Abrir menu principal
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre alguém que morreu recentemente. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (data da marcação: 19 de abril de 2019; editado pela última vez em 22 de abril de 2019) Twemoji 1f464.svg
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sapão
Sapão em 2010
Informação geral
Nome completo Jefferson Fernandes Luiz
Também conhecido(a) como MC Sapão
Nascimento 12 de novembro de 1978
Origem Rio de Janeiro, RJ
País Brasil
Morte 19 de abril de 2019 (40 anos)
Nacionalidade brasileiro
Gênero(s) Funk melody
funk carioca
Ocupação(ões) Cantor e compositor
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1998–2019
Gravadora(s) Som Livre
Página oficial www.sapaomc.com.br

Jefferson Fernandes Luiz (Rio de Janeiro, 12 de novembro de 1978Rio de Janeiro, 19 de abril de 2019), conhecido como Sapão e anteriormente como MC Sapão, foi um cantor brasileiro de funk carioca[1].

Um dos expoentes do funk carioca, Sapão se diferenciou de muitos MCs do funk carioca por conta de seu vocal melódico, com influências do soul. Nascido e criado na comunidade da Nova Brasília (Complexo do Alemão), ele adotou como nome artístico o apelido Sapão, que possuía desde a infância por conta dos olhos arregalados.[2] Entre os seus sucessos estão "Mocinho e Bandido" (com a dupla sertaneja João Neto e Frederico), "Deixa Ela Dançar", "Vou Desafiar Você", "Rei do Baile" (com MC Guimê e Mr. Catra), e "Tô Tranquilão", este último o seu maior hit.

Índice

BiografiaEditar

Jefferson Fernandes Luiz nasceu na cidade do Rio de Janeiro na comunidade do Complexo do Alemão, Nova Brasília. Aos 18 anos de idade, passou oito meses preso, sob a alegação de associação ao tráfico de drogas, mas logo depois absolvido por não existir provas contra ele.[2] Na prisão, compôs a música "Eu sei cantar", para a mãe, prometendo que ia usar seu dom, a partir dali, para fazer o bem.[2]

Mais tarde, o nome de Sapão, mais uma vez, foi mencionado em páginas policiais: peritos da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) confirmaram que a voz encontrada em um "proibidão" pertencia a Sapão, isso ocorreu em 2006[3]. Em 2013, por problemas de saúde, o cantor precisou emagrecer 40 quilos.[4]

CarreiraEditar

InicioEditar

 
Sapão durante uma festa de casamento em 2010

Sapão, iniciou sua carreira com 18 anos quando foi absolvido depois de 8 meses na cadeia, onde compôs o sucesso “Eu Sei Cantar”[2].

Sua primeira aparição na TV foi através do programa Domingo Legal, na ocasião Gugu contou sua história e desfez todo o mal-entendido sobre sua prisão.

Em 2005, Sapão lançou o seu primeiro grande sucesso, "Diretoria", que foi executada a exaustão nas principais emissoras de rádio segmentadas em funk, do Rio de Janeiro, e que o fez participar de diversos bailes no Rio[1][2]. No ano seguinte, gravou o álbum "Tô Tranquilão" (gravadora Indie Records), do qual se destacou a faixa-título, que acabou se tornando o seu maior hit[1].

Ainda em 2006, integrou a coletânea "Funk Mix", organizada por DJ Marlboro para a gravadora Som Livre, interpretando a faixa "Boladão - Grito de um Guerreiro", de sua autoria[1]. Com esta mesma música, participou também da coletânea "Elite do Funk"[1].

2014-2019Editar

Em 2014 Sapão gravou o single Vou Desafiar Você e o lançou no dia 2 de dezembro de 2014[5]. O single foi um sucesso conquistando mais de 30 milhões de visualizações no site youtube. Sapão gravou a música original "Rei do Baile" em 2012 e no versão de 2015, contou com a participação de Mr Catra e do MC Guimê.

Ao gravar o videoclipe de "Rei do Baile", Sapão mobilizou uma equipe com mais de 130 pessoas. MC Marcelly, conhecida pelo sucesso "bigode grosso", participou das filmagens como uma garçonete da festa. Para contar a história do "gangster ostentação", a produção do clipe contou com a participação de 80 figurantes entre homens e mulheres e uma equipe com aproximadamente 130 pessoas incluindo maquiadores, produtores, técnicos operacionais entre outros,Justificando o valor do orçada de R$ 200 mil.[6]

Ele era uma das atrações confirmadas do show 'Funk Orquestra', no Palco Sunset do Rock in Rio 2019[7].

MorteEditar

Sapão morreu aos 40 anos no dia 19 de abril de 2019 vítima de pneumonia.[8]

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

  • Tô Tranqüilão
  • Funk Mix (coletânea com vários artistas) • CD
  • Caldeirão do Funk 2 (coletânea com vários artistas)
  • Sapão - Sapão Original 

SinglesEditar

Referências

  1. a b c d e «MC Sapão». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 30 de junho de 2017 
  2. a b c d e oglobo.globo.com/ Morre MC Sapão, expoente do funk carioca dos anos 2000
  3. noticias.terra.com.br/ Perícia confirma que voz em funk proibido é de MC preso
  4. Eliane Santos (17 de julho de 2013). «Depois de susto, Sapão perde 50 quilos: 'Era isso ou morrer'». Globo.com 
  5. «Vou Desafiar Você - Single de Sapão no iTunes». iTunes. Consultado em 3 de fevereiro de 2016 
  6. «MC Sapão grava clipe ostentação orçado em cerca de R$ 200 mil». Ego. Consultado em 3 de fevereiro de 2016 
  7. oglobo.globo.com/ Morto nesta sexta-feira, funkeiro MC Sapão estava escalado para o Rock in Rio
  8. «MC Sapão, dono do hit 'Vou Desafiar Você', morre aos 40 anos de idade; saiba tudo». Portal Atualizei. Consultado em 19 de abril de 2019 

Ligações externasEditar