Abrir menu principal
Thales Leites
Thales Leites.png
Thales Leites
Informações
Nascimento 6 de setembro de 1981 (38 anos)
Niterói, Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,86 m
Peso 84 kg
Modalidade Jiu-Jitsu Brasileiro
Organização(ões) Nova União
Graduação      Faixa preta em BJJ
Cartel nas artes marciais mistas
Total 34
Vitórias 27
Por nocaute 4
Por finalização 15
Por decisão 8
Derrotas 7
Por finalização 1
Por decisão 6
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Thales Leites Lourenço (Niterói, 6 de setembro de 1981) é um ex-lutador de artes marciais mistas (MMA) brasileiro.

CarreiraEditar

Leites fez sua estreia em MMA no Shooto Brasil em 2003, derrotando Felipe Arinelli por finalização. Leites ganhou ainda mais duas lutas em Vitória antes de fazer sua estreia nos Estados Unidos no Havaí's Rumble em 2005, onde ele derrotou Adam Roland, na sua quarta vitória consecutiva no MMA. Thales foi sparring de um grande lutador do UFC, o lendário BJ Penn.

Depois de uma bem sucedida excursão nos Estados Unidos, Leites voltou ao Brasil para lutar contra Gustavo Machado, que vinha de duas vitórias no Pancrase japonês. Leites derrotou Machado no terceiro round, e foi convidado para voltar ao Rumble on the Rock 7 para lutar contra o havaiano Ronald Jhun em setembro de 2005. Assim, Leites obteve sua sexta vitória, derrotando Jhun por nocaute técnico.

Antes de estrear no UFC, Thales fez mais três lutas, conseguindo a vitória em todas, o que o credenciou para a participação no Ultimate Fighting Championship.

No UFCEditar

Em setembro, foi anunciado que Leites faria no UFC sua estreia contra o veterano dos médios Nathan Marquardt em Ortiz vs. Shamrock 3: The Final Chapter. No entanto, devido a problemas com sua documentação de viagem, Leites não foi capaz de competir no evento, tal como o planejado.

Thales Leites fez sua estreia no The Ultimate Fighter 4 Finale, quando ele perdeu sua primeira luta profissional, por decisão unânime para o kickboxer dinamarquês Martin Kampmann.

Na sua luta seguinte, no UFC 69, ele derrotou Pete Sell. Em seu próximo combate, ele ganhou de Floyd Sword no The Ultimate Fighter 5 Finale. Posteriormente, Thales lutou contra Ryan Jensen no UFC 74, e ganhou por finalização.

Thales lutou depois contra Nathan Marquardt no UFC 85, vencendo por uma decisão dividida devido a perda de ponto do adversário nos 2º e 3º assaltos.[1]

Lutando no card preliminar do UFC 90, Leites obteve rápida vitória sobre Drew McFedries. Esta vitória garantiu-lhe a oportunidade de disputar o cinturão dos médios do UFC contra o também brasileiro, Anderson Silva no UFC 97 em Montreal, na qual acabou sendo derrotado por decisão unânime dos juízes.[2]

Em seu retorno ao octagon, Leites foi derrotado novamente por meio de uma decisão dividida contra o polêmico italiano Alessio Sakara. A luta inspirou muitas vaias, que começou durante a primeira volta e continuou durante toda a luta. A falta de ação durante a luta provocou a dedução em um ponto para ambos os lutadores uma vez que Mixed Martial Arts é um "esporte de contato".

Depois da derrota, Leites, juntamente com George Roop e Tamdan McCrory, Foram cortados do UFC. Poucos dias depois, Dana White revelou ao Yahoo Sports o seu desconhecimento da liberação McCrory e Leite "do UFC e expressou sua intenção de reverter essas ações. Pouco depois, White decidiu não reverter as decisões.

Pós UFCEditar

Após a sua liberação do UFC seu record é de 3-1. Com uma vitória de decisão sobre Dean Lister no MFC 23 em 4 de dezembro de 2009, a vitória por finalização sobre Rico Washington no MMA Bitetti Combat 6 em 25 de fevereiro de 2010 e uma vitória por finalização sobre Jesse Taylor no MFC 25 em 7 de maio de 2010.

