Abrir menu principal
Uliteu
Morte 556
Cartago
Nacionalidade Império Bizantino
Ocupação Oficial
Religião Catolicismo

Uliteu (em latim: Ulitheus; m. 556) foi um oficial bizantino do século VI, ativo durante o reinado do imperador Justiniano (r. 527–565). Um doríforo do oficial Guntárico, no final de 545 foi enviado secretamente para negociar com o chefe mouro Antalas com intuito de selar um acordo entre eles no qual assassinariam o governador Areobindo e dividiriam suas riquezas entre si.[1]

Em março de 546, participou do assassinato de Areobindo no palácio do governador em Cartago. Pouco depois, com a deserção de Antalas para o império, Guntárico enviou Uliteu, Artabanes, João e Cutzinas para persegui-lo em Bizacena. Com o fracasso da missão, Uliteu tentou, sem sucesso, assassinar Artabanes. Quando Guntárico foi assassinado num banquete meses depois, Uliteu era um dos doríforos em serviço, e acabou assassinado também.[1]

Referências

  1. a b Martindale 1992, p. 1390-1391.

BibliografiaEditar

  • Martindale, John R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1992). The Prosopography of the Later Roman Empire - Volume III, AD 527–641. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press. ISBN 0-521-20160-8