Abrir menu principal
Extreme Rules (2016)
Pôster Extreme Rules 2016.JPG
Pôster promocional do evento, apresentando Dean Ambrose.
Música(s)-
tema
"Fire" por PVRIS[1]
Detalhes
Promoção WWE
Patrocinador Teenage Mutant Ninja Turtles: Out of the Shadows
Data 22 de maio de 2016
Assistência 15.963
Local Prudential Center
Cidade Estados Unidos Newark, Nova Jersey
Cronologia dos pay-per-views
Payback (2016) Extreme Rules (2016) Money in the Bank (2016)
Cronologia de eventos do WWE Network
Payback (2016) Extreme Rules (2016) NXT TakeOver: The End
Cronologia do Extreme Rules
Extreme Rules (2015) Extreme Rules (2016) Extreme Rules (2017)

Extreme Rules (2016) foi um evento de luta livre profissional produzido pela WWE e transmitido em formato pay-per-view e pelo WWE Network, que ocorreu em 22 de maio de 2016, no Prudential Center, na cidade de Newark, Nova Jersey.[2] Este foi o oitavo evento da cronologia do Extreme Rules e o quinto pay-per-view no calendário de 2016 da WWE.

Antes do eventoEditar

 Ver artigo principal: Luta profissional

Extreme Rules teve combates de luta livre profissional de diferentes lutadores com rivalidades e histórias pré-determinadas, que se desenvolveram no Raw e SmackDown — programas de televisão da WWE, tal como nos programas transmitidos pelo WWE NetworkMain Event, Superstars e NXT. Os lutadores interpretaram um vilão ou um mocinho seguindo uma série de eventos para gerar tensão, culminando em várias lutas.[3][4]

No Raw de 4 de abril, AJ Styles se tornou no desafiante ao WWE World Heavyweight Championship de Roman Reigns.[5] No Raw de 25 de abril, Styles salvou Reigns de um ataque de Karl Anderson e Luke Gallows; mas Reigns, em seguida, atacou Styles.[6] No Payback, Reigns chegou a perder por contagem e depois desqualificação, mas o combate foi reiniciado duas vezes por Shane McMahon e Stephanie McMahon, respectivamente, que foi transformado em uma luta sem desqualificações. Depois das interferências de Anderson e Gallows e dos Usos, Reigns derrotou Styles para manter o título. Posteriormente, Vince, Shane e Stephanie McMahon concordaram que Styles enfrentaria Reigns novamente no Extreme Rules em uma luta de mesmo nome.[7][8]

A final do torneio para determinar os desafiantes ao WWE Tag Team Championship no Payback entre os Vaudevillains contra Enzo Amore e Colin Cassady terminou sem vencedor depois que Enzo Amore sofreu uma concussão legítima.[7][9] Na noite seguinte, no Raw, os Vaudevillains foram nomeados os desafiantes ao título no Extreme Rules contra os campeões, The New Day.[10]

No Payback, a campeã feminina Charlotte derrotou Natalya de forma controversa; quando Charlotte prendeu sua adversária na submissão Sharpshooter, o árbitro Charles Robinson mandou tocar o sino e deu a vitória a Charlotte, apesar de Natalya não ter desistido, similar ao que ocorreu no Montreal Screwjob no Survivor Series de 1997.[7] No Raw da noite seguinte, foi anunciado que Charlotte defenderia seu título contra Natalya em uma luta de submissão no Extreme Rules, com Ric Flair banido do ringue,[10] com a estipulação de que se ele interferisse no combate em nome de Charlotte, ela perderia o título.[11]

No WrestleMania 32, Kevin Owens perdeu o Campeonato Intercontinental para Zack Ryder em uma luta de escadas.[12] Na noite seguinte, no Raw, The Miz ganhou o título depois que sua esposa Maryse distraiu Ryder.[13] No Raw de 11 de abril, Owens exigiu a Shane McMahon uma chance pelo título, mas em vez disso ele marcou um combate para determinar o desafiante ao título, que Cesaro ganhou.[14] No Payback, Owens derrotou Zayn e depois ficou na mesa de comentários durante a luta pelo Intercontinental Championship; Zayn atacou Owens e eles começaram uma briga. Enquanto os dois estavam lutando na borda do ringue, Cesaro tentou jogá-los para fora, mas Miz conseguiu fazer o pin e manter o título. Então Owens, Miz, Cesaro e Zayn começaram a se atacarem, com Owens ficando de pé no final.[7] Na noite seguinte, no Raw, outra luta para determinar o desafiante ao campeonato entre Owens e Cesaro ocorreu, mas o combate terminou sem vencedor depois de Miz, que estava nos comentários, atacou Cesaro.[10] No Raw de 9 de maio, Shane e Stephanie McMahon anunciaram que o título seria defendido em uma luta triple threat no Extreme Rules entre Owens, Miz e Cesaro. Zayn pediu para ser inserido, derrotando Miz mais tarde naquela noite para também se tornar no desafiante, transformando a luta em uma fatal 4-way.[15]

