Wikipédia:Tentativa de consenso/Convenção de nomenclatura

Política
Atenção: esta página é uma proposta para modificação de uma política da Wikipédia lusófona. Por favor, comente sobre esta página na página de discussão


IntroduçãoEditar

Perspectiva histórica

Em abril de 2005 foi apresentada pelo Loge D​ C​ E​ F uma proposta visando a utilização do título original em filmes, com o argumento de assim não dar preferência nem a portugueses nem a brasileiros. Em maio-junho de 2005 esta proposta foi a votação, sendo aprovada por larga maioria[1]. O resultado desta votação contrariou directamente o expresso como regra geral no Livro de Estilo sobre a convenção de nomenclatura sobre uso de palavras estrangeiras, os títulos em língua estrangeira só devem ser usados no caso de o seu uso ser mais comum do que a versão em português[2], sendo necessário então abrir uma excepção ao já estabelecido para cobrir esta decisão. A Wikipedia lusófona tornou-se, desde aí, na única a utilizar este sistema entre todas as outras Wikipedias dos vários idiomas.
Em outubro do mesmo ano pretendeu-se aplicar o mesmo critério aos títulos de livros e obras de arte[3]. Esta alteração foi contestada, sendo obtido consenso na esplanada em junho de 2006 sobre o uso do título em português em livros e obras de arte, sempre que não houvesse diferenças significativas entre as versões da língua[4].
Em junho de 2008 uma nova votação sobre o uso do título no original, incidindo sobre filmes, seriados de TV, livros, quadradinhos e obras de arte confirmou por larga maioria o resultado da votação de junho de 2005 sobre o uso do título original em filmes e seriados, revertendo também o consenso de junho de 2006, alargando a aplicação desse critério a livros, quadradinhos e obras de arte.
Em março de 2009 o resultado desta votação foi contestado na esplanada no particular dos livros, quadradinhos e obras de arte, sendo obtido consenso sobre a proposta apresentada pelo Dornicke D​ C​ E​ F, que confirmou o consenso já antes obtido em junho de 2006 sobre esse assunto, revertendo, portanto, o decidido sobre esse assunto na votação de junho de 2008.
Em abril de 2009 o resultado desta votação no particular dos filmes e seriados de TV foi contestado na esplanada 2 pela FlaviaC D​ C​ E​ F, sendo proposto o alargamento do consenso obtido em março aos filmes e seriados de TV, e dando origem a uma discussão alargada sobre o assunto que culminou com a apresentação de uma proposta de regra geral de nomenclatura da minha autoria (Darwinius D​ C​ E​ F).

Análise

A situação excepcional originada pelo resultado da votação de maio-junho de 2005, longe de ser inócua, teve como efeito várias anomalias prejudiciais ao bom funcionamento do projecto, das quais se destacam a quase total inviabilização do uso de categorias nos casos em que é usado o título original para quem não fala outros idiomas nem é cinéfilo, e o aspecto incoerente de artigos como Bila jednom jedna zemlja ou Bibi Blocksberg und das Geheimnis der blauen Eulen, com um título completamente diferente do termo que é usado ao longo do artigo.
Considero o argumento usado desde o primeiro momento para abertura desta excepção, não dar preferência nem a portugueses nem a brasileiros, um argumento redutor, implicando a imaturidade dos vários povos lusófonos em lidar com as várias versões da sua língua. O método escolhido para cobrir esta alegada imaturidade, o uso do título no original, contraria directamente o carácter lusófono desta Wikipedia, pois ao pretender adoptar uma postura neutra, opta por uma solução manifestamente prejudicial a todo o lusófono que não fale língua estrangeira.
Por estas e por outras razões, o resultado desta votação foi várias vezes questionado. A votação de junho de 2008 veio agravar a questão, alargando ainda mais o âmbito da excepção inicial. Como resultado, esta votação tem sido sempre questionada, como foi demonstrado pela adesão ao consenso de março passado, pelas discussões preliminares, e pelos recentes comentários de Mateus Hidalgo na Esplanada Geral [4][5].

