Vármia-Masúria


Voivodia da Vármia-Masúria (em polonês/polaco: województwo warmińsko-mazurskie) é uma unidade da divisão administrativa da Polônia e uma das 16 voivodias. Está localizada na parte nordeste do país. Olsztyn é a sede da voivodia e das autoridades do governo local. Abrange uma área de 24 173,47 km² (em 31 de dezembro de 2017)[3] e possui uma população de 1,43 milhões (30 de junho de 2019).[2]

Voivodia da Vármia-Masúria
Województwo warmińsko-mazurskie
Brasão Bandeira de Voivodia da Vármia-Masúria Województwo warmińsko-mazurskie
Voivodia da Vármia-Masúria Województwo warmińsko-mazurskie no mapa da Polônia
Capital
habitantes
Olsztyn
173 125 (2017)[1]
Voivoda Artur Chojecki
Marechal Gustaw Marek Brzezin
Área (2017) 24 173,47 km²
População 1 425 967[2] hab.
(30 de junho de 2019)
Densidade pop 59 hab/km²
Urbanização 59,33%
Matrículas N
TERYT: 28 ISO: PL-WN
Voivodia da Vármia-Masúria Województwo warmińsko-mazurskie
Condados urbanos 2
rurais 19
Comunas urbanas 16
urbana-rurais 34
rurais 66

al. Marszałka J. Piłsudskiego 7/9
10-575 Olsztyn

Site Oficial

HistóriaEditar

 
Voivodias de 1975 a 1998 com a fronteira da atual voivodia da Vármia-Masúria

A voivodia da Vármia-Masúria foi criada em 1999 como resultado da reforma da divisão administrativa do país e cobriu as áreas da antiga voivodia de Olsztyn, maior parte das voivodias de Elbląg e Suwałki, bem como fragmentos das voivodias de Toruń, Ciechanów e Ostrołęka.

GeografiaEditar

 
Mapa físico

Segundo dados de 1 de janeiro de 2014, a área da voivodia era de 24 173,47 km², o que representa 7,7% da área da Polônia.[4] É a quarta em termos de área entre as voivodias.

Localização administrativaEditar

A voivodia está localizada no nordeste da Polônia e faz fronteira com:[5]

e com as seguintes voivodias:

A noroeste localiza-se a Lagoa do Vístula. A voivodia faz fronteira com a Lituânia em um ponto; é a tríplice fronteira da Polônia, Rússia e Lituânia, e ao mesmo tempo as quatro fronteiras das voivodias da Vármia-Masúria e Podláquia com a Rússia e a Lituânia.

Localização históricaEditar

A voivodia inclui uma parte do território histórico da Prússia, pertencente à Polônia, de modo que faz parte das regiões da: Vármia, Masúria, Alta Prússia, região da Lubawa, Baixa Prússia (parte sul da Natanga e Bárcia), partes de Powiśle e Żuławy Wiślane.

As fronteiras sul e leste da voivodia da Vármia-Masúria coincidem, na maioria dos lugares, com as antigas fronteiras da Prússia e, portanto, com o Ducado da Prússia e com a Prússia Oriental.

TopografiaEditar

No sentido norte-sul, a voivodia se estende por 146 km, ou seja, 1°18′44″. No sentido leste-oeste, a extensão da voivodia é de 240 km, o que na dimensão angular dá 3°39′28″.

Coordenadas geográficas dos pontos extremos:

  • norte: 54°27′11″ de latitude N - interseção da fronteira do país ao longo da lagoa do Vístula, no cordão do Vístula, a leste do posto fronteiriço n.º 2436 (condado de Braniewo),
  • sul: 53°08′27″ de latitude N - (condado de Działdowo),
  • oeste: 19°07′39″ de longitude E - (condado de Iława),
  • leste: 22°47′07″ de longitude E - (condado de Ełk).

O relevo é muito baixo. O ponto mais alto é o pico Dylewska Góra - 312 m a.n.m. O ponto mais baixo é a depressão em Raczki Elbląskie - 1,8 m abaixo do nível do mar.

