Wake Me Up When September Ends

"Wake Me Up When September Ends" é o quarto single do sétimo CD da banda americana Green Day, American Idiot.[2] Lançado em 2005, o single chegou na 6ª posição nos Estados Unidos, tornando-se o segundo single no Top 10 da banda. A música também atingiu a 8ª posição no Canadá e no Reino Unido e a 13ª posição na Austrália. A música é lembrada, principalmente, por seu significado nas letras e seu video-clipe, que traz a história de um casal separado na guerra.[3]

"Wake Me Up When September Ends"
Single de Green Day
do álbum American Idiot
Lançamento 13 de junho de 2005
Formato(s) CD
Gravação 2004
Gênero(s) Rock alternativo
Duração 4:45
Gravadora(s) Reprise
Produção Rob Cavallo, Green Day
Certificação(ões) Estados Unidos RIAA Platina[1]
Cronologia de singles de Green Day
"Holiday"
(2004)
"Jesus of Suburbia"
(2004)
Amostra de áudio
noicon
informação do ficheiro · ajuda

Informações da música editar

A música foi escrita pelo Green Day (com Billie Joe Armstrong compondo as letras) e produzida por Green Day e Rob Cavallo. Inicialmente muitos fãs debateram sobre qual seria o verdadeiro significado da canção, mais tarde, Billie Joe revelou para o público que a música era uma espécie de homenagem para seu pai, um músico de jazz, que morreu quando ele (Billie Joe) tinha apenas 10 anos de idade.[2]

Nesta canção melancólica, Billie Joe, com a ajuda de outros membros da banda, viaja para sua turbulenta infância e reflete sobre o dia em que seu pai morreu, quando ele perdeu sua inocência. Como qualquer outro evento traumatizante, Billie Joe nunca realmente se recuperou, e não consegue acreditar que vinte anos já se passaram desde aquele dia. Apesar de já estar em melhor estado hoje, ele nunca irá esquecer em sua memória o que ocorreu. Armstrong associa a dor, com o mês de Setembro, no qual o seu pai morreu.

A música acabou se tornando, eventualmente, um tributo para as vítimas do Furacão Katrina. Uma versão ao vivo da música, gravada dia 3 de setembro de 2005 no Gillette Stadium, em Foxborough, Massachusetts foi lançada logo em seguida, dedicada para as vítimas do furacão. A música também é associada aos Ataques de 11 de setembro de 2001, à Doutrina Bush, à Guerra do Iraque e, mais recentemente, à Pandemia de COVID-19, onde Billie Joe tocou a música festival on-line One World: Together at Home.[2][4]

Vídeo Clipe editar

O video clipe aborda um cenário de guerra. O vídeo tem 7 minutos, e a música não começa até 1:43. É o primeiro clipe da banda que mostra um dos integrantes de apoio, além do trio original, o guitarrista Jason White. O video clipe também é considerado como um curta metragem. Tudo começa como título da música e, ao fundo, um casal de adolescentes (interpretados por Jamie Bell e Evan Rachel Wood) juntos em um campo.

O vídeo sai um pouco do sentido original da música, e se focaliza no casal de adolescentes, enquanto o namorado promete que nunca vai deixar sua namorada. No terceiro minuto, a namorada começa uma discussão sobre algo que ele fez. Presumidamente, o namorado se alista com os Marines. O vídeo mostra o namorado sendo encruzilhado pelas forças inimigas. Enquanto isso, a namorada fica esperando para que seu namorado volte para a casa. O clipe tem um final aberto, deixando que o público pense sobre o que ocorreu com o jovem Marine.[3]

Posições nas paradas semanais editar

Paradas (2005–2006) Melhor
posição
Austrália (ARIA)[5] 13
Áustria (Ö3 Austria Top 75)[6] 15
Bélgica (Ultratip Bubbling Under de Flandres)[7] 3
Bélgica (Ultratip Bubbling Under da Valônia)[8] 2
Canadá CHR/Pop Top 30 (Radio & Records)[9] 4
Canadá Top 30 (Radio & Records)[10] 1
Croácia (HRT)[11] 1
República Checa (Rádio Top 100)[12] 1
Alemanha (Official German Charts)[13] 22
Grécia (IFPI)[14] 29
Hungria (Rádiós Top 40)[15] 10
Irlanda (IRMA)[16] 13
Itália (FIMI)[17] 33
Países Baixos (Dutch Top 40)[18] 35
Países Baixos (Single Top 100)[19] 44
Nova Zelândia (Recorded Music NZ)[20] 10
Escócia (Scottish Singles Chart)[21] 51
Suécia (Sverigetopplistan)[22] 21
Suíça (Schweizer Hitparade)[23] 22
Reino Unido (UK Singles Chart)[24] 8
Reino Unido (OCC UK Rock and Metal)[25] 5
Estados Unidos (Billboard Hot 100)[26] 6
Estados Unidos (Billboard Adult Alternative Songs)[27] 3
Estados Unidos (Billboard Adult Contemporary)[28] 13
Estados Unidos (Billboard Adult Top 40)[29] 2
Estados Unidos (Billboard Alternative Airplay)[30] 2
Estados Unidos (Billboard Mainstream Rock)[31] 12
Estados Unidos (Billboard Mainstream Top 40)[32] 4