No Payback, Dean Ambrose derrotou Chris Jericho.[7] Na noite seguinte, no Raw, durante um segmento do The Ambrose Asylum com Stephanie McMahon, ela cancelou o show e restabeleceu o programa de Jericho, o The Highlight Reel. Jericho então saiu e atacou Ambrose.[10] Na semana seguinte, Ambrose atacou Jericho e destruiu a jaqueta dele.[15] No SmackDown de 12 de maio, Jericho atacou Ambrose e colocou uma camisa de força nele.[16] No Raw de 16 de maio, Ambrose desafiou Jericho para um combate no Extreme Rules, que Jericho aceitou. Ambrose, em seguida, revelou que o combate seria uma luta asylum, um combate em uma jaula de aço com armas penduradas acima da estrutura.[11]

Em rivalidades menores, foi anunciado que Kalisto defenderia o United States Championship contra Rusev depois deste vencer uma battle royal no Raw de 2 de maio,[10] que Baron Corbin enfrentaria Dolph Ziggler no pré-show em uma luta sem desqualificações em uma revanche do Payback[11] e que Karl Anderson e Luke Gallows enfrentariam os Usos em uma luta de duplas tornado.[17]

EventoEditar

MiscelâneaEditar

Os comentaristas em inglês do evento foram Michael Cole, John "Bradshaw" Layfield e Byron Saxton, com Mauro Ranallo atuando com narrador durante o pré-show. Também houve equipes de transmissão em espanhol, alemão, português do Brasil, russo e japonês. O painel de analistas do pré-show foi formado por Renee Young, Booker T, Jerry Lawler e Corey Graves. Tom Phillips esteve na sala das mídias sociais. Lilian Garcia e Eden Stiles foram as anunciadores de ringue e JoJo e Renee Young atuaram como repórteres de bastidores.[18]

Pré-showEditar

Antes do início do evento, um pré-show foi transmitido gratuitamente no site da WWE, que começou com uma promo dos Dudley Boyz (Bubba Ray Dudley e D-Von Dudley). Eles disseram que tinham mais lutas "extreme rules" na carreira do que todo o plantel combinado e que o show não seria nada sem os dois. Eles foram interrompidos por Enzo Amore e Big Cass, que depois de um ataque, os expulsaram do ringue.[18] Ainda durante o pré-show, Baron Corbin enfrentou Dolph Ziggler em uma luta sem desqualificações. Corbin venceu depois de aplicar um golpe baixo seguido de um End of Days, conseguindo realizar o pin.[18]

Lutas preliminaresEditar

 
Rusev conquistou o Campeonato dos Estados Unidos pela segunda vez na carreira ao derrotar Kalisto.

Na primeira luta do evento, os The Usos (Jey e Jimmy Uso) enfrentaram Karl Anderson e Luke Gallows, que venceram depois de aplicarem a finalização Magic Killer em Jimmy.[18] No combate seguinte, Kalisto defendeu o Campeonato dos Estados Unidos da WWE contra Rusev (acompanhado por Lana). Rusev venceu depois aplicar a submissão Accolade, obrigando Kalsito a desistir.[18] Na terceira luta da noite, a New Day (Big E e Xavier Woods), acompanhados por Kofi Kingston, defendeu o Campeonato de Duplas da WWE contra os Vaudevillains (Aiden English e Simon Gotch). Os campeões venceram depois que Woods aplicou um Shining Wizard em Gotch, conseguindo realizar o pin com sucesso.[18]

No combate seguinte, The Miz, acompanhado por sua esposa Maryse, defendeu o Campeonato Intercontinental em uma luta fatal 4-way contra Cesaro, Kevin Owens e Sami Zayn. Em determinado momento, Cesaro aplicou a submissão Sharpshooter em Miz, que conseguiu chegar as cordas e quebrar a manobra. Após aplicá-la pela segunda vez, Miz segurou em Maryse, arrastando ela para dentro do ringue. No momento que árbitro pedia para ela se retirar, ele se distraiu e não viu Miz desistindo, e a luta continuou. No fim, Zyan conseguiu aplicar um Helluva Kick em Cesaro, mas quando foi fazer o pin, Owens quebrou a contagem e os dois começaram a se atacar do lado de fora do ringue, dando a Miz a oportunidade de fazer o pin em Cesaro, conseguindo a vitória.[18]