Recursos hídricosEditar

 
Lago Śniardwy com as ilhas Pajęcza e Czarci Ostrów

Uma parte significativa da voivodia está localizada no distrito dos lagos da Masúria. Inclui os distritos dos lagos: Olsztyńskie, Mrągowskie, Ełckie, a Terra dos Grandes Lagos Masurianos e a planície Mazuriana. A voivodia da Vármia-Masúria é chamada de "Lago dos Mil Lagos". De fato, possui mais de 3 000 lagos, incluindo 2 000 com uma área superior a 1 ha. Os maiores deles são: Śniardwy (109,7 km²) e Mamry (102,3 km²). O lago mais longo é o Jeziorak (27 km de comprimento, 32 km²) na região dos lagos Iławskie. Os lagos mais profundos são: Wuksniki (67-68 m), Babięt Wielki (65 m) e Piłakno (57 m). A maioria dos reservatórios de água da região é conectada por um sistema de canais construído principalmente no século XIX. Um exemplo é o canal Elbląg, que liga o lago Druzno ao lago Szeląg. Seu comprimento é de 83,3 km. A voivodia fica na bacia do rio Vístula e dos rios da costa do mar Báltico. Os principais rios são: Pasłęka, Łyna e Drwęca. A Lagoa do Vístula fica na voivodia (no noroeste).

FlorestasEditar

Segundo dados de 31 de dezembro de 2012 na voivodia da Vármia-Masúria as florestas cobriam uma área de 745,9 mil ha, que representavam 30,9% de sua área.[6] O maior complexo florestal é a Floresta Piska, cobrindo quase 1 000 km². Outros grandes complexos florestais são: a Floresta Borecka, a Floresta Nidzicka e parte da Floresta de Romincka, bem como as florestas de Łańskie e Taborskie. Nas florestas dominam as coníferas, principalmente pinheiros.

Divisão administrativaEditar

A voivodia da Vármia-Masúria é dividida em 19 condados e 2 cidades com direitos de condado. Os condados incluem 116 comunas: 16 urbanas, 34 urbanas-rurais e 66 rurais. Área em 31 de dezembro de 2017,[3] população em 30 de junho de 2019.[2]


Cidades com direitos de condado
Brasão Cidade com direitos de condado População Área
[km²]
  Olsztyn 172 194 88,33
  Elbląg 119 760 79,82
Condados
Brasão Condado População Área
(km²)
  Condado de Bartoszyce 57 642 1307,49
  Condado de Braniewo 41 223 1201,65
  Condado de Działdowo 65 288 953,93
  Condado de Elbląg 57 395 1415,58
  Condado de Ełk 91 446 1112,79
  Condado de Giżycko 56 661 1119,51
  Condado de Gołdap 26 825 772,29
  Condado de Iława 92 933 1385,22
  Condado de Kętrzyn 62 536 1212,99
  Condado de Lidzbark 41 311 925,00
  Condado de Mrągowo 49 970 1065,38
  Condado de Nidzica 32 940 960,64
  Condado de Nowomiejski 43 900 693,93
  Condado de Olecko 34 281 873,60
  Condado de Olsztyn 126 334 2838,02
  Condado de Ostróda 104 526 1766,29
  Condado de Pisz 56 328 1774,58
  Condado de Szczytno 69 678 1933,21
  Condado de Węgorzewo 22 796 693,22

DemografiaEditar

Dados de 30 de junho de 2019:[2]

Descrição Total Mulheres Homens
unidade habitantes % habitantes % habitantes %
população 1 425 967 100 728 463 51 697 504 49
superfície 24 173,17 km²
densidade populacional
(hab./km²)
59 30 29

Segundo dados de 30 de junho de 2019, a voivodia tinha 1 425 967 habitantes, o que constituía 3,76% da população da Polônia.[2] A densidade populacional média é uma das mais baixas do país e atinge 59 habitantes por km² (densidade populacional média na Polônia - 123 hab./km²), e nas áreas rurais é de cerca de 25 habitantes por km².

  • Pirâmide etária dos habitantes da voivodia da Vármia-Masúria em 2014.


UrbanizaçãoEditar

As maiores cidades da voivodia são Olsztyn, Elbląg e Ełk. Olsztyn é o principal centro da indústria de alimentos, pneus, madeira e turismo. Sublinhada= sede dos condados, e negrito= cidades com direitos de condado. A população segundo os dados de 30 de junho de 2019[2] e a área de 31 de dezembro de 2017.[3] Todas as cidades da voivodia pertencem à região histórica da Prússia, mas dentro delas se distinguem várias regiões históricas menores. Para algumas cidades, mais de uma dessas regiões históricas é fornecida, porque em alguns casos não há limites estritos ou (devido a critérios divergentes) diferentes regiões cobrem as mesmas áreas.

