Sopwith Tabloid

O Sopwith Tabloid e Schneider foram aviões desportivos biplanos britânicos, dos primeiros a ser construídos pela Sopwith Aviation Company. O Tabloid foi assim chamado porque ele era tão pequeno, e seu desempenho causou sensação quando ele apareceu pela primeira vez, superando o registo dos monoplanos existentes à época. Foi utilizado como avião de reconhecimento pelo Royal Flying Corps e pela Royal Naval Air Service durante os primeiros meses da Primeira Guerra Mundial.

Tabloid/Schneider
Um Sopwith Schneider
Descrição
Tipo / Missão Aeronave esportiva, convertida para uso militar
País de origem  Reino Unido
Fabricante Sopwith Aviation Company, designado por Fred Sigrist
Período de produção 1914-1915
Quantidade produzida Tabloids: 42, Schneiders: 136[nota 1]
Primeiro voo em 1913 (108 anos)
Introduzido em 1914
Aposentado em 1915
Variantes
Tripulação 1
Especificações (Modelo: Produção Schneider)
Dimensões
Comprimento 6,96 m (22,8 ft)
Envergadura 7,83 m (25,7 ft)
Altura 3,05 m (10,0 ft)
Área das asas 22,3  (240 ft²)
Alongamento 2.7
Peso(s)
Peso vazio 555 kg (1 220 lb)
Peso carregado 773 kg (1 700 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 x motor a pistão giratório de nove cilindros Gnome Monosoupape
Potência (por motor) 100 hp (74,6 kW)
Performance
Velocidade máxima 140 km/h (75,6 kn)
Alcance (MTOW) 510 km (317 mi)
Teto máximo 2 100 m (6 890 ft)
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 1 x metralhadora geralmente Lewis de 7,7 mm (0,303 in)
Bombas 1 x de 30 kg (66,1 lb) ou 5 de 9 kg (19,8 lb)
Notas
Subida a 1980 metros em: 15 minutos
Dados de: Sopwith – The Man and His Aircraft[nota 2]

Notas

  1. Bruce Flight 29 November 1958, p. 847.
  2. Robertson 1970, pp. 234–235, 238–239.

BibliografiaEditar

  Este artigo sobre uma aeronave é um esboço relacionado ao Projeto Aviação. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.