Santaluz

município do Estado da Bahia, Brasil
 Nota: Não confundir com Santa Luz (no Piauí).

Santaluz é um município brasileiro do estado da Bahia, localizado no Território do Sisal. Sua população, conforme o censo do IBGE de 2022, era de 37 834 habitantes.[4]

Santaluz
  Município do Brasil  
Igreja Matriz de Santa Luzia
Igreja Matriz de Santa Luzia
Igreja Matriz de Santa Luzia
Símbolos
Bandeira de Santaluz
Bandeira
Brasão de armas de Santaluz
Brasão de armas
Hino
Gentílico luzense
Localização
Localização de Santaluz na Bahia
Localização de Santaluz na Bahia
Localização de Santaluz na Bahia
Santaluz está localizado em: Brasil
Santaluz
Localização de Santaluz no Brasil
Mapa
Mapa de Santaluz
Coordenadas 11° 15' 21" S 39° 22' 30" O
País Brasil
Unidade federativa Bahia
Municípios limítrofes Valente, Queimadas, Cansanção, Conceição do Coité, Retirolândia, Gavião, Nordestina, Capim Grosso, Araci e São José do Jacuípe
Distância até a capital 258 km
História
Fundação 18 de julho de 1935 (88 anos)
Administração
Prefeito(a) Dr. Arismário Barbosa (Avante, 2021–2024)
Características geográficas
Área total [1] 1 623,445 km²
 • Área urbana (IBGE/2019[1]) 7,51 km²
População total (Censo IBGE/2022[1]) 37 834 hab.
Densidade 23,3 hab./km²
Clima Tropical semiárido (BSh)
Altitude 363 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 48880-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [2]) 0,598 baixo
PIB (IBGE/2021[3]) R$ 522 257,68 mil
PIB per capita (IBGE/2021[3]) R$ 13 851,52
Sítio www.santaluz.ba.gov.br (Prefeitura)
www.camarasantaluz.ba.gov.br (Câmara)

História

editar

Em 15 de setembro de 1884, foi inaugurada, em terras antes pertencentes a José Lopes desapropriadas quatro anos antes para a construção da Estrada de Ferro da Bahia ao São Francisco, a estação Santa Luzia, pertencente a essa ferrovia. Ao redor dessa estação ferroviária, se fixaram muitas pessoas vindas de localidades nas redondezas, assim surgindo o povoado de Santa Luzia, atual cidade de Santaluz.[5]

O povoado de Santa Luzia, então pertencente a Queimadas, foi elevado à categoria de distrito policial por meio de Ato estadual de 28 de julho de 1890 e à categoria de distrito de paz por meio da Lei municipal n° 11, de 4 de abril de 1918, aprovada pela Lei estadual n° 1 298, de 6 de maio de 1919.[5]

O movimento pela emancipação de Santa Luzia se iniciou em 1922 e vários projetos de lei em prol dessa causa foram propostos na Assembleia Legislativa, sem serem aprovados. Por meio do Decreto estadual n° 8.693, de 3 de novembro de 1933, Santa Luzia foi transformada em subprefeitura de Queimadas e, por meio do Decreto estadual n° 8 694, da mesma data, foi nomeado como subprefeito Ezequiel Cardoso da Costa, o qual tomou posse dezoito dias depois, dia da instalação da subprefeitura.[5]

O Decreto estadual n° 9.601, de 18 de julho de 1935, elevou o distrito de Santa Luzia à categoria de município, desmembrando-se de Queimadas, sendo a nova municipalidade instalada em 1° de setembro do mesmo ano, com a posse do primeiro prefeito, Ezequiel Cardoso da Costa.[5]

Por meio do Decreto-lei estadual n° 141, de 31 de dezembro de 1943, o município de Santa Luzia teve seu nome alterado para Santaluz, devido a uma lei federal que proibia a existência de municípios e vilas com o mesmo nome.[5]

Geografia

editar

O município de Santaluz possui uma área territorial de 1.623,445 km² e sua sede está a uma altitude de 363 m.[4][5]

Santaluz está localizada entre dois importantes rios da Bahia: o Itapicuru, que banha o extremo norte do município, delimitando sua divisa com Cansanção, e o Jacuípe, em seu extremo sul, demarcando a divisa com Gavião.

O clima típico do município é o semiárido e a vegetação, a Caatinga.[6]

Dentre as elevações existentes no município, estão a Serra da Caracunha, Morro do Lopes e a Serra do Pintado.[5]

Economia

editar

A economia de Santaluz é baseada na agricultura (sobretudo de sisal, feijão, milho e mandioca), pecuária e mineração (ouro, magnésio, cromo, granito azul e prata).[6]

Boi Velho: Um dos primeiros povoados de Santaluz

editar

Boi Velho é um povoado do município luzense e surgiu quando Santaluz ainda fazia parte do município de Queimadas. Fica localizado a 10 km da sede luzense, as margens da estrada vicinal que liga Santaluz a cidade de Valente. Sua economia baseia-se na agricultura e na pecuária, sendo o sisal sua principal fonte econômica e renda familiar.

Boi Velho é hoje um dos melhores povoados de Santaluz para residir, pois está localizado numa região atendida por empresas de água, energia, internet (fibra óptica e via rádio) e pelas principais empresas de telefonia móvel do Brasil (Claro, Tim e Vivo).[7]

Referências

  1. a b c «Santaluz (BA) - panorama». IBGE Cidades. Consultado em 9 de janeiro de 2024 
  2. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 7 de agosto de 2013 
  3. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios - Santaluz (BA)». IBGE Cidades. Consultado em 9 de janeiro de 2024 
  4. a b «Santaluz (BA)». Cidades e Estados - IBGE. Consultado em 9 de janeiro de 2024 
  5. a b c d e f g Enciclopédia dos Municípios Brasileiros 🔗 (PDF). Rio de Janeiro: IBGE. 1958. p. 281-282 
  6. a b «Município». Prefeitura Municipal de Santaluz. Consultado em 9 de janeiro de 2024 
  7. «desenvolvimento php em Santaluz». Web4business. Consultado em 7 de setembro de 2021 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Santaluz
  Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.