Abrir menu principal

Under the Tuscan Sun

Under the Tuscan Sun
No Brasil Sob o Sol da Toscana[1]
Em Portugal Sob o Sol da Toscânia[2]
 Estados Unidos
 Itália

2003 •  cor •  113 min 
Direção Audrey Wells
Produção Tom Sternberg
Audrey Wells
Roteiro Audrey Wells
Baseado em Under the Tuscan Sun: At Home in Italy de Frances Mayes
Elenco Diane Lane
Sandra Oh
Lindsay Duncan
Raoul Bova
Gênero filme de comédia
filme de drama
filme de romance
Música Christophe Beck
Cinematografia Geoffrey Simpson
Edição Arthur Coburn
Andrew Marcus
Todd E Miller
Companhia(s) produtora(s) Touchstone Pictures
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados Unidos 26 de setembro de 2003
Itália 7 de maio de 2004
Idioma inglês
Orçamento US$ 18 milhões[3]
Receita US$ 58,878,723[3]
Página no IMDb (em inglês)

Under the Tuscan Sun (bra: Sob o Sol da Toscana /prt: Sob o Sol da Toscânia) é um filme ítalo-estadunidense de 2003, do gênero comédia romântica-dramática, escrito e dirigido por Audrey Wells baseado no livro de memórias homônimo Under the Tuscan Sun: At Home in Italy de Frances Mayes. A autora baseou sua história em experiências pessoais, que foram modificadas para o filme.[4] O livro detalhava as provações que Frances e seu marido Ed tiveram que passar para renovar sua vila na Toscana. No filme, o nome do casarão em que a protagonista compra é Villa Bramasole. Na vida real, o nome do lugar é Villa Laura e é de propriedade da escritora Francis, onde ela mora com seu marido em Cortona.[5][6][7][8]

O filme conta a história de uma escritora recém-divorciada que compra uma casa de campo na Toscana, na esperança de começar uma nova vida. O filme foi indicado para o prêmio Excellence in Production Design da Art Directors Guild, e por sua atuação, Diane Lane foi indicada ao Globo de Ouro de melhor atriz em comédia ou musical.[9][10]

Under the Tuscan Sun abriu bem nos Estados Unidos, arrecadando US$ 9,751,425 em 1,226 cinemas, abrindo em segundo lugar nas bilheterias dos EUA no fim de semana de 28 de setembro de 2003. Isso foi mais da metade de seu orçamento estimado de US$18 milhões. O filme foi um sucesso de bilheteria, ganhando US$ 43,610,723 no mercado estadunidense e mais US$ 15,268,000 internacionalmente, totalizando US$58,878,723 em todo o mundo.[3]

O filme recebeu críticas positivas dos críticos. Rotten Tomatoes relata que 62% dos 147 críticos profissionais deram ao filme uma avaliação positiva, com uma média de classificação de 6.2/10 e o consenso crítico afirmando: "Apesar de estereotipado e superficial, Under the Tuscan Sun é resgatado pelo desempenho vibrante de Lane".[11]

SinopseEditar

Frances Mayes (Diane Lane) é uma escritora de São Francisco cuja vida aparentemente perfeita toma um rumo inesperado quando ela descobre que seu marido a estava traindo. O divórcio - e a perda de sua casa para o ex-marido e sua nova parceira, muito mais nova e grávida - a deixam deprimida e incapaz de escrever. Sua melhor amiga, Patti (Sandra Oh), uma lésbica que está esperando um filho, está começando a achar que Frances nunca se recuperaria. Ela pede que Frances tire férias italianas na Toscana usando o ingresso que comprou antes de engravidar. A princípio, Frances se recusa, mas depois de outro dia deprimente em seu apartamento sombrio, ela decide que é uma boa ideia fugir por um tempo.

Na Toscana, seu grupo de turistas para na pequena cidade de Cortona. Depois de passear pelas ruas encantadoras, ela percebe uma postagem para uma villa à venda em Cortona. Ela se junta ao seu grupo de turistas no ônibus, e logo depois da cidade, o ônibus é parado para permitir que um rebanho de ovelhas cruze a estrada. Enquanto esperam, Frances percebe que eles pararam em frente à mesma villa que ela tinha visto à venda - algo que ela acredita ser um sinal. Ela pede ao motorista para parar e ela sai do ônibus. Através de uma série de eventos fortuitos, ela se torna dona de uma linda e decapitada villa na bela Toscana.

Frances começa sua nova vida com a ajuda de uma variedade de personagens interessantes e almas incomuns, mas gentis. Ela contrata uma equipe de imigrantes poloneses para reformar a casa. Com o tempo, Frances também faz amizade com seus vizinhos italianos e desenvolve relações com seus trabalhadores poloneses, o corretor de imóveis que vendeu sua casa de campo, e Katherine (Lindsay Duncan), uma envelhecida e excêntrica atriz britânica que evoca o mistério e a beleza de uma estrela de cinema italiano. Mais tarde, ela é visitada pela agora muito grávida Patti, cuja parceira Grace a deixou.

Frances se encontra e tem um breve romance com Marcello (Raoul Bova), mas o relacionamento deles não dura. Ela está prestes a desistir da felicidade quando uma de seus trabalhadores poloneses, um adolescente chamado Pawel (Pawel Szajda), e a filha mais nova de um vizinho, procuram por ela. Seu pai não o aprova, por ser polonês e não ter família, mas eles estão muito apaixonados e querem se casar. Frances convence a família da menina a apoiar seu amor, proclamando que ela é da família de Pawel, e os jovens amantes logo se casam na villa. Durante a celebração do casamento, Frances encontra um escritor estadunidense que está viajando pela Toscana, e sua atração mútua aponta para um futuro romântico.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

Locais de filmagemEditar

Referências

Ligações externasEditar