Âmbito da presente tentativa de consenso

Com esta tentativa de consenso, espera-se aplicar a mesma situação do consenso de março deste ano ao caso dos filmes, e/ou ainda, caso haja apoio nesse sentido, implementar as seguintes alterações:

  • Uso preferencial de uma das versões da tradução em português, mesmo que existam diferenças significativas;
  • Melhorar a regra actualmente existente para transliterações;
  • Fazer acompanhar a versão de português usada no artigo pela versão usada no título;
  • Usar preferencialmente uma versão de português relacionada com a área geográfica mais ligada ao artigo no título e/ou no corpo desse artigo.

O consenso pode ser obtido ou não numa ou mais das propostas apresentadas, sem que isso implique a aprovação ou negação do todo.

Propostas a discutirEditar

1. Uso de tradução em títulosEditar

Esta é a questão principal em debate. A primeira proposta significa uma uniformização do que é recomendado pelo livro de estilos, ou seja, os títulos em língua estrangeira só devem ser usados no caso de o seu uso ser mais comum do que a versão em português. A segunda proposta é um meio termo entre a situação actual e a da primeira proposta, alargando aos filmes e seriados de TV o consenso obtido em março passado para livros, quadradinhos e obras de arte. Uma terceira proposta que pretende que seja utilizado o título original em todas as situações atrás descritas foi acrescentada a pedido do Mschlindwein D​ C​ E​ F.

  • Existindo tradução verificável[5] para pelo menos uma das versões de português, deve ser usado o título no original ou a versão traduzida?
Proposta 1.1 Deve ser usada sempre uma versão traduzida[6], mesmo quando apresenta diferenças significativas[7] para com outras versões da tradução para português.
Proposta 1.2 Deve ser usada a versão traduzida apenas quando não apresenta diferenças significativas para com outras versões de português, ou quando apenas existe tradução para uma versão de português.
Proposta 1.3 O título deve estar sempre na sua língua original, ou transliterado se o original for em alfabeto não latino (colocada a pedido de Mschlindwein D​ C​ E​ F).

2. Uso de transliteraçõesEditar

Esta proposta é independente da anterior, e tem a ver com o uso de transliterações, sejam elas de títulos que têm ou não tradução para português. O objectivo desta proposta é reforçar e defenir melhor o que já foi decidido a este respeito na votação de junho de 2008[8].

  • Caso o título esteja originalmente num alfabeto não-romano[9], qual o procedimento a adoptar?
Proposta 2.1 Caso o título esteja em alfabeto não-romano, será usado no título o sistema de transliteração do idioma original para o alfabeto romano. A transliteração usada quando não baseada em sistema consagrado[10] deve constar de fonte fiável.

3. Uso de uma só versão em todo o artigoEditar

Esta proposta é independente da anterior, já que, nesse contexto, refere-se apenas aos casos em que é usada uma tradução. O contexto desta proposta é, no entanto, bem mais vasto que o da anterior, abrangendo todos os títulos que usam uma versão de português, sejam eles tradução ou não. Actualmente as regras da Wikipedia permitem que a versão de português usada no corpo do artigo seja alterada caso o texto do mesmo seja modificado substancialmente[11]. Consequentemente, por vezes a versão usada no título deixa de ser a mesma que é usada no corpo do artigo. O objectivo desta proposta é uma maior coerência entre a versão que aparece no corpo do artigo e a do título, permitindo que o título acompanhe também a mudança de versão ocorrida no corpo do artigo.

  • Quando é usada uma versão traduzida em português no título, esta deve acompanhar a versão de português usada no corpo do artigo, caso esta seja alterada?
Proposta 3.1 Sendo alterado substancialmente o artigo numa versão lusófona diferente da original, o editor que fez o incremento tem o direito, se quiser, de mudar o título e o corpo do artigo para a versão lusófona que ele utilizou no incremento.

4. Relação entre versão de português e tema do artigoEditar

Esta proposta é independente das anteriores, e surgiu a partir da recomendação existente no Livro de Estilos da Wikipedia anglófona[12]. Por vezes o tema de um artigo está directamente relacionado com uma nação que usa uma das versões de português[13]. O objectivo desta proposta é adequar a versão utilizada no título e/ou corpo do artigo ao tema abordado nesse artigo, por forma a usar a versão de português usada pela maioria dos leitores que o consultarão.