Posição Cidade População Área
(km²)
Região histórica
1.   Olsztyn 172 194 88,33 Vármia
2.   Elbląg 119 760 79,82 Pogezânia/Powiśle
3.   Ełk 62 006 21,05 Masúria
4.   Iława 33 322 21,88 Powiśle/Alta Prússia
5.   Ostróda 32 947 14,15 Masúria/Alta Prússia
6.   Giżycko 29 335 13,72 Masúria
7.   Kętrzyn 27 212 10,35 Masúria/Bárcia
8.   Bartoszyce 23 482 11,79 Bárcia
9.   Szczytno 23 257 10,62 Masúria
10.   Mrągowo 21 656 14,81 Masúria
11.   Działdowo 21 279 11,47 Masúria
12.   Pisz 19 277 10,08 Masúria
13.   Braniewo 17 040 12,41 Vármia
14.   Olecko 16 442 11,54 Masúria
15.   Lidzbark Warmiński 15 728 14,35 Vármia
16.   Morąg 13 793 6,11 Alta Prússia/Powiśle
17.   Nidzica 13 762 6,86 Masúria
18.   Gołdap 13 716 17,20 Masúria/Lituânia Menor
19.   Pasłęk 12 160 10,63 Alta Prússia/Powiśle
20.   Węgorzewo 11 328 10,88 Masúria
21.   Nowe Miasto Lubawskie 10 891 11,37 Terra de Chełmno/Terra de Lubawska
22.   Biskupiec 10 598 5,00 Vármia
23.   Lubawa 10 387 16,84 Terra de Lubawska
24.   Dobre Miasto 10 208 4,86 Vármia
25.   Orneta 8 772 9,63 Vármia
26.   Lidzbark 7 794 5,68 Terra de Lubawska
27.   Olsztynek 7 561 7,69 Masúria
28.   Barczewo 7 513 4,58 Vármia
29.   Susz 5 560 6,67 Pomezânia/Powiśle
30.   Orzysz 5 546 8,17 Masúria
31.   Reszel 4 532 3,82 Vármia
32.   Ruciane-Nida 4 454 17,07 Masúria
33.   Korsze 4 206 4,03 Baixa Prússia/Bárcia/Masúria
34.   Biała Piska 4 024 3,24 Masúria
35.   Górowo Iławeckie 3 951 3,32 Baixa Prússia/Natângia
36.   Mikołajki 3 826 9,32 Masúria
37.   Jeziorany 3 190 3,41 Vármia
38.   Wielbark 3 035 1,84 Masúria
39.   Ryn 2 851 4,14 Masúria
40.   Pieniężno 2 721 3,81 Vármia
41.   Tolkmicko 2 689 2,29 Powiśle/Pogezânia
42.   Miłakowo 2 548 8,76 Powiśle/Alta Prússia
43.   Pasym 2 503 15,18 Masúria
44.   Miłomłyn 2 436 12,38 Powiśle/Alta Prússia
45.   Bisztynek 2 370 2,16 Vármia
46.   Frombork 2 332 7,59 Vármia
47.   Zalewo 2 145 8,22 Powiśle/Alta Prússia
48.   Kisielice 2 098 3,37 Powiśle/Pomezânia
49.   Sępopol 1 958 4,63 Baixa Prússia/Bárcia
50.   Młynary 1 772 2,76 Powiśle/Alta Prússia

ReligiãoEditar

Existem quatro metrópoles católicas na voivodia da Vármia-Masúria: Białystok, Gdańsk, Olsztyn e Varsóvia. Existe também uma arquieparquia da Igreja Católica Grega na Polônia, uma diocese da Igreja Católica Polonesa na República da Polônia. Igreja ortodoxa: Igreja Ortodoxa Autocéfala da Polônia e Igreja dos Crentes do Leste. O protestantismo é representado pela Igreja Evangélica de Augsburgo, Igreja Evangélica Metodista, Igreja Batista, Igreja Evangélica, Igreja Cristã, Igreja Pentecostal, Igreja dos Cristãos da Fé Evangélica, Igreja Adventista do Sétimo Dia, Igreja Cristã do Cenáculo e Aliança. Na voivodia da Vármia-Masúria, também existem as Testemunhas de Jeová, a Associação Budista do Caminho Diamante da Linha Karma Kagyu, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Judaísmo, Islamismo e Budismo.

