The Cheetah Girls

The Cheetah Girls
As Cheetah Girls se apresentando em dezembro de 2008.
Informação geral
País  Estados Unidos
Gênero(s)
Instrumento(s) Vocais
Período em atividade 2003–2009
Gravadora(s) Walt Disney Records (2003–2009)
Hollywood Records (2007-2008)
Afiliação(ões)
Ex-integrantes Adrienne Bailon
Kiely Williams
Sabrina Bryan
Raven-Symoné (nos filmes)

The Cheetah Girls foi um girl group americano criado pela Walt Disney Company, que protagonizou o bem-sucedido filme The Cheetah Girls, e suas sequências, The Cheetah Girls 2 e The Cheetah Girls: One World, cujas trilhas sonoras venderem mais de 3 milhões de cópias.

O grupo consistia das cantoras e atrizes Adrienne Bailon, Kiely Williams e Sabrina Bryan. Raven-Symoné dava vida a uma das Cheetah Girls Galleria Garibaldi nos filmes, mas não trouxe sua participação para a vida real.

O trio arrecadou cerca de 36 milhões de dólares com uma turnê entre 2006 e 2007,[1] que ficou entre as 10 melhores do ano e até os dias atuais é uma das mais bem sucedidas na Disney.

Em 2007, o grupo assinou contrato com a Hollywood Records, onde gravaram seu primeiro álbum oficial, TCG, que estreou já entre os 50 mais bem colocados do Billboard 200.

Nos seus 6 anos de carreira, as Cheetah Girls ganharam sete prêmios da Radio Disney e um prêmio da Associação Nacional da Comunicação.

BiografiaEditar

FormaçãoEditar

Em 1999, Deborah Gregory começou a escrever uma série de livros contando a história de um grupo de meninas de diferentes origens que lutavam para chegar ao topo das paradas musicais. Elas eram as "Cheetah Girls" e em 2002 o Disney Channel quis adaptar as histórias dos livros para um telefilme. A famosa Raven-Symoné foi convidada para viver Galleria, estrela principal do filme, pelo seu destaque no seriado As Visões da Raven. Depois de passarem nos testes, as integrantes do grupo de hip-hop e R&B 3LW Adrienne Bailon e Kiely Williams também ganharam papéis no filme e deram vida, respectivamente, a Chanel e Aqua. E a dançarina Sabrina Bryan ficou como Dorinda. O filme, lançado em agosto de 2003, rendeu 6,5 milhões de espectadores só na estreia e mesmo sem turnê ou performances de divulgação, sua trilha sonora vendeu mais de 2 milhões de cópias, se tornando a 2ª trilha sonora mais bem-sucedida de 2004 (Perdendo apenas para a trilha do filme "Shrek"). Com o notável sucesso, a Disney investiu nas Cheetah Girls e resolveu trazer o grupo para a vida real. Raven preferiu investir em sua carreira solo e de atriz, por isso, apenas Adrienne, Kiely e Sabrina seguiram como Cheetah Girls.

2005: Cheetah-Licious ChristmasEditar

O grupo começou, oficialmente, em 2005. O primeiro trabalho das garotas foi no CD "DisneyMania 3", onde participaram com sua primeira música, I Won't Say (I'm in Love). Em dezembro, as Cheetah Girls, se apresentando ainda como Aqua, Chanel e Dorinda, lançaram seu primeiro álbum, "Cheetah-licious Christmas". O CD natalino trazia músicas tradicionais e novas, todas com tema natalino, em um ritmo bem pop. No mês de dezembro, as Cheetah Girls fizeram sua primeira turnê de shows, nomeada Cheetah-Licious Christmas, assim como o CD e a canção. Os shows tinham cenários enfeitados com objetos relacionados ao natal, como caixas de presentes, neve artificial e bengalas doces enormes.

2006: The Party's Just BegunEditar

As Cheetah Girls foram, junto com Raven-Symoné e Belinda, para Espanha gravar o filme The Cheetah Girls 2, que na época da estréia foi o DCOM mais assistido, ultrapassando High School Musical. O filme foi um sucesso e gerou uma turnê muito bem-sucedida, a The Party's Just Begun Tour, que durou cerca de 5 meses. Em um show no Texas as Cheetah Girls bateram recorde de lotação do estádio Relliant,em 3 minutos de show mais de 80 mil ingressos foram vendidos, anteriormente de Elvis Presley, e arrecadou cerca de 36 milhões com pouco mais de 80 shows e produtos relacionados. A turnê também rendeu o segundo CD das Cheetah, In Concert: The Party's Just Begun Tour, onde as três começaram a se impor como Kiely, Adrienne e Sabrina.