Lutas principaisEditar

No combate seguinte, Dean Ambrose enfrentou Chris Jericho em uma luta asylum, que consistia em um combate em uma jaula, com armas penduradas no topo, onde o objetivo era realizar o pin ou fazer o adversário desistir. Entre as armas que eles usaram, estavam um bastão com arama farpado, uma correia, um extintor e uma camisa de força. No final, Ambrose retirou um saco com tachinhas, espalhando-as pelo ringue. Ele tentou aplicar um Dirty Deeds em Jericho, mas este reverteu a manobra e aplicou a submissão Walls of Jericho, que Ambrose conseguiu se soltar depois de usar uma vara de kendo. Jericho ainda aplicou um Codebreaker, mas Ambrose conseguiu escapar do pin. Quando Jericho tentou aplicar o Codebreaker pela segunda vez, Ambrose o pegou e jogou nas tachinhas, fazendo em seguida um Dirty Deeds, conseguindo o pin com sucesso.[18]

 
Seth Rollins retornou após o evento principal, atacando Roman Reigns.

Na penúltima luta da noite, Charlotte defendeu o Campeonato Feminino da WWE contra Natalya em um combate de submissão. Como estipulação extra, Ric Flair estava banido do entorno do ringue, e se ele aparecesse, Charlotte perderia o título. No final, enquanto Natalya aplicava um Sharpshooter, a música de Flair tocou. Enquanto ela já comemorava, Dana Brooke revelou que ela estava vestida como Flair e a luta continuou. Charlotte se aproveitou da distração da sua oponente e aplicou um Figure-Eight Leglock, obrigando Natalya a desistir.[18]

No evento principal, Roman Reigns defendeu o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE contra AJ Styles em uma luta Extreme Rules. Os dois lutaram por toda a arena, passando inclusive pela área do pré-show. Em determinado momento, quando Styles tentou aplicar um Phenomenal Forearm em cima da mesa dos comentaristas em alemão, Reigns desviu fazendo com que Styles caísse na mesa dos comentaristas em inglês. Mais adiante, Reigns também conseguiu aplicar um Powerbomb no seu adversário na mesa dos comentaristas em espanhol. Em outro momento, quando Reigns aplicou um Spear do lado de fora do ringue e o rolou para dentro para fazer o pin, Karl Anderson e Luke Gallows apareceram e quebraram a contagem. Os Usos também apareceram e as duas equipes começaram a trocar socos do lado de fora do ringue. No final, Styles tentou aplicar um Phenomenal Forearm, mas Reigns reverteu a manobra em um Spear no meio do ar, conseguindo realizar o pin. Depois da luta, Seth Rollins, retornando de uma lesão, apareceu e atacou Reigns, levando seu título para acabar o show.[18]

