Abrir menu principal
Sid Watkins
Nascimento 6 de setembro de 1928
Liverpool
Morte 12 de setembro de 2012 (84 anos)
Londres
Cidadania Reino Unido
Alma mater Universidade de Liverpool
Ocupação neurologista, cirurgião, neurocirugião, médico
Prêmios Oficial da Ordem do Império Britânico
Empregador Universidade Estadual de Nova York Universidade Médica do Norte do Estado
Causa da morte ataque cardíaco

Eric Sidney Watkins (Liverpool, 6 de setembro de 1928Londres, 12 de setembro de 2012) foi um neurocirurgião e jogador inglês.

CarreiraEditar

Sid Watkins nasceu em 1928, na cidade de Liverpool, Inglaterra. Se formou em medicina em 1952, passando a atuar nas Forças Armadas do Reino Unido, dando apoio aos militares britânicos e seus familiares.

Em 1978, foi convidado pelo chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, para assumir o cargo de médico-chefe da categoria, onde permaneceu até 2005. Após sua aposentadoria, se manteve como consultor do Conselho de Segurança da FIA, até 2011.

Sua habilidade e competência foram decisivos para melhorar a segurança dos carros e das pistas, além de salvar a vida de muitos pilotos, entre eles: Didier Pironi, Nelson Piquet, Gerhard Berger, Martin Donnelly, Érik Comas, Rubens Barrichello, Karl Wendlinger, Mika Hakkinen, Michael Schumacher e Luciano Burti.

Mas o Professor Sid também teve que encarar de perto a morte de Ronnie Peterson, Gilles Villeneuve, Ricardo Paletti, Roland Ratzenberger e especialmente seu grande amigo Ayrton Senna.

Um dia antes do tricampeão brasileiro falecer, Watkins, vendo que ele estava muito abatido com a morte de Ratzenberger e o grave acidente de Barrichello, sugeriu ao piloto que largasse a F1 e que fossem pescar juntos. Mais tarde, o Professor fez uma revelação sobre o atendimento à Senna, na curva Tamburello : "Nós o tiramos do cockpit, tiramos seu capacete e entubamos. E eu percebi pelos seus sinais neurológicos, que era uma lesão letal à cabeça. Ele suspirou por um instante e seu corpo relaxou. E foi naquele momento.... e eu não sou religioso, eu pude sentir que seu espírito havia partido".

PremiaçõesEditar

1996: Prêmio Mario Andretti por Excelência Médica

2002: Ordem do Império Britânico (OBE)

Referências