Signos fixos

Na tradição astrológica, signos fixos representam o meio das estações do ano, estando associados com a estabilização, a determinação, a profundidade e a persistência[1]. São determinados, capazes de se concentrar, estáveis, resolutos, econômicos e majestosos[2]. Por outro lado, também são inflexíveis, rígidos e teimosos. Essas características são muitas vezes emparelhadas com a necessidade de se considerar como estando certo.[2]

No gráfico zodiacal, os signos fixos são indicados em verde.

Os doze signos do zodíaco são divididos entre as qualidades cardinais, fixas e mutáveis e, ao mesmo tempo, entre os quatro elementos que os antigos filósofos da natureza acreditavam ser a base da constituição da matéria.[3]

Os quatro signos fixos do Zodíaco são[4]:

Veja tambémEditar

Referências


  Este artigo sobre esoterismo ou ocultismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.