar a Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, onde Rufino obteve o bacharelado em Direito Canônico (1929) e o doutorado em Teologia (1931). Para que pudesse ser ordenado antes da idade canônica de 24 anos, Rufino foi beneficiado por uma dispensa papal. Assim, em 25 de outubro de 1931, dois meses após seu aniversário de 23 anos, ele foi ordenado sacerdote na Basílica de São João de Latrão, em Roma. Retornando a Manila em 1932, Rufino serviu como pároco assistente em Imus, Cavite, e como pároco em Marilao, Bulacão.[1]

Referências

  1. «SANTOS, Rufino Jiao (1908-1973)». The Cardinals of the Holy Roman Church - Biographical Dictionary - John XXIII (1958-1963): Consistory of March 28, 1960 (III). Consultado em 25 de agosto de 2017 
Precedido por
Manoel da Silveira d’Elboux
 
Bispo-titular de Barca

1947-1953
Sucedido por
Expedito Eduardo de Oliveira
Precedido por
Gabriel Martelino Reyes
 
Arcebispo de Manila

1953-1973
Sucedido por
Jaime Lachica Cardeal Sin
Precedido por
-
 
Cardeal-presbítero de Santa Maria no Monte

1960-1973
Sucedido por
Jaime Lachica Cardeal Sin