The Geographical Pivot of History

The Geographical Pivot of History foi um artigo publicado por Halford John Mackinder em 1904 para a Royal Geographical Society. Neste artigo, Mackinder desenvolveu a Teoria do Heartland[1][2][3] e estendeu o campo da análise geopolítica para a esfera global.

O HeartlandEditar

Para Mackinder, o Heartland se localizaria no centro da Eurásia, estendendo-se do Volga ao Yangtzé e do Himalaia ao Ártico. Tal região foi controlada principalmente pelo Império Russo, posteriormente pela União Soviética.

O conceito de Heartland inclui a noção de que esta é uma vasta região com grande quantidade e diversidade de recursos naturais, que vão das grandes florestas e grandes planícies e estepes do centro da Eurásia, até os ricos campos ucranianos e as grandes reservas petrolíferas do Mar Cáspio.

 
O Heartland eurasiano na interpretação do teórico estrategista Halford John Mackinder em sua obra The Geographical Pivot of History de 1904.

Localizada em uma zona de difícil acesso pelo mar, o Heartland ocupa grande parte do interior do maior continente do mundo em termos geofísicos, a grande massa continental da Eurásia. É uma região de difícil controle e nunca teria sido controlada por alguma potência naval originária das penínsulas litorâneas da Eurásia. Ao longo da história, via de regra, esta região foi ocupada por povos semi-nômades cavaleiros como os citas, hunos, tártaros e mongóis. A região teria sido controlada por uma única unidade política, um Estado multinacional, apenas no período do domínio russo (sec. XVIII-XIX) e soviético (sec. XX até 1991).

As disputas pelo controle do Heartland estariam no centro da Geopolítica global, na interpretação de Mackinder, pois o Estado que controlasse todo o Heartland poderia tentar obter saídas para mares abertos e tornar-se uma potência anfíbia que poderia dominar o que ele denominava Ilha Mundo (World Island) território compreendido pela Eurásia e África do Norte, ligados segundo a teoria de MacKinder pelos Montes Urais e pelo istmo de Suez. Dominando a Ilha Mundo este Estado decidiria os rumos da política mundial. Assim, as recomendações de Mackinder para a Inglaterra, às vésperas da I Guerra Mundial, eram no sentido de impedir a aproximação entre a potência que dominava o Heartland (Rússia) e a maior potência industrial da Europa, que buscava controlar os recursos do Heartland, a Alemanha.

Outros conceitos estão ligados à teoria de Mackinder a exemplo do Inner Crescent e o Outer Crescent. O Inner Crescent seria um cinturão em torno do Heartland que se configurava como uma área de atrito entre o poder terrestre e o poder marítimo, sofrendo maior influência do primeiro. Já o Outer Crescent seria uma área que estaria mais as margens do mundo, permeando o Hinterland (resto do mundo fora do Heartland), onde o domínio das forças marítimas se veriam fora do alcance de fogo do poder terrestre, sendo assim dominada pelas grandes potencias do mar como E.U.A., Inglaterra, Japão e transpassando também os territórios da Austrália, Canadá, e América do Sul.

Aplicações do conceito de Heartland

Alguns analistas consideram que a abstração do conceito poderia ser aplicada a outros continentes, que, mesmo menores, também teriam seu próprio "Heartland", como as ricas planícies do interior da América do Norte - que vão dos EUA ao Canadá, ou no caso da América do Sul, as ricas planícies centrais que vão da Amazônia ocidental no Brasil ao Pantanal e Chaco, incluindo a Bolívia e o Paraguai.[4]

Referências

  1. Mackinder, H.J., "The Geographical Pivot of History", The Geographical Journal, Vol. 23, No.4, (April 1904), 421-437
  2. Mackinder, H.J., Democratic Ideals and Reality. A Study in the Politics of Reconstruction, National Defense University Press, 1996, pp. 175–193
  3. Charles Kruszewski, "The Pivot of History", Foreign Affairs, April 1954
  4. Albuquerque, Edu Silvestre (2013). «A disputa pelo "coração das terras" sul-americanas». Unijuí. Contexto & Educação. 28 (89). doi:10.21527/2179-1309.2013.89.148-169. Consultado em 20 de maio de 2021 
  Este artigo sobre uma Teoria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.