Abrir menu principal

Duets (álbum de Frank Sinatra)

(Redirecionado de What Now My Love)
Duets
Álbum de estúdio de Frank Sinatra
Lançamento 2 de novembro de 1993 (1993-11-02)
Gravação Junho - Julho de 1993
Gênero(s) Vocal jazz, Pop tradicional
Duração 45:44
Idioma(s) Inglês
Gravadora(s) Capitol
Produção Phil Ramone, Hank Cattaneo
Cronologia de Frank Sinatra
L.A. Is My Lady
(1984)
Duets II
(1994)

Duets é um álbum de estúdio do cantor estadunidense Frank Sinatra, lançado em 1993. Gravado nos últimos anos da carreira de Sinatra, o álbum consiste em duetos virtuais entre Sinatra e outros cantores de vários gêneros musicais. O álbum foi um grande sucesso comercial, estreando em segundo lugar na Billboard 200 e atingindo a quinta colocação no Reino Unido, sendo que vendeu 3 milhões de cópias somente nos Estados Unidos. É o único álbum pelo qual Sinatra recebeu certificação de platina tripla.[1]

O álbum recebeu críticas mistas,[2] com argumentações de que inibiu o estilo específico de Sinatra de uma performance isolado, uma vez que os artistas jamais se encontraram pessoalmente para os duetos, fazendo com que faltasse a colaboração e a espontaneidade entre eles nas gravações. Os críticos assinalaram ainda que, por conta disto, os artistas convidados simplesmente complementaram a gravação de Sinatra nas faixas.[3]

A arte da capa é uma pintura de Sinatra por LeRoy Neiman.[4] Duets II, a sequência, foi lançada no ano seguinte. Ambos os álbuns foram relançados juntos em uma edição comemorativa dos 90 anos do cantor, comercializada como 90th Birthday Limited Collector's Edition a partir de 2005. A versão internacional contém o dueto com Luciano Pavarotti da canção "My Way".

ProduçãoEditar

Em 1992, Sinatra recebeu a proposta de trabalhar em um álbum de duetos. Phil Ramone, Eliot Weisman e Don Rubin foram os responsáveis por acertar os detalhes do projeto. Sinatra somente sugeriu a participação de Ella Fitzgerald, ideia que foi descartada devido ao estado de saúde da cantora à época. Outros artistas, mais jovens do que Sinatra, foram incluídos como possíveis parceiros de dueto. Sinatra determinou claramente que não queria a presença dos demais artistas em estúdio quando ele estivesse gravando sua parte nas faixas.[5]

O projeto foi impulsionado por Charles Koppelman, CEO da EMI Records. A orquestra que acompanha as faixas foi organizada nos estúdios da Capitol Records, em Los Angeles, onde Sinatra havia produzido vários de seus álbuns. À princípio, o cantor gravaria sua voz na cabine, mas o próprio não aprovou a ideia de gravar isolado da orquestra (como já estava habituado) e o esquema de produção foi totalmente modificado, com Sinatra gravando juntamente com os demais músicos em estúdio.[5]

Os vários artistas convidados participaram remotamente, suas gravações foram enviadas à Capitol por rede telefônica RDIS, conectada por meio de um sistema de som digital. Bono e Aretha Franklin manifestaram o desejo de gravar pessoalmente com Sinatra, o que foi descartado pela produção. Bono gravou sua parte da canção "I've Got You Under My Skin" no STS Studios, em Dublin.[5] Aretha Franklin gravou sua parte na canção "What Now My Love" em Detroit e posteriormente enviou uma mensagem a Sinatra "agradecida pela oportunidade".[5]

LegadoEditar

Um dos objetivos de Ramone era de que o público mais jovem tivesse acesso ao universo musical de Frank Sinatra.[5]

Apesar do álbum ter sido promovido como "A Gravação da Década", seu processo de gravação não agradou a grande parte do público.[6] As críticas à preferência de Sinatra por gravar isoladamente levaram Tonny Bennett a seguir o caminho contrário na produção de seus álbuns Duets: An American Classic e Duets II, anos depois.[7]

FaixasEditar

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "The Lady Is a Tramp" (com Luther Vandross)Richard Rodgers, Lorenz Hart 3:24
2. "What Now My Love" (com Aretha Franklin)Gilbert Bécaud, Carl Sigman, Pierre Delanoë 3:15
3. "I've Got a Crush On You" (com Barbra Streisand)George Gershwin, Ira Gershwin 3:23
4. "Summer Wind" (com Julio Iglesias)Heinz Meier, Hans Bradtke, Johnny Mercer  
5. "Come Rain or Come Shine" (com Gloria Estefan)Harold Arlen, Johnny Mercer 4:04
6. "New York, New York" (com Tonny Bennett)Fred Ebb, John Kander 3:30
7. "They Can't Take That Away From Me" (com Natalie Cole)George Gershwin, Ira Gershwin 3:11
8. "You Make Me Feel So Young" (com Charles Aznavour)Mack Gordon, Josef Myrow 3:05
9. "Guess I'll Hang My Tears Out to Dry/In the Wee Small Hours of the Morning" (com Carly Simon)Sammy Cahn, Jule Styne / Bob Hilliard, David Mann 3:57
10. "I've Got the World on a String" (com Liza Minnelli)Harold Arlen, Ted Koehler 2:18
11. "Witchcraft" (com Anita Baker)Carolyn Leigh, Cy Coleman 3:22
12. "I've Got You Under My Skin" (com Bono)Cole Porter 3:32
13. "All the Way/One For My Baby (And One More For The Road)" (com Kenny G)Cahn, Jimmy Van Heusen, Harold Arlen, Johnny Mercer 6:03
Duração total:
45:44

Referências

  1. «Around the world retail demand is high for Sinatra's recordings». Billboard. 30 de maio de 1998 
  2. «Duets (1993)». Allmusic 
  3. Rojek, Chris (2004). Frank Sinatra. [S.l.: s.n.] ISBN 9780745630908 
  4. «Sports Artist LeRoy Neiman, Official Painter of Five Olympics, Dies At 91». The Hollywood Reporter. 20 de junho de 2012 
  5. a b c d e Ramone, Phil (2007). «Making Records: The Scenes Behind the Music» 
  6. Larkin, Colin (1999). The Virgin Encyclopedia of Stage and Film Musicals. [S.l.]: Virgin. p. 553. ISBN 9780753503751 
  7. Bego, Mark (2013). Aretha Franklin: The Queen of Soul. [S.l.]: Skyhorse Publishing. p. 318. ISBN 9781620871690