Ele estava programado para enfrentar Falaniko Vitale em 14 agosto de 2010 na Califórnia, mas enfrentou Matt Horwich no evento. Ele perdeu a luta por finalização, a primeira derrota por finalização de sua carreira.[3] Porém na revanche contra Matt Horwich ocorrida em 31 de março de 2012 no Brasil, Leites venceu por finalização no segundo round.

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Em 23 de maio de 2013 foi anunciado que Leites assinou seu contrato para retornar ao Ultimate.[4]

Leites fez sua reestreia no UFC em 3 de agosto de 2013 no UFC 163, contra o inglês Tom Watson[5] e venceu por decisão unânime. Em seguida, em 16 de novembro de 2013, Thales Leites enfrentou Ed Herman no UFC 167, substituindo Rafael Natal.[6] Ele venceu por decisão unânime.

No UFC Fight Night: Nogueira vs. Nelson, em 11 de abril de 2014, Leites enfrentou Trevor Smith. Ele venceu por nocaute técnico com menos de um minuto de luta.

Thales enfrentou o francês Francis Carmont em 23 de agosto de 2014 no UFC Fight Night: Henderson vs. dos Anjos. Thales venceu por nocaute no início do segundo round.

Em 31 de janeiro de 2015 Leites enfrentou o norte-americano Tim Boetsch no UFC 183. Thales venceu a luta através da aplicação do katagatame (estrangulamento do jiu-jitsu).

Posteriormente, fez a luta principal do UFC Fight Night: Bisping vs. Leites contra o inglês Michael Bisping em 18 de julho de 2015, na estreia do UFC na Escócia, e perdeu por decisão dividida (47-48, 49-46 e 48-47).

Na cidade de Londres, Leites enfrentou o iraniano Gegard Mousasi no UFC Fight Night: Silva vs. Bisping. Neste combate, o lutador brasileiro perdeu novamente por decisão unânime.

No UFC Fight Night: Rodríguez vs. Caceres, Thales se recuperou das últimas derrotas e venceu Chris Camozzi por finalização no terceiro round.

Thales enfrentou o polonês Krzysztof Jotko em 19 de novembro de 2016, no UFC Fight Night: Bader vs. Nogueira 2, em São Paulo. O brasileiro perdeu por decisão unânime.

Thales enfrentou Sam Alvey em 22 de abril de 2017 no UFC Fight Night: Swanson vs. Lobov. Ele venceu por decisão unânime.

Vida pessoalEditar

Leites e sua namorada tiveram uma filha chamada Valentina, em julho de 2009.[7]

