Abrir menu principal
The Vaudevillains

Gotch (esquerda) e English (direita) em abril de 2016.
Dupla
Nomes The Vaudevillains
Membros Aiden English
Simon Gotch
Ex-membros Blue Pants
Promoções NXT
WWE
Estreia 19 de junho de 2014
Separação 5 de abril de 2017

The Vaudevillains foi uma dupla de luta profissional formada por Aiden English e Simon Gotch que trabalhou para a WWE no programa SmackDown. Ex-campeões de duplas do NXT, a personagem dos dois é a de um par de lutadores da era de Vaudeville.

HistóriaEditar

WWEEditar

NXT (2014-2016)Editar

Em junho de 2014, English formou uma dupla com Simon Gotch, conhecida como os Vaudevillains.[1] Os Vaudevillains fizeram sua estreia nos ringues, como uma equipe, como vilões no episódio do NXT de 19 de junho, derrotando Angelo Dawkins e Travis Tyler.[2] Em agosto, os Vaudevillains participaram de um torneio para determinar os desafiante pelo NXT Tag Team Championship, sendo derrotados pelos Lucha Dragons (Sin Cara e Kalisto) na final.[3] No episódio do NXT de 30 de outubro, os Vaudevillains venceram uma battle royal de duplas, tornando-se os desafiantes pelo título de duplas.[4] Eles receberam a luta pelo título no NXT TakeOver: R Evolution contra os Lucha Dragons, mas não tiveram sucesso.[5] Depois de um breve hiato, os Vaudevillains retornaram em 3 de junho de 2015, no  NXT, derrotando Jason Jordan e Marcus Louis. EM 8 de julho, eles derrotaram Enzo Amore e Colin Cassady para novamente conquistar o direito de enfrentar os campeões de duplas. Em 15 de julho, English e Gotch foram derrotados pelos campeões Blake e Murphy após interferência de Alexa Bliss. Eles tornaram-se heróis após serem estapeados por Bliss. O Gerente Geral do NXT, William Regal, em seguida, anunciou que haveria uma revanche em uma data posterior.[6] Em 22 de agosto, no NXT Takeover: Brooklyn, os Vaudevillains (acompanhados por Blue Pants) derrotaram Blake e Murphy (com Alexa Bliss) para se tornarem campeões de duplas. Eles foram eliminados na segunda rodada do torneio de duplas Dusty Rhodes Tag Team Classic por Dash e Dawson. O reinado de English e Gotch chegou ao fim depois de 61 dias, quando Dawson e Dash os derrotaram.[7] O par não conseguiu recuperar os títulos no dia 25 de novembro, no NXT. Eles novamente tornaram-se vilões após uma série de derrotas que culminou com uma perda para a dupla American Alpha após a qual Gotch e English recusaram-se a apertar as mãos dos vencedores. Os Vaudevillains seriam novamente derrotados por American Alpha em uma partida para definir os desafiantes pelo título de duplas. Gotch e English fizeram sua última luta como parte do elenco do NXT em 13 de abril, sendo derrotados por Johnny Gargano e Tommaso Ciampa.

Elenco principal (2016–2017)Editar

No SmackDown de 7 de abril de 2016, os Vaudevillains fizeram sua estreia no elenco principal, como vilões, derrotando os Lucha Dragons.[8] No Raw de 11 de abril, a dupla foi anunciada como uma das equipes que participaria de um torneio para definir os desafiantes pelo título de duplas da WWE. Eles derrotaram a dupla de Goldust e Fandango na primeira rodada e, mais tarde naquela semana, os Usos.[9][10][11] No Payback, os Vaudevillains enfrentaram Amore e Cassidy na final do torneio. Após Amore se lesionar durante o combate, Gotch e English foram declarados os vencedores e os desafiantes.[12] No evento seguinte, Extreme Rules, os Vaudevillains foram derrotados pelos campeões Big E e Xavier Woods, representando o New Day.[13] Eles tiveram uma revanche na noite seguinte, no Raw, mas perderam por desqualificação depois da interferência de Luke Gallows e Karl Anderson.[14] Os Vaudevillains competiram em uma luta de quatro duplas pelo WWE Tag Team Championship no Money in the Bank, mas não conseguiram derrotar os campeões The New Day.[15]

