Abrir menu principal

Wikipédia β

Segunda Epístola aos Tessalonicenses

décimo quarto livro do Novo Testamento, composto de apenas 3 capítulos
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde junho de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Segunda Epístola aos Tessalonicenses - é como é conhecida a segunda carta que o apóstolo S. Paulo redigiu aos habitantes de Tessalônica.

Entre os acadêmicos e estudiosos, há controvérsia a respeito de se atribuir a autoria desta epístola ao Apóstolo Paulo. Muitos[quem?] argumentam que seu estilo literário e vocabulário são muito similares ao da primeira epístola aos tessalonicenses. Outros não negam esta semelhança, porém chamam a atenção para o conteúdo desta epístola em relação à primeira. Como salienta Bart Ehrman, escritor ateu e crítico do cristianismo:[quem?]

"A chave para considerar que II Tessalonicenses foi escrita por ele é que sua tese principal parece contradizer o que o próprio Paulo disse em I Tessalonicenses.".[1]

Segundo a primeira epístola, o retorno de Cristo seria inesperado, repentino. Já na segunda, o fim não seria imediato, repentino, inesperado, mas precedido de vários sinais que o indicariam.

Referências

  1. (Erthman, Bart; Jesus interrupted, pg 141)
  Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.