Abrir menu principal

Wikipédia β

Shen Kuo
Nascimento 1031
Hangzhou
Morte 1095 (64 anos)
Zhenjiang
Cidadania Dinastia Sung
Ocupação físico, cartógrafo, matemático, astrônomo, poeta, engenheiro civil, diplomata, engenheiro, antropólogo, geólogo, político, filósofo, inventor, escritor, meteorologista, farmacêutico, economista, astrólogo, erudito

Shen Kuo ou Shen Kua (chinês: 沈括, pinyin: Shěn Kuò) (1031 - 1095) foi um geólogo, astrónomo, embaixador, general militar, matemático, cartógrafo, engenheiro hidráulico, botânico, zoólogo, farmacólogo, escritor, e burocrata do governo da Dinastia Song (960-1279), na China.

Índice

BiografiaEditar

Shen Kuo viveu em Qiantang, actual Hangzhou. Em 1063, aos 35 anos, Shen Kuo passou com êxito o Exame imperial para serviço do Governo. Foi como embaixador ao Império Tangut e esteve nas campanhas militares contra eles. Foi administrador principal da Oficina de astronomia e Chanceler da academia de Han-lin. Também foi aliado político e confidente do chanceler Wang Anshi e do imperador Shenzong (神宗 Shénzōng; 1067-1085).

Shen Kuo foi o primeiro a descrever a bússola magnética no livro Mengxi Bitan, um século antes de Alexander Neckham o fazer na Europa. Elaborou também uma teoria geológica da geomorfologia observando os depósitos de barro, os fósseis de mar que se encontravam nas montanhas, e os fósseis petrificados subterrâneos de bambu encontrados numa região na qual não se desenvolve o bambu. Descreveu também os caracteres móveis de impressão de argila, inventados pelo artesão Bi Sheng nos anos 1041 a 1048. Melhorou as invenções da esfera armilar, do gnómon, e do relógio de clepsidra. Descobriu o conceito astronómico do norte verdadeiro, e alegou que o sol e a lua eram esféricos, não planos, empregando a observação do eclipse solar e o eclipse lunar. Fez dois atlas, e criou uma carta geográfica tridimensional. Foi também o primeiro na China a descrever o dique seco para reparação de barcos. Reformou o calendário chinês com base em observações astronómicas precisas que realizou durante meses.

Shen Kuo viveu o final da sua vida em isolamento, na sua casa, que tinha um jardim que lhe servia para espairecer, perto de Zhenjiang, província de Jiangsu. O seu túmulo situa-se na zona de Yuhang de Hangzhou.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  • Bodde, Derk (1991). Chinese Thought, Society, and Science: The Intellectual and Social Background of Science and Technology in Pre-modern China. Honolulu: University of Hawaii Press. ISBN 978-0-8248-1334-5
  • Bowman, John S. (2000). Columbia Chronologies of Asian History and Culture. New York: Columbia University Press.
  • Chan, Alan Kam-leung and Gregory K. Clancey, Hui-Chieh Loy (2002). Historical Perspectives on East Asian Science, Technology and Medicine. Singapore: Singapore University Press ISBN 9971-69-259-7
  • Ebrey, Walthall, Palais, (2006). East Asia: A Cultural, Social, and Political History. Boston: Houghton Mifflin Company.
  • Embree, Ainslie T. and Carol Gluck (1997). Asia in Western and World History: A Guide for Teaching. New York: An East Gate Book, M. E. Sharpe Inc.
  • Hymes, Robert P. and Conrad Schirokauer (1993). Ordering the World: Approaches to State and Society in Sung Dynasty China. Berkeley: University of California Press.
  • Mohn, Peter (2003). Magnetism in the Solid State: An Introduction. New York: Springer-Verlag Inc. ISBN 3-540-43183-7
  • Needham, Joseph (1986). Science and Civilization in China: Volume 1, Introductory Orientations. Taipei: Caves Books, Ltd.
  • Needham, Joseph (1986). Science and Civilization in China: Volume 3, Mathematics and the Sciences of the Heavens and the Earth. Taipei: Caves Books, Ltd.
  • Needham, Joseph (1986). Science and Civilization in China: Volume 4, Physics and Physical Technology, Part 3: Civil Engineering and Nautics. Taipei: Caves Books, Ltd.
  • Needham, Joseph (1986). Science and Civilization in China: Volume 5, Chemistry and Chemical Technology, Part 1: Paper and Printing. Taipei: Caves Books, Ltd.
  • Ropp, Paul S. (1990). Heritage of China: Contemporary Perspectives on Chinese History. Berkeley: University of California Press. ISBN 978-0-520-06440-9
  • Sivin, Nathan (1995). Science in Ancient China. Brookfield, Vermont: VARIORUM, Ashgate Publishing.

Ligações externasEditar