Abrir menu principal
Scott Mitchell Rosenberg
Comic image missing-pt.png

Nascimento 1963 (56 anos)  Estados Unidos
Área(s) de atuação
Produtor
Empresário
Editor

Scott Mitchell Rosenberg (nascido em 1963)[1], é um produtor de cinema e televisão, empresário e editor de histórias em quadrinhos norte-americano, e o presidente da Platinum Studios, uma empresa de entretenimento que controla uma grande quantidade de personagens de quadrinhos e adapta-os para cinema, televisão e outras mídias. Ele também é o fundador e ex-presidente da Malibu Comics, e ex-vice-presidente executivo da Marvel Comics.[2]

Índice

BiografiaEditar

Início de carreiraEditar

Rosenberg começou sua carreira na indústria dos quadrinhos aos 13 anos de idade quando começou na ordem de correio da empresa.[3] Graduou-se pela Universidade de Denver[1] em 1985 com grau em negócios.

QuadrinhosEditar

Em meados da década de 1980, Rosenberg trabalhou na pequena gibiteria Sunrise Distributors em Los Angeles. A experiência de Rosenberg na Sunrise lhe mostrou que a nova forma de distribuir quadrinhos eram aberturas para editoras menores. Ele reconheceu que o avanço do computador macintosh permitiu que uma empresa pequena parecesse maior.

Isto levou ao financiamento por Rosenberg da Malibu Comics em 1986, bem como as pequenas editoras criadas depois, como Eternity Comics e Adventure Comics.[4] O primeiro lançamento da Malibu, Ex-Mutants, era, como Rosenberg declarou em uma entrevista, "acabou por ser um sucesso" e "tudo em um orçamento de marketing em US$ 400."[5] Durante seu tempo na Malibu, Rosenberg produziu spin-offs dos quadrinhos em brinquedos, televisão e longas-metragens, como a franquia de 1 bilhão de dólares Men in Black,[3] baseada em The Men in Black (publicada pela Aircel/Malibu) por Lowell Cunningham.

A experiência de Rosenberg na Sunrise, no entanto, não foi tão fortuita, como distributor começou a sofrer problemas de fluxo financeiro em 1987,[6] e rapidamente dobrou em 1988[7] durante a infame "implosão preto e branco."

Malibu sobreviveu e Rosenberg fechou um contrato em 1992, em que os sete maiores artistas da Marvel Comics saíssem para fundar a Image Comics. Rosenberg assinou com os artistas um acordo em que a Malibu fosse o editor dos primeiros quadrinhos da Image, dando acesso para os canais de distribuição.[8][9] Posteriormente a Malibu bateu todos os recordes em vendas de quadrinhos independentes, como em 1992 onde Malibu alcançou 10% do mercado de quadrinhos americano,[10] temporariamente ultrapassando a gigante DC Comics.[11] No início de 1993, no entanto, a situação financeira da Image era segura o suficiente para publicar seus títulos de forma independente, e deixou Malibu.[12]

Malibu foi comprada pela Marvel Comics em 1994.[3][13][14]

Durante esse período, Rosenberg trabalhou com o software Adobe Photoshop o padrão de colorimento das histórias em quadrinhos pelo computador.

Rosenberg fundou a Platinum Studios em 1997. "Macroverse Bible" da Platinum, um novo universo de personagens de quadrinhos criados por Rosenberg, incluindo títulos como Cowboys & Aliens,[3] Atlantis Rising, Blood Nation e Unique, desenvolvida pela DreamWorks para Disney.

Rosenberg produz quadrinhos e desenvolve uma linha de filmes live-action e séries de televisão baseadas em histórias em quadrinhos atuais e futuras. Ele também está trabalhando na criação de novas histórias em quadrinhos, como histórias em quadrinhos eletrônicas com painéis animados, voice-overs, efeitos sonoros, com música de gravadoras como a Virgin e Hollywood Records.

Vida pessoalEditar

Casado desde 1992, Rosenberg vive na Califórnia com sua esposa e duas filhas Karlee e Kendall Rosenberg.

Trabalhos como produtorEditar

Referências

  1. a b Profile at Forbes.com.
  2. “Interview: Scott Rosenberg on Platinum Studios, Cowboys & Aliens, and the Future of the Comic Book Industry” by Nicholas Yanes.
  3. a b c d Ehrenreich, Ben. "PHENOMENON; Comic Genius?" New York Times magazine (11 de novembro de 2007).
  4. "Distributor Finances Five Publishers," The Comics Journal #115 (Abril de 1987), pp. 12-13.
  5. “Interview: Scott Rosenberg on Platinum Studios, Cowboys & Aliens, and the Future of the Comic Book Industry” by Nicholas Yanes.
  6. "Sunrise announces it may not pay some publishers until July," The Comics Journal #115 (Abril de 1987), p. 24.
  7. "Sunrise Creditors Meet," The Comics Journal #122 (Junho de 1988), p. 22.
  8. "Bye Bye Marvel; Here Comes File: Portacio, Claremont, Liefeld, Jim Lee Join McFarlane's New Imprint at Malibu," The Comics Journal #148 (Fevereiro de 1992), pp. 11-12.
  9. Platinum Studios: Awesome Comics Arquivado em 2 de fevereiro de 2008, no Wayback Machine.. Acessado em 3 de fevereiro de 2008
  10. "NewsWatch: Malibu Commands 9.73% Market Share," The Comics Journal #151 (Julho de 1992), p. 21.
  11. "Malibu Moves Ahead of DC in Comics Market," The Comics Journal #152 (Agosto de 1992), pp. 7-8.
  12. "Image Leaves Malibu, Becomes Own Publisher," The Comics Journal #155 (Janeiro de 1993), p. 22.
  13. Reynolds, Eric. "The Rumors are True: Marvel Buys Malibu," The Comics Journal #173 (Dezembro de 1994), pp. 29-33.
  14. "News!" Indy magazine #8 (1994), p. 7.

Ligações externasEditar