2007: TCGEditar

No início do ano, as Cheetah Girls anunciaram um novo CD, que não seria trilha sonora, nem um CD de música natalina, e sim o primeiro (e único) CD oficial. A gravação do CD foi feita na Hollywood Records, o que não rompeu o ligamento delas com a Walt Disney Records. Elas ainda voltariam a esta para gravar trilhas de filmes e fazer participações em álbuns, como Disneymania. Ao participarem do Disney Channel Games 2007, elas lançaram a primeira música, So Bring it On, um pop-rock bem agitado que virou tema de Twitches Too. Em setembro foi lançado o tão esperado álbum, TCG, que trouxe composições das próprias Cheetah, músicas mais maduras e as apresentou como as artistas, e não as personagens. O trabalho com o CD foi interrompido por causa das gravações do filme The Cheetah Girls: One World, que começaram menos de quatro meses depois.

2008: One WorldEditar

As Cheetah foram para Índia, onde seu terceiro filme, The Cheetah Girls: One World, dessa vez sem Raven-Symoné, que estava ocupada com outros projetos e por isso sua personagem, Galleria, seguiu para a faculdade e não está presente no filme. O filme gerou bastante promoção e contou com o seriado Road to The Cheetah Girls: One World, que mostrava os bastidores do filme, mas mesmo assim foi a pior audiência dos três filmes das Cheetah Girls. Em outubro as Cheetahs seguiram com mais uma turnê, a One World Tour, a mais grandiosa e mais bem produzida de todas, e ficaram em turnê até o fim do ano. Nesse ano, as meninas também começaram a se dedicar a projetos solo, Sabrina gravou "Byou 2" e lançou o livro "Princess of Gossip", Kiely atuou na comédia "The House Bunny" e todas se dedicam a álbuns solo.

2009: O FimEditar

A Cheetah Kiely Williams deu uma entrevista dizendo que a turnê "One World" foi, provavelmente, a última das meninas, já que todas se dedicariam a projetos solo em 2009. Adrienne também disse que ainda tinha esperanças de que a Disney fizesse mais um filme com elas, se por acaso a Disney o fizesse seria gravado no Brasil, "Adoraria que o quarto filme fosse gravado no Brasil" Disse Kiely na entrevista. Mais tarde, Adrienne alegou que elas e as Cheetah Girls se separaram, porque a Disney não renovou contrato delas.

Carreiras SoloEditar

Atualmente, as três estão se dedicando a projeto solo.

 
A ex-Cheetah Girl Adrienne Bailon no período posterior ao fim do grupo

Adrienne Bailon: Depois das Cheetah Girls, Adrienne assinou contrato com a Island/Def Jam em 2009, mas o álbum foi engavetado. Explorando os talentos de apresentadora, Adrienne trabalhou como VJ/Apresentadora de vários programas e eventos da MTV norte-americana e comandou o webshow "Ready. Set. Dance!" da Yahoo!. Depois de estrelas seu próprio reality show, "Empire Girls," Bailon passou a apresentar o talk show "The Real", com o qual já recebeu diversas indicações ao Emmy e venceu o prêmio NAACP. Veja mais no artigo principal: Adrienne Bailon.

Kiely Williams: Kiely fez alguns filmes com o final do grupo e tentou engatar uma carreira musica de forma independente. Ela ganhou notoriedade em 2010 com a polêmica que causou com a canção "Spectacular," sua última investida musical. Ela passou a produzir conteúdo pro YouTube, a maioria deles ao lado de Sabrina. Veja mais no artigo principal: Kiely Williams.

Sabrina Bryan: Com o fim do grupo, Sabrina, que tinha sido destaque da 5ª temporada de Dancing With the Stars mesmo sem ter ganho, começou a trabalhar como repórter do programa cobrindo os bastidores semanalmente. Sabrina também participou de uma produção independente chamada "If It Ain't Broke, Break It". Ao lado de Kiely, Sabrina produziu e estrelou alguns programas e web-séries para o YouTube. Veja mais no artigo principal: Sabrina Bryan.