Referências

  1. "American single certifications – Green Day – Wake Me Up When September Ends". Recording Industry Association of America. Página acessada em 28 de junho de 2021.
  2. a b c Barbirato, Paula (1 de setembro de 2020). «'Wake me up when september ends' ganha ainda mais força na pandemia». Correio Braziliense. Consultado em 30 de novembro de 2023 
  3. a b Green Day - Wake Me Up When September Ends [Official Music Video], consultado em 30 de novembro de 2023 
  4. Hopper, Alex (7 de junho de 2022). «The Meaning Behind "Wake Me Up When September Ends" by Green Day». American Songwriter (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2023 
  5. «Australian-charts.com – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em inglês). ARIA Top 50 Singles. Consultado em 9 de junho de 2015.
  6. «Austriancharts.at – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Consultado em 9 de junho de 2015.
  7. «Ultratop.be – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em neerlandês). Ultratip. Consultado em 9 de junho de 2015.
  8. «Ultratop.be – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em francês). Ultratip. Consultado em 9 de junho de 2015.
  9. «R&R Canada CHR/Pop Top 30» (PDF). Radio & Records (1630). 28 de outubro de 2005. p. 29. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  10. «R&R Canada Rock Top 30» (PDF). Radio & Records (1622). 2 de setembro de 2005. p. 54. Consultado em 11 de outubro de 2019 
  11. «Top Lista Hrvatskog Radija». Croatian Radiotelevision. Consultado em 14 de março de 2021. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2005 
  12. «CZ - Radio - Top 100» (em checo). ČNS IFPI. Nota: Insira 200539 na pesquisa. Consultado em 9 de junho de 2015.
  13. «Offiziellecharts.de – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em alemão). GfK Entertainment Charts. Consultado em 9 de junho de 2015.
  14. «IFPI archive». Consultado em 17 de dezembro de 2005. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2005 
  15. «Archívum – Slágerlisták – MAHASZ» (em húngaro). Rádiós Top 40 játszási lista. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége.
  16. «The Irish Charts – Procurar Resultados – Wake Me Up When September Ends» (em inglês). Irish Singles Chart. Consultado em 29 de janeiro de 2020.
  17. «Italiancharts.com – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em inglês). Top Digital Download. Consultado em 9 de junho de 2015.
  18. «Top 40-lijst van week 34, 2005» (em neerlandês). Dutch Top 40. Consultado em 19 de novembro de 2018.
  19. «Dutchcharts.nl – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em alemão). Single Top 100. Consultado em 19 de novembro de 2018.
  20. «Charts.nz – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em inglês). Top 40 Singles. Consultado em 9 de junho de 2015.
  21. «Official Scottish Singles Sales Chart Top 100» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 19 de novembro de 2018.
  22. «Swedishcharts.com – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em inglês). Singles Top 100. Consultado em 9 de junho de 2015.
  23. «Swisscharts.com – Green Day – Wake Me Up When September Ends» (em inglês). Swiss Singles Chart. Consultado em 19 de novembro de 2018.
  24. «Official Singles Chart Top 100» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 9 de junho de 2015.
  25. Official Rock & Metal Singles Chart Top 40» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 9 de junho de 2015.
  26. «Green Day Chart History (Hot 100)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de junho de 2015.
  27. «Green Day Chart History (Adult Alternative Songs)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de junho de 2015.
  28. «Green Day Chart History (Adult Contemporary)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de junho de 2015.
  29. «Green Day Chart History (Adult Pop Songs)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de junho de 2015.
  30. «Green Day Chart History (Alternative Airplay)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de junho de 2015.
  31. «Green Day Chart History (Mainstream Rock)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de junho de 2015.
  32. «Green Day Chart History (Pop Songs)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de junho de 2015.