Usuário(a):Temporario9312/Testes

TESTE IGNORAR


O Automatic train operation (ATO) é uma tecnologia usada para automatizar a operação de trens. O grau de automação é determinado pela Escala de Automação - Grade of Automation (GoA), tendo como o o seu nível de automação máximo o GoA4, onde o trem é controlado automaticamente sem nenhum funcionário à bordo. Na maior parte dos modais onde são usados os menores níveis de automação desta escala, um operador estará presente para mitigar os riscos associados com falhas e/ou emergências, como por exemplo a linha 3 do Metropolitano de São Paulo, que atualmente se encontra GoA3 devido ao seu antigo sistema de sinalização, ATC, e das linhas 1 e 2 do Metrô de Salvador,[1] que utilizam o sistema SelTrac.

A operação das linhas 1,2,4,5,15 do Metrô de São Paulo já se encontram em GoA4 e teoricamente dispensam operadores, contudo devido a fatores como densidade e panes, se torna necessário ter ao menos um condutor dentro do trem, seja na cabine ou em seus corredores, para garantir a segurança dos passageiros.

A condução sem funcionarios presentes é normalmente utilizada em sistemas do tipo aeromóveis, pois devido a natureza isolada de seus trilhos, se torna mais fácil garantir a segurança deste tipo de operação.

  1. «Thales awarded signalling contract for new Salvador metro». Thales Group (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2023