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

Trilhas SonorasEditar

EPsEditar

DVDs musicaisEditar

  • 2005 - DisneyMania 3 In Concert: Performance de "I Won't Say (I'm In Love)" ao vivo.
  • 2006 - California Adventures: (incluso na edição especial da trilha sonora de The Cheetah Girls 2)
  • 2006 - Radio Disney's Totally 15th Birthday: Performance de "The Party's Just Begun", "Cinderella" and "Shake A Tail Feather" ao vivo.
  • 2007 - In Concert: The Party's Just Begun Tour (incluso no CD de mesmo nome).

SinglesEditar

Ano Single Disco
2003 Cinderella*(com Raven-Symoné) The Cheetah Girls Soundtrack
Girl Power*(com Raven-Symoné)
Cheetah Sisters*(com Raven-Symoné)
2005 I Won't Say (I'm In Love) DisneyMania 3
Cheetah-Licious Christmas Cheetah-licious Christmas
5 More Days 'Til Christmas
Shake a Tail Feather O Galinho Chicken Little
2006 If I Never Knew You DisneyMania 4
The Party's Just Begun*(com Raven-Symoné) The Cheetah Girls 2 Soundtrack
Strut*(com Raven-Symoné)
Step Up*(com Raven-Symoné)
Amigas Cheetahs*(com Raven-Symoné)
Route 66 The Cheetah Girls 2 Soundtrack: Edição Especial
2007 So This is Love DisneyMania 5
So Bring It On TCG
Fuego
2008 One World* The Cheetah Girls: One World (trilha sonora)
Dance Me If You Can*
Cheetah Love*

(*) singles das trilhas sonoras

FilmesEditar

Ano Filme Título Original Sinopse (Resumo) Notas
2003 The Cheetah Girls The Cheetah Girls 4 amigas,que moram em Nova York, mas são de várias origens, lutam para alcançar a fama com seu grupo musical, The Cheetah Girls. Estrelado pela atriz e cantora Raven-Symoné e filmado no final de 2002, antes do grupo.
2006 The Cheetah Girls 2 The Cheetah Girls 2: When In Spain As 4 melhores amigas (Galleria, Chanel, Dorinda e Aqua) vão para Espanha competir no Festival de Música de Barcelona, mas ao chegar lá suas pesperctivas individuais as levam para caminhos diferentes. Com participação de Raven Symoné e Belinda.
2008 The Cheetah Girls: Um Mundo The Cheetah Girls: One World As amigas, Aqua, Chanel e Dorinda, vão para a Índia gravar um filme em Bollywood, mas ao chegar lá terão de competir entre si pelo papel, o que pode abalar a amizade das meninas. O primeiro com apenas as três Cheetah Girls e o priméiro DCOM gravado na Índia.

VideografiaEditar

Ano Vídeo Diretor
2005 Cheetah-Licious Christmas -
2006 Shake a Tail Feather
If I Never Knew You
The Party's Just Begun* Kenny Ortega
Strut*
Amigas Cheetahs*
Route 66 -
Cherish The Moment* Kenny Ortega
2007 So This is Love Shane Drake
So Bring It On (Ao Vivo) -
Fuego Marcus Raboy
Fuego (Versão em Espanhol)
2008 One World* Paulo Hoen
Dance Me If You Can*
Cheetah Love*
Feels Like Love*

(*) Vídeos dos filmes lançados como clipe para divulgar os filmes e as trilhas sonoras

TurnêsEditar

Ver artigo principal: Turnês de The Cheetah Girls

PrêmiosEditar

  • Rádio Disney Awards - Música do Ano (Cinderella), (2003)
  • National Association for Multi-ethnicity in Communications Awards - Melhor Vídeo(Strut), (2007)
  • Rádio Disney Awards - Melhor Estilo de Dança, (2007)
  • Rádio Disney Awards - Melhor grupo, (2007)
  • Rádio Disney Awards - Melhor música para acordar(Step Up), (2007)
  • Rádio Disney Awards - Melhor música para dançar (Strut), (2007).

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre The Cheetah Girls