Na luta profissionalEditar

  • Movimentos de finalização
  • Movimentos de finalização de dupla
  • Movimentos secundários em dupla
    • Dukes Up (Tapas com as costas da mão em arm trap nas costas (Gotch) e no peito (English) simultaneamente, seguido por socos simultâneos)
  • Managers
  • Alcunhas
    • "The Artiste" - English
    • "The Gentleman Bruiser" - Gotch
  • Músicas de entrada
    • "A Quicker Accomplishement" por Art Teste Music (NXT; 30 de maio de 2014 – 25 de setembro de 2014)
    • "Voix de Ville" por CFO$ (NXT/WWE; 2 de outubro de 2014 – 24 de junho de 2015; 14 de abril de 2016 – 2017)
    • "Vau de Vire" por CFO$ (NXT/WWE; 1 de julho de 2015 – 7 de abril de 2016)

Títulos e prêmiosEditar

Referências

  1. White, James (7 de junho de 2014). «WWE NXT report 6-6 Tampa». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 8 de junho de 2014 
  2. a b James, Justin. «James's WWE NXT Report 6/19». Pro Wrestling Torch. Consultado em 20 de junho de 2014 
  3. James, Justin (4 de setembro de 2014). «James's WWE NXT Report 9/4». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de setembro de 2014 
  4. Melok, Bobby (30 de outubro de 2014). «WWE NXT results – Oct. 30, 2014: Sami Zayn tries to take down Titus O'Neil, tag teams battle for title opportunity». WWE. Consultado em 14 de novembro de 2014 
  5. Clapp, John (11 de dezembro de 2014). «WWE NXT TakeOver: R Evolution results». WWE. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  6. Trionfo, Richard (3 de junho de 2015). «WWE NXT REPORT: NXT TITLE MATCH ANNOUNCED FOR JAPAN, RHYNO VERSUS BALOR, SASHA BANKS VIDEO PACKAGE, A TAG TEAM RETURNS». PWInsider. Consultado em 4 de junho de 2015 
  7. «WWE NXT results: Nov. 11, 2015 - Finn Bálor confronts Samoa Joe, Dash & Dawson capture NXT Tag Team Championship». WWE 
  8. Decker, Kyle. «WWE SmackDown results, live blog (April 7, 2016): The Miz vs. Zack Ryder». Cageside Seats. Consultado em 7 de abril de 2016 
  9. Caldwell, James. «4/11 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete Live Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 11 de abril de 2016 
  10. Decker, Kyle. «WWE SmackDown results, live blog (April 14, 2016): Tag team tournament!». Cageside Seats. Consultado em 14 de abril de 2016 
  11. Rueter, Sean. «WWE Raw spoilers (April 18, 2016): Tag tournament finals set in London, more!». Cageside Seats. Consultado em 18 de abril de 2016 
  12. Caldwell, James. «5/1 WWE Payback Results – CALDWELL'S Complete Live Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 1 de maio de 2016 
  13. Mueller, Chris. «WWE Extreme Rules 2016 Results: Live Reaction and Review». Consultado em 23 de maio de 2016 
  14. Caldwell, James (30 de maio de 2016). «5/30 WWE Raw Results – CALDWELL'S Ongoing Live TV Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 30 de maio de 2016 
  15. Caldwell, James (19 de junho de 2016). «6/19 WWE MITB PPV Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de junho de 2016 
  16. Clapp, John (3 de janeiro de 2014). «WWE.com Editors' Debate: Who's the next WWE NXT breakout star?». WWE. Consultado em 25 de janeiro de 2014. Take, for example, his signature move, The Director's Cut. English starts out by locking his foe in a hold resembling the Cobra Clutch before leaping high in the air and swinging his victim into a pulverizing side slam. 
  17. James, Justin (20 de junho de 2014). «James's WWE NXT Report 6/19». Pro Wrestling Torch. Consultado em 20 de junho de 2014. Rolling senton from Gotch followed by a sweet second rope senton from English put it away. 
  18. James, Justin (26 de junho de 2014). «James's WWE NXT Report 6/26». Pro Wrestling Torch. Consultado em 27 de junho de 2014. Rolling Senton from Gotch and a second rope senton from English ("That's a Wrap") end the match. 
  19. «Aiden English». WWE. Consultado em 27 de abril de 2015 
  20. "Simon Gotch".
  21. Gotch, Simon (2 de abril de 2015). «Simon Gotch on Twitter». Twitter. Consultado em 27 de abril de 2015. The Gentleman's Clutch, a bridging Cobra clutch facelock suplex. 
  22. «THE VAUDEVILLAINS HIT THE GENTLEMANS CONGRESS TO WIN». WWE Network. 23 de outubro de 2014. Consultado em 17 de novembro de 2015 
  23. a b «Pro Wrestling Illustrated (PWI) 500 for 2014». The Internet Wrestling Database. Consultado em 2 de dezembro de 2014 

Ligações externasEditar