  • A versão de português usada no título de um artigo deve estar relacionada com o tema desse artigo, quando aplicável?
Proposta 4.1 Sim, deve ser usada essa versão tanto no título como no corpo do artigo.
Proposta 4.2 Sim, deve ser usada essa versão apenas no título.
Proposta 4.3 Sim, deve ser usada essa versão apenas no corpo do artigo.

5. Método para determinar a versão de português usada na traduçãoEditar

Esta proposta está directamente relacionada com a Proposta 1.1, e tem como objectivo a determinação da versão da tradução para português a ser usada no título dos artigos que já existem, caso seja aprovado o seu uso preferencialmente ao do título no original.

  • Caso seja aprovada a Proposta 1.1, como deve ser determinada qual a versão da tradução para português a ser usada no título dos artigos que já existem e têm neste momento o título no original?
Proposta 5.1 Deve ser escolhida a versão que actualmente já é usada no corpo do artigo.
Proposta 5.2 Deve ser usada a versão do criador do artigo[14].
Proposta 5.3 Deve ser usada a versão que primeiro vier na ordem alfabética.

Notas

  1. Foi decidido também que como regra, as romanizações e capitalizações empregadas no IMDB podem ser adotadas como padrão. Note-se, no entanto, que o IMDb, sendo um website anglófono, usa as regras da língua inglesa, não devendo ser tomado como padrão para uma enciclopédia em português. Além disso, o IMDb é um site feito por amadores, não podendo ser tomado como fonte fiável.
  2. Este texto faz parte do Livro de Estilo desde a sua primeira versão estável, sendo acrescentado a 5 de outubro de 2004 [1]
  3. Foi inserido o texto Sempre que o título original da obra de arte for acessível, deve-se utilizar este, junto com os redirecionamentos (redirects) dos títulos possíveis em português, que devem ser discriminados no primeiro parágrafo do artigo.[2]
  4. Será utilizado o título da obra em português sempre e quando não houver diferenças significativas entre as diversas versões da língua portuguesa. Quando houver diferenças significativas, será utilizado o título original na língua em que a obra foi inicialmente publicada. [3]
  5. Tradução confirmada por fonte fiável.
  6. Para a determinação de qual a versão a ser usada nestes casos, ver a Proposta 5.
  7. O conceito de "diferenças significativas" é subjectivo, e depende muito do bom senso de cada um.
  8. Caso o título esteja em alfabeto não-latino, faz-se a transliteração neolatina do título, conforme decidido na votação de junho de 2008.
  9. Dependendo da aprovação das propostas referidas no ponto 1, deverá ser usada a versão traduzida, caso exista, em vez da transliteração.
  10. Por exemplo, o sistema consagrado de transliteração do Japonês é o Sistema Hepburn.
  11. A mistura de normas num mesmo artigo, no entanto, pode ter resultados um pouco estranhos. Assim, se um utilizador fizer mudanças significativas num determinado artigo escrito na outra norma, é compreensível que edite a parte não alterada para se adequar à parte nova. O que significa realmente "mudanças significativas" cabe a cada um decidir, mas 50% é um valor razoável em Versões da língua portuguesa.
  12. An article on a topic that has strong ties to a particular English-speaking nation uses the appropriate variety of English for that nation em Strong national ties to a topic, Livro de Estilo da Wikipedia anglófona.
  13. Por exemplo, se um artigo fosse criado como Desporto no Brasil, deveria passar para Esporte no Brasil; se o artigo fosse criado como Redes de ônibus de Lisboa, deveria ser mudado para Redes de autocarros de Lisboa.
  14. Nos casos em que não seja possível determinar facilmente qual a versão de português do criador do artigo, pode ser usado um método aleatório de escolha, em que, segundo a paridade do minuto em que o artigo foi criado, é escolhida a versão pt-br ou pt-eu. Por exemplo, sendo um minuto par será pt-br, sendo impar será pt-eu.

ComentáriosEditar

Apenas na página de discussão. Comentários fora do local apropriado poderão ser apagados sem prévio aviso.