Abrir menu principal
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCana-de-açúcar
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Poales
Família: Poaceae
Género: Saccharum
Espécie: Saccharum barberi

Saccharum barberi é uma espécie de gramínea forte e alta do gênero Saccharum. É originária do norte da Índia e foi exportada para outros países e cultivadas para a produção de açúcar.

DescriçãoEditar

A Saccharum barberi é uma planta perene com rizoma curto e robusto. As muitas canas eretas têm um diâmetro máximo de 2,5 cm e as lâminas foliares uma largura máxima de 5 centímetros. A flor é uma grande panícula com pelos longos e sedosos sobre o talo que logo quebra. As canas-de-açúcar têm um moderado e um elevado teor de fibras.[1][2]

DistribuiçãoEditar

A Saccharum barberi tem origem no norte da Índia e foi exportada para outras partes do mundo. Houve um tempo em que era uma das principais espécies cultivadas na América do Norte. Ela necessita de uma temperatura crescente de 20°C a 32°C e 1200 a 1500 mm de chuva.[1]

UsosEditar

A planta é cortada e processada para extrair o açúcar. As partes restantes tem muitos usos. O resíduo da colheita é conhecido como bagaço e é usado para a alimentação do gado e como combustível. Ela é transformada em painéis de fibras e de papel e usada para fazer o furfural, celulose e plásticos. O melaço é formado durante o processo de refinação e é utilizada no fabrico de produtos de confeitaria, rum, gim e álcool industrial. A cera é extraída a partir da planta e usado para fazer calçado e do mobiliário polonês, papel encerado e de isolamento elétrico.[1] O subproduto sólido do processo de refinação também é misturado com fertilizantes e utilizado para a melhoria de solos.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Saccharum barberi». Ecocrop. Food and Agriculture Organization of the UN. Consultado em 20 de setembro de 2012 
  2. «Saccharum barberi». Gramineae in Flora of Taiwan. Consultado em 20 de setembro de 2012 
  3. Abo-Baker Basha, A. A. (2011). «Improving Filter Mud Cake with Rock Phosphate and Biofertilizers for Exporting Organic Onion Production in Newly Cultivated Land at South Valley Area». Australian Journal of Basic and Applied Sciences. 5 (8). 1354 páginas 
  Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.