Teorema de Morera

Em análise complexa, um ramo da matemática, o teorema de Morera, em homenagem a Giacinto Morera, dá um critério importante para provar que uma função é holomórfica.

Teorema de Morera afirma que uma função complexa, contínua, de valor ƒ definida em um conjunto aberto simplesmente conexo D no plano complexo que satisfaz:

em D, para cada curva seccionada fechada C1, deve ser holomórfico sobre D.[1][2]

Referências

  1. Gabriel E. Pires (1998). «Notas em Analise Complexa» (PDF). Departamento de Matemática do Instituto Superior Técnico de Lisboa. Consultado em 22 de outubro de 2021 
  2. Artemio Gonzalez Lopez (Setembro de 2003). «Variable Compleja» (PDF). Departamento de Física Teórica de Universia España. Consultado em 22 de outubro de 2021 
  Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.