Um Edifício Chamado 200

filme de 1973 dirigido por Carlos Eduardo Imperial
 Nota: Para o texto teatral, veja Um Edifício Chamado 200 (teatro).

Um Edifício Chamado 200 é um filme brasileiro de 1974 dirigido por Carlos Imperial, baseado em peça homônima de Paulo Pontes e José Renato.

Um Edifício Chamado 200
 Brasil
1974 •  cor •  100 min 
Género comédia erótica
Direção Carlos Imperial
Roteiro Zevi Ghivelder
Milton Moraes
Ipojuca Pontes
Paulo Pontes (peça)
José Renato (peça)
Elenco Milton Moraes
Tânia Scher
Kate Lyra
Carlos Imperial
Jece Valadão
Idioma português

Sinopse editar

Alfredo Gamela é um carioca de 20 anos, que vive num pequeno apartamento num edificio treme-treme de Copacabana com sua amante Karla e, embora não tenha dinheiro, gosta de aparentar que é rico. Eles estão há dois dias sem comer, quando a situação se agrava com o aparecimento de Ana, ex-amante de Gamela, em busca de ajuda. As mulheres descobrem que Gamela vive num mundo de mentira, mas ele supera as dificuldades momentâneas vendendo seus últimos pertences. Karla e Ana saem para comprar alimentos e Gamela fica preenchendo seu cartão de Loteria Esportiva.

Elenco editar

Ligações externas editar

  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.