Abrir menu principal
U;Nee
Informação geral
Nome completo Heo Yoon
Também conhecido(a) como Lee Hye Ryeon
Nascimento 3 de maio de 1981
Local de nascimento Incheon
 Coreia do Sul
Morte 21 de janeiro de 2007 (25 anos)
Local de morte Incheon, Coreia do Sul
Nacionalidade sul-coreana
Gênero(s)
Ocupação(ões)
Período em atividade 1996 - 2007

Lee Hye Ryeon (hangul: 이혜련), nome mudado para Heo Yoon (hangul: 허윤), mais conhecida pelo seu nome artístico U;Nee (hangul: 유니), foi uma cantora e atriz sul-coreana. U;Nee também era conhecida como "ユニ" (Yuni) no Japão. Em 21 de janeiro de 2007, Yoon foi encontrada enforcada em seu apartamento, tendo cometido suicídio aos 25 anos de idade.[1][2][3][4][5][6][7][8]

Índice

InfânciaEditar

U;Nee nasceu Lee Hye-Ryeon (이혜련) em 3 de maio de 1981, em Seo-gu, Incheon, Coreia do Sul. Filha de mãe solteira, seu pai morreu quando Hye-Ryeon era jovem e ela foi criada por sua avó.[9]

AtuaçãoEditar

A jovem estreou-se como atriz infantil em 1996 no drama do canal de televisão coreano Korean Broadcasting System (KBS), "Os adultos não entendem". Em 1998 estreou-se no grande ecrã com o filme “Dezessete”, e posteriormente em diversos dramas para televisão como “O tema do jogo” e “Lágrimas de Dragão”.

MúsicaEditar

2003: estreia e U;Nee CodeEditar

Sua carreira como cantora de dance-pop começou em 2003 ao lançar o seu primeiro single, "Go" (가), incluído no álbum de estreia "U;Nee Code", lançado em 12 de junho de 2003. A música "Doobunche trick" foi lançada como single de rádio e rendeu algumas apresentações em programas de grande audiência como o "Musictank".

2005: Mudança de Imagem, Call Call Call e Passion & PureEditar

A partir de 2005, sua gravadora começou a divulgá-la como cantora sexy, concentrando-se mais em sua imagem ao mesmo tempo em que transformava seu estilo musical dance-pop em R&B, como no single "Call Call Call", que alcançou o Top 10 das paradas musicais da Coreia do Sul. U;Nee passou por cirurgias plásticas, ampliando o tamanho de seus peitos e modificando o formato de sua mandíbula e de seu nariz. Pouco depois, foi lançado seu segundo álbum, intitulado "Passion & Pure", com vendas próximas às de U;Nee Code. "Call Call Call" causou grande relevo e grande polêmica no seu país, críticos catalogando-a de "vulgar" devido ao seu estilo sexualmente explícito. Devido ao declínio da indústria musical no seu país, sua gravadora decidiu explorar ainda mais a sua imagem provocadora, inclusive fazendo-a posar nua para a Playboy, mas isso não deu melhores resultados. Yoon, que era bastante tímida e reservada, ficou bastante desgastada no processo.

2006: U;Nee no Japão e HabitEditar

No ano de 2006 U;Nee tentou começar uma carreira no Japão, mas não conseguiu lançar mais que um single naquele país, além de fazer algumas apresentações em discotecas reconhecidas como a Velfarre. No país nipônico, devido ao seu estilo, foi apelidada de "a Kumi Koda coreana".

Em meados de 2006, iniciou a produção de um terceiro álbum, desta vez com um apelo mais emocional e com temas mais pessoais. A música "Habit" (Seub gwan), que deu título ao álbum, mostrava uma Heo mais amadurecida. A gravação do primeiro single, que seria Sorrow fantasy, estava prevista para o dia 20 de fevereiro de 2007, mas não aconteceu, devido a tragédia ocorrida na casa da cantora.

MorteEditar

U;Nee cometeu suicídio em 21 de janeiro de 2007 em sua casa em Seo-gu, Incheon, Coreia do Sul. Sua avó a encontrou pendurada na moldura da porta por uma toalha de banho. Apesar de chamar imediatamente uma ambulância, a cantora já estava morta e sem possibilidade de reanimação. A morte da cantora causou comoção e a notícia do suicídio correu por toda a indústria musical asiática. Apesar da sua morte, sua gravadora na Coreia do Sul decidiu lançar o seu terceiro álbum na data planejada, 26 de janeiro.

As investigações da polícia determinaram que U;Nee sofria de depressão e estresse. Yoon não deixou uma carta de despedida, mas havia falado previamente sobre sua solidão em um website: "Eu sinto que tudo é vazio. Estou novamente andando por um caminho para alcançar um destino que não conheço."[9] O seu cadáver foi transladado para o World Hospital da Coreia, onde a família decidiu que fosse cremado.

FilmografiaEditar

  • "Os adultos não entendem"
  • "Dezessete"
  • "Zilzu"
  • "Acelerando"
  • "O tema do jogo"
  • "Lágrimas de dragão"
  • "O rei e a rainha"
  • X-Man

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

  • U;Nee Code (2003)
  • Passion & Pure (2005)
  • Habit (솔로 판타지) (2007)

VideoclipesEditar

  • "Go"
  • "Call Call Call"
  • "Habit"

SinglesEditar

  • "Go" (2003)
  • "Call call call" (2005)
  • "One" (2006)

Ligações externasEditar

Fan SitesEditar

Referências

  1. Looi, Elizabeth, "Korean singer found hanged", Malaysia Star, January 25, 2007.
  2. «유니 (U;NEE, 허윤)» (em Korean). Daum. Consultado em 4 de janeiro de 2012 
  3. «포토». Daum 뉴스. Consultado em 18 de outubro de 2015 
  4. Actress Suicide Most Shocking News This Year koreatimes.co
  5. «The Chosun Ilbo (English Edition): Daily News from Korea - Showbiz Suicides Alarm Management Agencies». chosun.com. Consultado em 18 de outubro de 2015 
  6. «The Chosun Ilbo (English Edition): Daily News from Korea - Why Do So Many Korean Celebrities Kill Themselves?». chosun.com. Consultado em 18 de outubro de 2015 
  7. Malicious Comments Haunt Celebrities Even After Death koreatimes.co
  8. Tracking an Online Trend, and a Route to Suicide - The New York Times
  9. a b Chosun Ilbo Co. (22 de janeiro de 2007). «Singer U;Nee Dies in Apparent Suicide». Chosun Ilbo. Consultado em 27 de março de 2017