Sundiata Queita

Imperador do Mali

Sundiata Queita[1] (em francês: Soundiata Keïta)[2] foi o primeiro mansa e fundador do Império do Mali, governando de 1235 até 1255. Estabelece seu reino com a derrota de Sumangaru Cante na Batalha de Quirina de 1235. Sundiata Queita venceu Sumangaru após ter reunido vários clãs malinquês.[3] Na ocasião de sua vitória reuniu a Grande Assembleia para preparar a chamada Carta de Curucã Fuga.[4][5]

Sundiata Queita
Nascimento 20 de agosto de 1190
Império do Mali
Morte 1255
Rio Sancarani
Cidadania Mali
Progenitores
  • Naré Maghann Konaté
Filho(s) Uli I of Mali
Ocupação monarca
Título rei
Religião Islão
Causa da morte afogamento

Ver tambémEditar

Referências

BibliografiaEditar

  • Lopes, Nei Lopez; Macedo, José Rivair (2017). «Kurukan Fuga; Carta do Mandinga». Dicionário de História da África: Séculos VII a XVI. Belo Horizonte: Autêntica 
  • Niane, Djibril Tamsir (2010). «6 - O Mali e a segunda expansão manden». História Geral da África – Vol. IV – África do século XII ao XVI. São Carlos: Universidade de São Carlos; UNESCO 
  • Silva, Alberto da Costa (2009). «11 - Mali». A Enxada e a Lança - A África Antes dos Portugueses. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira Participações S.A. ISBN 978-85-209-3947-5 
  • Santos, Vanicléia S (2008). As bolsas de mandinga no espaço Atlântico: Século XVIII (PDF). tese, doutorado em História. São Paulo: Universidade de São Paulo. p. 24-25 

Outras Referências e LinksEditar