Tratado de Vereeniging

O Tratado de Vereeniging, assinado a 31 de Maio de 1902, entre representantes do Reino Unido e das repúblicas boers do Transvaal e do Estado Livre de Orange, pôs fim às Guerras Boers, colocando todo o território da África do Sul como um domínio, colônia, do Reino Unido, denominado União Sul-Africana.

A mesa na Melrose House, em Pretória, onde o tratado foi assinado, em maio de 1902.

Este acordo previa o fim das hostilidades e eventual autogoverno para o Transvaal (República Sul-Africana) e o Estado Livre de Orange. O governo britânico concordou em vários detalhes no tratado.[1][2]

Termos do acordoEditar

Esse acordo implicou o fim das hostilidades e a rendição de todas as forças bôeres e suas armas aos britânicos, com a promessa de eventual autogoverno ao Transvaal (República Sul-Africana) e ao Estado Livre de Orange como colônias do Império Britânico. As Repúblicas Boôeres concordaram em ficar sob a soberania da Coroa Britânica e o governo britânico concordou com vários detalhes, incluindo o seguinte:[3]

  1. Todos os combatentes bôeres de ambas as repúblicas tiveram que se entregar
  2. Todos os combatentes seriam desarmados
  3. Todos tiveram que jurar fidelidade à Coroa
  4. Nenhuma pena de morte seria aplicada
  5. Uma anistia geral seria aplicada
  6. O uso do holandês seria permitido nas escolas e tribunais
  7. Para eventualmente dar ao Transvaal e ao Estado Livre de Orange o autogoverno
  8. Para evitar discutir a questão da emancipação nativa (negra) até que o autogoverno tenha sido dado
  9. Para pagar aos Boers £ 3 000 000 em ajuda à reconstrução
  10. Os direitos de propriedade dos bôeres seriam respeitados
  11. Nenhum imposto sobre a terra seria introduzido
  12. Armas particulares registradas seriam permitidas

Referências

  1. Meredith, Martin (2007). Diamonds, Gold and War. The Making of South Africa. London, Great Britain: Simon & Schuster. ISBN 978-0-7432-8614-5
  2. Pretorius, Fransjohan. "Chapter Eight. Confronted With The Facts: Why The Boer Delegates At Vereeniging Accepted A Humiliating Peace To End The South African War, 31 May 1902." Soldiers and Settlers in Africa, 1850-1918 (Brill, 2010) pp. 195-217
  3. sahistory.org.za - pdf

Links externosEditar

  • A copy of the treaty can be found here.
 
A Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Tratado de Vereeniging