Administração e políticaEditar

Governo autônomoEditar

O órgão de tomada de decisão e controle é o Parlamento da voivodia da Vármia-Masúria, composto por 30 conselheiros. A sede do conselho regional é Olsztyn.

O Parlamento elege o órgão executivo da voivodia, que é o Conselho da voivodia, composto por 5 membros com seu marechal. O conselho de administração da voivodia da Vármia-Masúria é composto pelas seguintes pessoas: Gustaw Marek Brzezin (marechal), Miron Sycz (vice-marechal), Marcin Kuchciński (vice-marechal), Sylwia Jaskulska e Jolanta Piotrowska.

 
A sede do gabinete do marechal
Marechais da voivodia da Vármia-Masúria
Ordem Nome Mandato
1 Jerzy Szmit 1999
2 Andrzej Ryński de 1999 até 2006
3 Jacek Protas de 2006 até 2014
4 Gustaw Marek Brzezin a partir de dezembro de 2014


Administração governamentalEditar

O órgão da administração do governo é o Voivoda da Vármia-Masúria, nomeado pelo primeiro-ministro. A sede do voivoda é Olsztyn,[7] onde o Gabinete da voivodia da Vármia-Masúria está localizado. Existem também duas delegações que operam dentro do gabinete: em Elbląg e em Ełk.[8] Atualmente, Artur Chojecki é o voivoda, e Sławomir Sadowski e Aleksander Socha são os vice-voivodas.

 
Gabinete da voivodia da Vármia-Masúria em Olsztyn
Voivodas da Vármia-Masúria
Ordem Nome Mandato
1 Zbigniew Babalski de 1999 até 2001
2 Stanisław Szatkowski de 2001 até 2005
3 Adam Supeł de 17 de janeiro de 2005 até 17 de janeiro de 2007
Anna Szyszka de 18 de janeiro até 1 de abril de 2007
4 Anna Szyszka de 2 de abril a 29 de novembro de 2007
5 Marian Podziewski de 29 de novembro de 2007 até 8 de dezembro de 2015
6 Artur Chojecki a partir de 8 de dezembro de 2015


Proteção da naturezaEditar

No total, as áreas protegidas cobrem uma área de 1126155,3 ha, que constitui 46,6% da voivodia.[9]

Existem 8 parques paisagísticos na região:[10]


Parques paisagísticos Ano de criação Área
na voivodia
Parque paisagístico de Brodnicki (parcialmente) 1985 4 336 ha
Parque paisagístico Górzeńsko-Lidzbarski (parcialmente) 1990 8 588 ha
Parque paisagístico da Masúria 1977 53 655 ha
Parque paisagístico do Lago Iława (parcialmente) 1993 22 405 ha
Parque paisagístico da floresta de Romincka 1998 14 620 ha
Parque paisagístico de Wzgórz Dylewska 1994 7 151 ha
Parque paisagístico do planalto de Elbląg 1985 13 732 ha
Parque paisagístico de Wel 1995 20 444 ha


Em 2012, havia 110 reservas naturais na voivodia.[11]

Dentro das fronteiras da voivodia, são designados 71 parques naturais, onde 956 286 ha foram protegidos.[12]

Em 2010, havia 2576 monumentos naturais na região. Entre eles, o grupo mais numeroso eram de árvores individuais (2155), grupos de árvores (210), rochas irregulares (108), avenidas na estrada (66) e 37 outras instalações.[13]

Em 2010, 14 Áreas Especiais de Proteção de Aves e 41 Sítios de Importância Comunitária foram designadas na voivodia. A maioria dos sítios da Rede Natura 2000 está em áreas protegidas como parques paisagísticos e áreas protegidas.

