Suzuya (cruzador de 1934)

O Suzuya (鈴谷?) foi um cruzador pesado operado pela Marinha Imperial Japonesa e a terceira embarcação da Classe Mogami, depois do Mogami e Mikuma, e seguido pelo Kumano. Sua construção começou em dezembro de 1933 no Arsenal Naval de Yokosuka e foi lançado ao mar em novembro do ano seguinte, sendo comissionado em outubro de 1937.[1] Era armado com uma bateria principal de dez canhões de 203 milímetros em cinco torres de artilharia triplas, tinha um deslocamento de treze mil toneladas e conseguia alcançar uma velocidade máxima de 35 nós.

Suzuya
 Japão
Operador Marinha Imperial Japonesa
Fabricante Arsenal Naval de Yokosuka
Homônimo Rio Suzuya
Batimento de quilha 11 de dezembro de 1933
Lançamento 20 de novembro de 1934
Comissionamento 31 de outubro de 1937
Destino Afundado na Batalha do Golfo de
Leyte
em 25 de outubro de 1944
Características gerais (como construído)
Tipo de navio Cruzador rápido
Classe Mogami
Deslocamento 8 500 t
Maquinário 4 turbinas a vapor
10 caldeiras
Comprimento 197 m
Boca 18 m
Calado 5,5 m
Propulsão 4 hélices
- 152 000 cv (112 000 kW)
Velocidade 37 nós (69 km/h)
Autonomia 8 000 milhas náuticas a 14 nós
(15 000 km a26 km/h)
Armamento 15 canhões de 155 mm
8 canhões de 127 mm
4 canhões de 40 mm
12 tubos de torpedo de 610 mm
Blindagem Cinturão: 100 a 125 mm
Convés: 35 a 60 mm
Torres de artilharia: 25 mm
Aeronaves 3 hidroaviões
Tripulação 850
Características gerais (1944)
Tipo de navio Cruzador pesado
Deslocamento 13 670 t
Comprimento 198 m
Boca 20,2 m
Calado 5,89 m
Velocidade 35,5 nós (65,7 km/h)
Armamento 10 canhões de 203 mm
8 canhões de 127 mm
50 canhões de 25 mm
2 metralhadoras de 13,2 mm
12 tubos de torpedo de 610 mm

O Suzuya foi originalmente finalizado como um cruzador rápido armado com quinze canhões de 155 milímetros divididos em cinco torres de artilharia triplas. Ainda durante sua construção ele passou por modificações que incluíram a adição de protuberâncias antitorpedo e outras medidas para economizar peso. O navio foi colocado na reserva logo depois de ser comissionado na frota a fim de passar por novas modificações, que desta vez incluíram a substituição de seu armamento principal pelos canhões de 203 milímetros, o que fez o Suzuya ser redesignado como um cruzador pesado.[2]

A embarcação teve uma carreira ativa na Segunda Guerra Mundial. Participou da ocupação da Cochinchina e da Invasão da Malásia e 1941, enquanto no ano seguinte se envolveu em um ataque contra forças britânicas no Oceano Índico, na Batalha de Midway e em operações da Campanha de Guadalcanal. O Suzuya passou a maior parte 1943 e 1944 movimentando-se entre bases, porém participou das batalhas do Mar das Filipinas e Golfo de Leyte em 1944. Nesta última, o cruzador foi alvo de dois ataques aéreos que o afundaram na tarde de 25 de outubro de 1944.[1]

Referências

  1. a b Hackett, Bob; Kingsepp, Sander (1 de outubro de 2018). «IJN Suzuya: Tabular Record of Movement». Combined Fleet. Consultado em 4 de novembro de 2021 
  2. Whitley, M. J. (1995). Cruisers of World War Two: An International Encyclopedia. Londres: Cassell. pp. 181–184. ISBN 1-86019-874-0 

Ligações externas editar

  Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.