TítulosEditar

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 28-9   Hector Lombard Decisão (unânime) UFC Fight Night: Santos vs. Anders 22/09/2018 3 5:00   São Paulo Anunciou a sua aposentadoria.
Derrota 27-9   Jack Hermansson Nocaute Técnico (socos) UFC 224: Nunes vs. Pennington 12/05/2018 3 2:10   Rio de Janeiro
Derrota 27-8   Brad Tavares Decisão (unânime) UFC 216: Ferguson vs. Lee 07/10/2017 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 27-7   Sam Alvey Decisão (unânime) UFC Fight Night: Swanson vs. Lobov 22/04/2017 3 5:00   Nashville, Tennessee
Derrota 26-7   Krzysztof Jotko Decisão (unânime) UFC Fight Night: Nogueira vs. Bader II 19/11/2016 3 5:00   São Paulo
Vitória 26-6   Chris Camozzi Finalização (mata-leão) UFC Fight Night: Rodríguez vs. Caceres 06/08/2016 3 2:58   Salt Lake City, Utah
Derrota 25-6   Gegard Mousasi Decisão (unânime) UFC Fight Night: Silva vs. Bisping 27/02/2016 3 5:00   Londres
Derrota 25-5   Michael Bisping Decisão (dividida) UFC Fight Night: Bisping vs. Leites 18/07/2015 5 5:00   Glasgow
Vitória 25-4   Tim Boetsch Finalização (katagatame) UFC 183: Silva vs. Diaz 31/01/2015 2 3:45   Las Vegas, Nevada Luta da Noite. Performance da Noite.
Vitória 24-4   Francis Carmont Nocaute (socos) UFC Fight Night: Henderson vs. dos Anjos 23/08/2014 2 0:20   Tulsa, Oklahoma Performance da Noite.
Vitória 23-4   Trevor Smith Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Nogueira vs. Nelson 11/04/2014 1 0:45   Abu Dhabi
Vitória 22-4   Ed Herman Decisão (unânime) UFC 167: St. Pierre vs. Hendricks 16/11/2013 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 21-4   Tom Watson Decisão (unânime) UFC 163: Aldo vs. Jung 03/08/2013 3 5:00   Rio de Janeiro Retornou ao UFC.
Vitória 20-4   Matt Horwich Finalização (triângulo de braço) AFC 2 31/03/2012 2 4:39   Manaus
Vitória 19-4   Jeremy Horn Decisão (dividida) SC 7: Rise of Champions 30/04/2011 3 5:00   Estocolmo Ganhou o Título Peso Médio do Superior Challenge
Vitória 18-4   Tor Troéng Finalização (mata-leão) SC 6: Lions Den 29/10/2010 2 3:33   Estocolmo
Derrota 17-4   Matt Horwich Finalização (mata leão) PWP - War on the Mainland 14/08/2010 4 0:44   Irvine, Califórnia Pelo Título Peso Médios do PWP.
Vitória 17-3   Jesse Taylor Finalização (triângulo) MFC 25: Vindication 07/05/2010 1 2:27   Edmonton, Alberta
Vitória 16-3   Rico Washington Finalização (triângulo de braço) Bitetti Combat MMA 6 25/02/2010 1 5:00   Brasília
Vitória 15-3   Dean Lister Decisão (unânime) MFC 23- Unstoppable 04/12/2009 3 5:00   Edmonton, Alberta
Derrota 14–3   Alessio Sakara Decisão (dividida) UFC 101: Declaration 08/08/2009 3 5:00   Fildaélfia, Pensilvânia
Derrota 14-2   Anderson Silva Decisão (unânime) UFC 97: Redemption 18/04/2009 5 5:00   Montreal, Quebec Pelo Cinturão Peso-Médio do UFC.
Vitória 14-1   Drew McFedries Finalização (mata leão) UFC 90: Silva vs. Cote 25/10/2008 1 1:18   Rosemont, Illinois
Vitória 13-1   Nate Marquardt Decisão (dividida) UFC 85: Bedlam 07/06/2008 3 5:00   Londres Marquardt perdeu 2 pontos durante a luta.
Vitória 12-1   Ryan Jensen Finalização (chave de braço) UFC 74: Respect 25/08/2007 1 3:47   Las Vegas, Nevada
Vitória 11-1   Floyd Sword Finalização (triângulo de braço) The Ultimate Fighter 5 Finale 23/06/2007 1 3:50   Las Vegas, Nevada
Vitória 10-1   Pete Sell Decisão (unânime) UFC 69: Shootout 07/04/2007 3 5:00   Houston, Texas
Derrota 9-1   Martin Kampmann Decisão (unânime) The Ultimate Fighter 4 Finale 11/11/2006 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 9-0   José Landi-Jons Finalização (triângulo de braço) Jungle Fight 6 29/04/2006 1 2:40   Manaus
Vitória 8-0   Osami Shibuya Decisão (unânime) MARS 04/02/2006 3 5:00   Tóquio
Vitória 7-0   Jason Guida Finalização (chave de braço) Ultimate Warriors Combat 1 10/12/2005 1 1:38   Honolulu, Havaí
Vitória 6-0   Ronald Jhun TKO (interrupção médica) ROTR: Qualifiers 17/09/2005 3 0:32   Honolulu, Havaí
Vitória 5-0   Gustavo Machado Finalização Storm Samurai 8 02/07/2005 3   Brasília
Vitória 4-0   Adam Roland Finalização (chave de braço) Rumble on the Rock 7 07/05/2005 1 0:49   Honolulu, Havaí
Vitória 3-0   Lúcio Linhares TKO (interrupção do córner) Vitória Extreme Fighting 1 29/05/2004 1   Vitória
Vitória 2-0   Flávio Luiz Moura Finalização (triângulo de braço) Vitória Extreme Fighting 1 29/05/2004 N/A   Vitória
Vitória 1-0   Felipe Arinelli Finalização (triângulo de braço) Shooto Brasil: Welcome to Hell 23/11/2003 2   Niterói

Referências