Abrir menu principal
A região da Transleitânia (em verde), composta pelos reinos da Croácia-Eslavônia e Hungria.

Transleitânia (alemão: Transleithanien) era um termo não-oficial para a parte húngara da Áustria-Hungria, a monarquia dual criada em 1867 e dissolvida em 1918. As terras da Transleitânia também era conhecidas como "as Terras da Coroa de São Estêvão".[1]

O nome latino Transleitânia é derivado do rio Leitha, que dividia as duas partes do império ao meio. Do lado ocidental (de preponderância austríaca) encontrava-se a Cisleitânia e do lado oriental (de preponderância magiar) encontravam-as as terras húngaras do Império Austro-Húngaro.[1]

A Transleitânia consistia basicamente no Reino da Hungria (Magyar Királyság), no Reino da Croácia-Eslavônia, e no porto livre de Rijeka (Fiume).

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. a b MATTHIESSEN, Sara Quenzer (2005). A Educação em Wilhelm Reich. da psicanálise à pedagogia econômico-social. São Paulo: UNESP. ISBN 85-7139-583-7 , p. 30.


  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.