ResultadosEditar

Resultados Estipulações Tempo[18]
Pré-
show
Baron Corbin derrotou Dolph Ziggler Luta sem desqualificações[19] 7:07
1 The Club (Karl Anderson e Luke Gallows) derrotou The Usos (Jey e Jimmy Uso) Luta de duplas tornado[20] 8:37
2 Rusev (com Lana) derrotou Kalisto (c) por submissão Luta individual pelo Campeonato dos Estados Unidos da WWE[21] 9:31
3 The New Day (Big E e Xavier Woods) (com Kofi Kingston) (c) derrotou The Vaudevillains (Aiden English e Simon Gotch) Luta de duplas pelo Campeonato de Duplas da WWE[22] 6:20
4 The Miz (c) (com Maryse) derrotou Cesaro, Kevin Owens e Sami Zayn Luta Fatal 4-Way pelo Campeonato Intercontinental da WWE[23] 18:18
5 Dean Ambrose derrotou Chris Jericho Luta Asylum[24] 26:21
6 Charlotte (c) derrotou Natalya Luta de submissão pelo Campeonato Feminino da WWE com Ric Flair banido do entorno do ringue; se ele aparecesse, Charlotte perderia o título.[25] 9:30
7 Roman Reigns (c) derrotou AJ Styles Luta Extreme Rules pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE[26] 22:12
(c) – Refere-se aos campeões antes da luta.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Middleton, Marc (2 de maio de 2016). «WWE SmackDown Segment Set, Heath Slater Missing In Action, Corey Graves Reveals Extreme Rules Theme» (em inglês). Wrestle Inc. Consultado em 3 de maio de 2016 
  2. «Get Extreme Rules tickets this Friday». WWE. Consultado em 24 de fevereiro de 2016 
  3. Grabianowski, Ed. «How Pro Wrestling Works». HowStuffWorks. Discovery Communications. Consultado em 5 de março de 2012. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2013 
  4. «Live & Televised Entertainment» (em inglês). WWE. Consultado em 21 de março de 2012. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2013 
  5. Caldwell, James. «4/4 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete Report on post-WM32». Pro Wrestling Torch. Consultado em 11 de abril de 2016 
  6. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results – 4/25/16 (Live from Hartford, Karl Anderson and Luke Gallows in-ring debut, Reigns vs. Del Rio)». wrestleview.com. Consultado em 26 de abril de 2016 
  7. a b c d e Caldwell, James. «5/1 WWE Payback Results – CALDWELL'S Complete Live Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 1 de maio de 2016 
  8. Meltzer, Dave. «WWE Payback live results: Roman Reigns vs. AJ Styles; Kevin Owens vs. Sami Zayn». f4wonline.com. Consultado em 3 de maio de 2016 
  9. «Enzo Amore suffers concussion at WWE Payback». WWE. Consultado em 3 de maio de 2016 
  10. a b c d e Caldwell, James. «5/2 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete Live TV Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 de maio de 2016 
  11. a b c Tedesco, Mike. «WWE RAW Results – 5/16/16 (Live from Greensboro, The Usos vs. Luke Gallows and Karl Anderson, Extreme Rules)». wrestleview.com. Consultado em 17 de maio de 2016 
  12. Caldwell, James. «4/3 WrestleMania 32 PPV Results – CALDWELL'S Complete Live Report on Main PPV». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 de abril de 2016 
  13. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results – 4/4/16 (Live in Dallas, Styles becomes No. 1 contender, NXT stars debut, WrestleMania fallout)». wrestleview.com. Consultado em 4 de abril de 2016 
  14. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results – 4/11/16 (Live in Los Angeles, Gallows and Anderson debut, Reigns and Wyatt team up)». wrestleview.com. Consultado em 11 de abril de 2016 
  15. a b Caldwell, James. «5/9 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete Live TV Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 10 de maio de 2016 
  16. Parks, Greg. «5/12 WWE Smackdown – Parks's Complete, Real-Time Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 17 de maio de 2016 
  17. Parks, Greg. «5/19 WWE Smackdown – Parks's Complete, Real-Time Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 19 de maio de 2016 
  18. a b c d e f g h i j k Caldwell, James (22 de maio de 2016). «5/22 WWE Extreme Rules PPV Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 22 de maio de 2016 
  19. Clapp, John (16 de maio de 2016). «Dolph Ziggler vs. Baron Corbin (No Disqualification Match)» (em inglês). WWE. Consultado em 17 de maio de 2016 
  20. Clapp, John (19 de maio de 2016). «The Usos vs. Karl Anderson & Luke Gallows (Tag Team Tornado Match)» (em inglês). WWE. Consultado em 20 de maio de 2016 
  21. Clapp, John (9 de maio de 2016). «United States Champion Kalisto vs. Rusev» (em inglês). WWE. Consultado em 9 de maio de 2016 
  22. Clapp, John (2 de maio de 2016). «WWE Tag Team Champions The New Day vs. The Vaudevillains» (em inglês). WWE. Consultado em 3 de maio de 2016 
  23. Pappolla, Ryan (9 de maio de 2016). «Intercontinental Champion The Miz vs. Kevin Owens vs. Cesaro vs. Sami Zayn (Fatal 4-Way Match)» (em inglês). WWE. Consultado em 12 de maio de 2016 
  24. Benigno, Anthony (16 de maio de 2016). «Dean Ambrose vs. Chris Jericho (Asylum Match)» (em inglês). WWE. Consultado em 17 de maio de 2016 
  25. Benigno, Anthony (2 de maio de 2016). «WWE Women's Champion Charlotte vs. Natalya (Submission Match; Ric Flair banned from ringside)» (em inglês). WWE. Consultado em 3 de maio de 2016 
  26. Benigno, Anthony (1 de maio de 2016). «WWE World Heavyweight Champion Roman Reigns vs. AJ Styles (Extreme Rules Match)» (em inglês). WWE. Consultado em 3 de maio de 2016 

Ligações externasEditar