 
Floresta Piska

Em 2010, havia 297 áreas ecológicas na região, cobrindo uma área de 4855 ha, 18 complexos naturais e paisagísticos com uma área de 21388 ha e uma posição documentalLosy que protege a escavação de giz do lago com uma área de 2 ha.[13]

Principais áreas florestais da voivodia:

  • Floresta Borecka
  • Floresta Napiwodzko-Ramucka
  • Floresta Nidzicka
  • Floresta Piska
  • Florestas em Iławskie
  • Floresta de Romincka

CulturaEditar

 
Castelo dos bispos da Vármia em Lidzbark Warmiński, atualmente uma filial do Museu da Vármia-Masúria
 
Castelo do Capítulo Vármia em Olsztyn, atualmente Museu da Vármia-Masúria

Instituições de cultura de governo autônomo da voivodiaEditar

  • Centro de Educação e Iniciativas Culturais em Olsztyn
  • Centro Europeu de Reuniões em Elbląg
  • Centro Polonês-Francês Côtes d'Armor Vármia-Masúria em Olsztyn
  • Parque Etnográfico do Museu de Arquitetura Folclórica de Olsztynek
  • Museu de Cultura Folclórica de Węgorzewo
  • Museu Nicolau Copérnico em Frombork
  • Museu da Vármia-Masúria em Olsztyn
  • Museu da Batalha de Grunwald em Stębark
  • Teatro Aleksander Sewruka em Elbląg
  • Teatro Stefan Jaracz em Olsztyn
  • Filarmônica Vármia-Masúria Feliks Nowowiejski em Olsztyn
  • Biblioteca Pública Provincial Emilia Sukertowa-Biedrawina em Olsztyn

MídiaEditar

  • Gazeta Olsztyńska
  • Olsztyn Courier
  • Televisão polonesa Olsztyn
  • Polskie Radio Olsztyn
  • Rádio Zet Gold Olsztyn (antiga Rádio WaMa e Planeta FM)
  • Rádio 5
  • Rádio UWM FM

Ciência e educaçãoEditar

 
Universidade da Vármia-Masúria em Olsztyn
 
Escola Profissional Estadual de Elbląg

Universidades públicasEditar

  • Universidade da Vármia-Masúria em Olsztyn
  • Escola Profissional Estadual de Elbląg
  • Universidade de Gdańsk, centro de ensino externo em Elbląg (Faculdade de Ciências Sociais)
  • Escola de Polícia em Szczytno - a escola está sob direção do Ministério do Interior e Administração

Universidades particularesEditar

  • Universidade de Ciências Humanas e Economia de Elbląg
  • Universidade da Masúria em Ełk
  • Faculdade Józef Rusiecki em Olsztyn
  • Universidade de Tecnologia da Informação e Gestão Tadeusz Kotarbiński em Olsztyn
  • Escola de Professores de Línguas Estrangeiras "Regent College" em Elbląg
  • Faculdade de Bogdan Jański em Varsóvia - Centro fora da cidade em Elbląg
  • Faculdade de Paweł Włodkowica em Płock, filial em Iława
  • Universidade de Tecnologia da Informação e Economia TWP em Olsztyn
  • Universidade Pedagógica TWP em Varsóvia - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais em Olsztyn.
  • Universidade de Finanças e Gestão em Bialystok, filial em Ełk
  • Universidade Masuriana em Olecko
  • Universidade Particular de Ciências Aplicadas em Giżycko

SemináriosEditar

  • Seminário Teológico Superior da Metrópole de Vármia "Hosianum" em Olsztyn
  • Seminário Teológico Superior da Diocese de Elbląg em Elbląg
  • Seminário Teológico Superior da Diocese de Ełk em Ełk.[14]

Instituições científicasEditar

 
Observatório Astronômico de Olsztyn

Institutos científicos:

  • Instituto Masuriano em Olsztyn
  • Instituto de Pesca Interior de Olsztyn e Giżycko
  • Instituto de Reprodução Animal e Pesquisa de Alimentos PAS em Olsztyn

Estações de pesquisa:

  • Observatório astronômico de Olsztyn
  • Estação de Pesquisa do Instituto de Biologia Experimental da Academia Polonesa de Ciências de Mikołajki
  • Estação de Pesquisa em Agricultura Orgânica e Conservação Animal da Academia Polonesa de Ciências de Popielno
  • Estação de observação artificial de satélites - Observatório de satélites em Lamkówek
  • Estação UMK limnológico em Iława
  • Estação do campus da Universidade de Varsóvia em Sajzy (1978–2016).[15]
  • Estação do campus da Faculdade de Biologia da Universidade de Varsóvia em Urwitałta.[15]
  • Estação hidrobiológica da Faculdade de Biologia da Universidade de Varsóvia em Pilchach.[15]

Segurança públicaEditar

Existe um centro de notificação de emergência na voivodia da Vármia-Masúria, localizado em Olsztyn e que atende chamadas de emergência direcionadas aos números de emergência 112, 997, 998 e 999.[16]

