Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para Sebasteia, a capital do tema, veja Sivas.
Σεβαστείας θέμα
Tema de Sebasteia
Tema do(a) Império Bizantino
911-após 1071
Location of Sebasteia
Subdivisões do Império Bizantino na Anatólia em 950. O Tema de Sebasteia aparece em roxo claro à direita.
Capital: Sebasteia
Governador: estratego
Período : Idade Média
 -  Estabelecimento do tema 911
 -  Invasão pelos turcos seljúcidas após 1071

Tema de Sebasteia (em grego: θέμα Σεβαστείας) foi um tema (província civil-militar) bizantino localizado na região nordeste da Capadócia e da Armênia Menor. Foi criado como um tema em 911 e sobreviveu até ser conquistada pelos turcos seljúcidas após a derrota bizantina em Manziquerta em 1071.

HistóriaEditar

O tema foi formado à volta da cidade de Sebasteia (atual Sivas), num território que havia sido parte do Tema Armeníaco a partir do século VII.[1] Não é mencionado em nenhuma fonte anterior ao século X.[2] Em 908, aparece pela primeira vez como uma clisura distinta e, por volta de 911, foi elevado à condição de tema,[3] abrangendo todo o território bizantino ao longo da seção central do Alto Eufrates, uma zona de fronteira.[1][4]

Com a expansão para Oriente, foi estendido para o sul e para o leste, englobando Melitene, Samósata e Tefrique, território equivalente, a grosso modo, com o das antigas províncias romanas de Armênia Prima, Armênia Secunda e Síria Eufratense. Após meados do século X, porém, esse território já havia sido muito reduzido com a criação de diversos temas pequenos.[1][4]

No século X, a região recebeu um grande influxo de armênios, que se tornaram majoritários. Após 1019-1021, Sebasteia e seu território foram dados como feudo a Senequerim-João em troca da cessão ao Império de seu Reino de Vaspuracânia. A partir de 1074, após a derrota bizantina na Batalha de Manziquerta frente os turcos seljúcidas, o território passou a ser governado de forma independente pelos Arcruni até eles também serem conquistados pelos turcos por volta de 1090.[1]

Referências

  1. a b c d Kazhdan 1991, p. 1861–1862.
  2. Pertusi 1952, p. 142.
  3. Nesbitt 2001, p. 128.
  4. a b Pertusi 1952, p. 142–143.

BibliografiaEditar

  • Nesbitt, John W.; Oikonomides, Nicolas (2001). Catalogue of Byzantine Seals at Dumbarton Oaks and in the Fogg Museum of Art, Volume 4: The East (em inglês). Washington, Distrito de Colúmbia: Dumbarton Oaks Research Library and Collection. ISBN 0-88402-226-9 
  • Pertusi, A. (1952). Constantino Porfirogenito: De Thematibus (em italiano). Roma: Biblioteca Apostolica Vaticana