Abrir menu principal

O Expresso de Xangai

filme de 1932 dirigido por Josef von Sternberg
(Redirecionado de Shanghai Express)
Shanghai Express
O Expresso de Xangai (PRT/BRA)
 Estados Unidos
1932 •  pb •  80 min 
Direção Josef von Sternberg
Roteiro Jules Furthman
Baseado em Sky Over China, de Harry Hervey
Elenco Marlene Dietrich
Clive Brook
Gênero {{{gênero}}}
Género aventura
drama
romance
Idioma inglês (idioma)

Shanghai Express (bra/prt: O Expresso de Xangai)[1][2] é um filme estadunidense de 1932, dos gêneros aventura e drama romântico, dirigido por Josef von Sternberg, com roteiro de Jules Furthman baseado em Sky Over China, romance não publicado de Harry Hervey.

Foi o quarto filme da colaboração da atriz Marlene Dietrich com o diretor von Sternberg[carece de fontes?]. A direção de fotografia de Lee Garmes foi premiada com o Oscar.

O filme teria três remakes: em 1942, Night Plane from Chungking[carece de fontes?]; em 1951, Peking Express[carece de fontes?], e em 1986, Shanghai Express[3], de Jim Goddard.

Índice

Elenco principalEditar

 
Marlene Dietrich em cena do filme


SinopseEditar

O filme se passa em 1931, quando a China estava convulsionada pela Guerra Civil. Ao embarcar no expresso de Xangai, um trem (comboio) que vai partir de Pequim, o capitão britânico Donald 'Doc' Harvey é avisado pelos amigos de que a notória cortesã "Shanghai Lily" será também uma passageira. Eles se referem a ela pejorativamente como "coaster" ou de "alto custo", pois teria arruinado financeiramente com seus caprichos, cinco homens.

Quando Doc a encontra, ele a reconhece como Magdalen, uma antiga amante de quem se separara havia cinco anos em função das suas obrigações militares. Shangai Lily divide uma cabine de primeira classe com outra cortesã, a chinesa Hui Fei. Também viajam na primeira classe o reverendo Sr. Carmichael, o jogador inveterado Sam Salt, o traficante de ópio Eric Baum, a anciã Sra. Haggerty, o oficial francês Major Lenard e o misterioso eurasiano Henry Chang.

Durante a viagem, soldados do governo páram o trem e prendem um agente rebelde que se misturava com os passageiros. Depois que o trem é recolocado em marcha, o Sr. Chang se revela como um comandante rebelde e resolve tomar o comboio com suas tropas. Ele escolhe um dos passageiros para fazê-lo de refém e o trocar pelo espião detido. Doc é o escolhido, obrigando Shangai Lily a se sacrificar para salvá-lo.

Prêmios e indicaçõesEditar

Referências

  1. «O Expresso de Xangai». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  2. «O Expresso de Xangai». Portugal: CineCartaz. Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  3. «A dama de Xangai». Rio de Janeiro. Manchete: p. 61. 8 de março de 1986. Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  4. a b c «5.º Oscar - 1932». CinePlayers. Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.