Abrir menu principal

Santa Sabina (título cardinalício)


Santa Sabina
Coat of arms of Franciscus.svg        Brasão de Jozef Tomko
Título presbiterial
Santa Sabina
Basílica de Santa Sabina
Titular: Jozef Tomko
criado: cerca de 423
Criado pelo Papa Celestino I
Dados do Anuário Pontifício

Santa Sabina (em latim, Sancta Sabinae) é um título cardinalício instituído em cerca de 423 pelo Papa Celestino I, ou muito simplesmente, foi apenas confirmado, já que Santa Sabina morreu em 119. O Titolus Sabinae foi enumerado no sínodo romano de 1 de março de 499. Depois de 595, passou a ser chamado de Beata ou Santa Sabina. O título de Santa Sabina não deve ser confundido com a Sé suburbicária de Sabina-Poggio Mirteto.

A igreja titular deste titulus é a Basílica de Santa Sabina.

Titulares protetoresEditar

Referências

  1. Em 7 de março de 1444 optou pela Sé suburbicária de Frascati, que comportava o título de Cardeal-bispo. Morreu todavia nesse mesmo ano, em 10 de novembro na sequência do ferimento do provocado pelo exército turco na fuga da batalha de Varna.

Ligações externasEditar