EconomiaEditar

 
Fábrica de pneus Michelin em Olsztyn

Em 2012, o produto interno bruto da voivodia da Vármia-Masúria atingiu 43,7 bilhões de zlótis, o que representou 2,7% do PIB da Polônia. O produto interno bruto per capita foi de 30,1 mil zlótis (71,7% da média nacional), que colocou a voivodia da Vármia-Masúria em 13.º lugar em relação a outras voivodias.[17]

O salário médio mensal de um habitante da voivodia da Vármia-Masúria no terceiro trimestre de 2011 foi de 3052,28 zlótis, o que a colocou em último lugar em relação a todas as voivodias.[18]

No final de março de 2012, o número de desempregados registrados na voivodia cobria aproximadamente 114,5 mil habitantes, que é a taxa de desemprego de 21,1% para os economicamente ativos.[19]

Segundo dados de 2011, 11,2% dos residentes em domicílios da voivodia da Vármia-Masúria tinham despesas abaixo da linha da extrema pobreza (ou seja, estavam abaixo do mínimo de subsistência).[20]

Em 2010, a venda da produção da indústria na voivodia da Vármia-Masúria atingiu 22,2 bilhões de zlótis, representando 2,3% da produção da indústria polonesa. As vendas da produção de construção e montagem na voivodia da Vármia-Masúria totalizaram 4,5 bilhões de zlótis, o que representou 2,8% das vendas da Polônia.[21]

TransportesEditar

Transporte rodoviárioEditar

Estradas internacionaisEditar

  • Estrada europeia E77 - na voivodia, o trecho da estrada nacional n.º 7
  • Estrada europeia E28 - na voivodia, o trecho das estradas nacionais n.º 7 22 54

Via expressaEditar

 
Via expressa S16

Estradas nacionaisEditar

Estradas da voivodiaEditar

Passagens de fronteira rodoviáriasEditar

  • Rússia: Gronowo-Mamonowo
  • Rússia: Grzechotki-Mamonowo
  • Rússia: Bezledy-Bagrationowsk
  • Rússia: Gołdap-Gusev

Transporte ferroviárioEditar

 
EN62 Elf na estação de Olsztyn

Transporte coletivo públicoEditar

A voivodia da Vármia-Masúria é dona de 14 veículos comprados pelo gabinete do marechal.

Série Tipo Números Quantidade Fabricante Usuário
EN57ALc 5B/6B 1785 1 Pafawag [22]
EN62 Elf 21WE 001 1 Pesa [23]
EN98 Impuls 37WE 003 1 Newag [23]
SA106 214M 003, 007 ÷ 009, 015 5 Pesa [23]
SA133 218Mc 013 ÷ 018 6 Pesa [23]

Passagens de fronteira ferroviáriaEditar

  • Braniewo-Mamonowo
  • Głomno-Bagrationowsk
  • Skandawa

Transporte aquaviárioEditar

 
Navios no porto do rio Elbląg

Existem 4 portos marítimos na voivodia da Vármia-Masúria: o porto de Elbląg, o porto de Frombork, o porto de Nowa Pasłęka, o porto de Tolkmicko e um porto marítimo em Suchacz.

Foram criadas duas passagens de fronteira marítima na voivodia: Elbląg e Frombork.

Transporte aéreoEditar

 
Aeroporto de Olsztyn-Masúria
  •    Aeroporto de Olsztyn-Masúria (EPSY/SZY) - aeroporto internacional perto de Szczytno
  •    Aeroporto de Elbląg (EPEL/ZBG) - aeroporto de esportes em Elbląg
  •    Aeroporto de Olsztyn-Dajtki (EPOD/QYO) - aeroporto de esportes com um novo asfalto iluminado, recém-construído, pista de 800 m em Olsztyn
  •    Aeroporto de Gryźliny (aeroporto de Łańsk) - aeroporto militar/governamental multifuncional com uma pista de grama 860 × 60 m perto de Olsztynek
  •    Aeroporto de Olecko - aeroporto recreativo
  •    Aeroporto de Kętrzyn-Wilamowo - aeroporto de esportes (ex-militar alemão) perto de Kętrzyn
  •    Aeroporto de Lidzbark - o aeroporto pós-militar tinha 46 ha, nos arredores de Lidzbark
  •    Aeroporto Muszaki - um aeroporto militar fechado com uma pista de asfalto de 500 m perto de Nidzica
  •    Aeroporto de Orneta - um aeroporto pós-militar com uma pista de concreto de 2000 m perto de Orneta
  •    Aeroporto de Rostki - antiga base aérea militar com grama coberta de 2000 m de pista perto de Orzysz
  •    Aeroporto de Wielbark - pista fechada, setor militar perto de Nidzica
  •    Aeroporto de Grajwo - aeroporto de lazer perto de Giżycko

