Sistema São Lourenço

Sistema São Lourenço
Represa: Cachoeira do França
Localização
Localização São Paulo, Brasil Editar isso no Wikidata
Divisão Município de Ibiúna
Tipo estrutura arquitetónica
Reservatório
Área de drenagem 83 km²
Capacidade útil 83

O Sistema São Lourenço é um dos sistemas administrados pela Sabesp destinados a captação, armazenamento e tratamento de água para a Grande São Paulo.

CaracterísticasEditar

O sistema é composto pelo Represa Cachoeira do França, na região dos municípios de Ibiúna e Juquitiba, e pela Estação de Tratamento de Água Vargem Grande, que possui capacidade de tratamento de até 6,4 mil litros de água por segundo. O reservatório é interconectado com o sistema de tratamento através de túneis, canais e sistemas de bombeamento.[1][2]

O Sistema Produtor São Lourenço é o principal projeto da Sabesp para aumentar a oferta de água na Grande São Paulo e diminuir a dependência do Sistema Cantareira. O empreendimento, cuja construção começou em 2014, teve a operação assistida iniciada em abril de 2018 e a operação comercial em julho de 2018.[3]

O complexo atende 1,4 milhão de habitantes de sete municípios da zona oeste da Grande São Paulo: Carapicuíba, Barueri, Jandira, Itapevi, Cotia, Vargem Grande Paulista e Santana do Parnaíba.[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Sabesp » Água » Mananciais». site.sabesp.com.br. Consultado em 28 de março de 2019 
  2. Prof. Dr. Paulo Eduardo Zanettini. «Programa de Prospecção Arqueológica Sistema Produtor São Lourenço» (PDF). Sabesp. Consultado em 16 de maio de 2014 
  3. «SPSL – Sistema Produtor São Lourenço». www.spsl.eco.br. Consultado em 28 de março de 2019 

BibliografiaEditar

  • SOLIA, Mariângela; FARIA, Odair Marcos; ARAÚJO, Ricardo. Mananciais da região metropolitana de São Paulo. São Paulo: Sabesp, 2007

Ligações externasEditar