Referências

  1. «Resultados da pesquisa atual - Banco de Dados Demográficos - Escritório Central de Estatística da Polônia» (em polonês). Consultado em 24 de fevereiro de 2020 
  2. a b c d e f «Serviço de Estatística em Olsztyn». olsztyn.stat.gov.pl. Consultado em 24 de fevereiro de 2020 
  3. a b c «Serviço de Estatística em Olsztyn». olsztyn.stat.gov.pl. Consultado em 24 de fevereiro de 2020 
  4. GUS. «Área e população em seção territorial em 2014». stat.gov.pl (em polonês). Consultado em 24 de fevereiro de 2020 
  5. «Geoportal.gov.pl». geoportal.gov.pl (em polonês). Consultado em 24 de fevereiro de 2020 
  6. «Relatório sobre o estado das florestas na Polônia em 2012». Lasy Państwowe (em polonês). Consultado em 25 de fevereiro de 2020 
  7. «Lei de 24 de julho de 1998 sobre a introdução de uma divisão territorial básica em três etapas do Estado.». prawo.sejm.gov.pl. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  8. (§ 3. Statut WMUW w Olsztynie) Załącznik do Zarządzenia Nr 111 Wojewody Warmińsko-Mazurskiego z dnia 25 maja 2009 r. (Dz. Urz. Woj. Warmińsko-Mazurskiego z 2009 r. Nr 83, poz. 1396).
  9. «Escritório Central de Estatística do Meio Ambiente 2011, chefe da equipe Dariusz Bochenek» (PDF). Varsóvia. 9 de julho de 2012. p. 281. ISSN 0867-3217. Consultado em 25 de fevereiro de 2020 
  10. «RDOŚ Olsztyn, lista de parques paisagísticos» (PDF). 9 de julho de 2012. Consultado em 25 de fevereiro de 2020 
  11. «Direção Regional de Proteção do Ambiente em Olsztyn». olsztyn.rdos.gov.pl. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  12. «Direção Regional de Proteção do Ambiente em Olsztyn». olsztyn.rdos.gov.pl. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  13. a b «Escritório Central de Estatística do Meio Ambiente em 2011, chefe da equipe Dariusz Bochenek» (PDF). Varsóvia. 9 de julho de 2012. p. 309. ISSN 0867-3217. Consultado em 25 de fevereiro de 2020 
  14. «Seminário Teológico Superior da Diocese de Ełk» (em polonês). Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  15. a b c «Site da Faculdade de Biologia da Universidade de Varsóvia». www.biol.uw.edu.pl. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  16. «Lista de NKA para localização Ab. Serviços de Emergência 112» (PDF). uke.gov.pl. 27 de dezembro de 2014. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  17. GUS. «Anuários estatísticos». stat.gov.pl (em polonês). Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  18. «Anúncio do Presidente da Agência Central de Estatística, de 28 de novembro de 2011, referente à remuneração mensal média nas voivodias no terceiro trimestre de 2011.». prawo.sejm.gov.pl. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  19. «Desempregados e taxa de desemprego por voivodias, sub-regiões e condados (no final de março de 2012)». Główny Urząd Statystyczny. 26 de abril de 2012. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  20. «Pobreza na Polônia em 2011» (PDF). Główny Urząd Statystyczny. 31 de maio de 2012. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  21. «Anuário Estatístico das Voivodias em 2011 (tabelas selecionadas)» (PDF). Varsóvia: Główny Urząd Statystyczny. 24 de janeiro de 2012. pp. 58–59. ISSN 1230-5820. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  22. «A EN57 mais cara da história com o proprietário [FOTOS]». infobus.pl (em polonês). Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  23. a b c d Kalinowski, D. (2015). «Impuls dla Warmińsko-Mazurskiego» [Um impulso para Vármia-Masúria]. Łódź: Emi-press. Świat Kolei (revista). 4: 4. ISSN 1234-5962 

Ligações externasEditar