Wikipédia Discussão:Votações/Política de bloqueio/Arquivo I

Discussões ativas

Sobre questões formaisEditar

Quase todas as questões tem múltiplas opções. Já q isso está dando problemas ultimamente, como vai ser ? Um exemplo: Questão 2: Se um utilizador ofender outro verbalmente, qual o tipo de sanção a aplicar?

  • Repreensão escrita - 30 votos
  • 1 hora - 30
  • 1 dia - 30 votos
  • 1 semana - 30 votos
  • 1 mês - 31 votos

Nesse caso, "1 mês" ganharia, pois os 31 votos vencem 120 votos q queriam uma pena de 1 semana ou menos.

Vai ser assim mesmo ?

Antes de ter votações com múltiplas escolhas tem q ter uma votação pras regras para esses casos. Como fazer. Tem pelo menos 3 ou 4 propostas.

Rjclaudio msg 18:21, 1 Março 2007 (UTC)

Na minha opinião, declara-se como vencedora a opção que conseguir mais votos. Gil 18:14, 2 Março 2007 (UTC)
Gil, a questão não é tão simples assim. Esse processo de várias opções e dar a vitória à que tiver mais votos, distorce completamente (ou pode distorcer) o desejo da maioria.--João Carvalho deixar mensagem 14:27, 12 Março 2007 (UTC)
O correto seria somar os votos das opções até atingir um percentual (50%, 2/3, 3/4): No exemplo acima, a apuração seria:
Proposta Votos Acumulado
Repr.esc. 30 151
1 hora 30 121 (30+91)
1 dia 30 91 (30+61)
1 semana 30 61 (30+31)
1 mês 31 31
Sendo apenas essas as opções, há 91 usuários que concordam que 1 dia, no mínimo, deveria ser a punição. Fica subentendido que quem quer 1 mês, aceita 1 semana, 1 dia, 1 hora. O contrário não é verdade, por isso deve-se somar os votos da opção maior para a menor, até atingir o percentual definido. Sr. Tumnus msg 15:49, 8 Maio 2007 (UTC)

Proposta de Alteração da (forma de Votação)Editar


Questão 1: Deve ser estipulada uma nova política de bloqueio?Editar

Sim
Não

Questão 2: Se um utilizador ofender outro verbalmente, qual o tipo de sanção a aplicar?Editar

Repreensão escrita na sua página de discussão
Bloqueio

Questão 2.1: Se na anterior vencer bloqueio qual a opção que escolhe?
Bloqueio até um dia inclusíve
Bloqueio superior a um dia

Questão 2.1.1 Se em 2.1 vencer bloqueio até um dia inclusíve, qual a opção que escolhe?
Bloqueio de uma hora
Bloqueio de um dia

Questão 2.1.2 Se em 2.1 vencer Bloqueio superior a um dia, qual a opção que escolhe?
Bloqueio de uma semana
Bloqueio de trinta dias

Nota: Penso que este é o único processo de se obter um resultado que esteja de acordo com a maioria.--João Carvalho deixar mensagem 15:10, 12 Março 2007 (UTC)

Peço desculpa se isto já estava em algum local--João Carvalho deixar mensagem 15:10, 12 Março 2007 (UTC)

Deveria ser feito o mesmo para os pontos de 2 até 6, já q são bem parecidos. Mas vai ficar trabalhoso votar nessa votação, de tantos votos q vai ser preciso pra cada ponto (3 votos pra cada ponto, se não for mais). Rjclaudio msg 13:11, 18 Março 2007 (UTC)

Eu só deixei aqui parte da votação, para explicar o que me pareceu ser a forma mais correcta de se fazer uma votação, de forma que ninguém venha depois dizer que os resultados não são representativos dos desejos da maioria da comunidade. Com um pouco de paciência, todas as votações podem ser transformadas neste formato.--João Carvalho deixar mensagem 14:12, 18 Março 2007 (UTC)

Sobre a matéria em siEditar

Faça aqui os seus comentários sobre a votação. Gil 17:15, 19 Fevereiro 2007 (UTC)

Parece-me que este assunto é demasiado complexo e importante para ser resolvido assim. Julgo que os prazos de discussão apresentados são demasiado curtos e não permitem uma reflexão nem uma discussão devidamente aprofundadas. Estamos a seis dias do prazo apresentado e a discussão ainda nem se iniciou. Ozalid 22:28, 21 Fevereiro 2007 (UTC)
O prazo está bem no feriadão do carnaval. Muitas pessoas viajando (eu por exemplo, acabei de chegar).
  1. Não vi nada sobre tempo máximo de bloqueio.
  2. E sobre "passar por cima" de alguém (aumentando ou diminuindo o tempo)
  3. sobre o q se faz qnd a pessoa está bloqueada e quer se defender
  4. falar em quais casos essa defesa não é possível (visto caso JLCA, q demorou de ter direito a defesa, e depois ficou sem esse direito nem sei mais o porque, mas me parece justo). Mas deveria estar explícito em algum lugar por quais motivos a defesa pode ser interrompida.
  5. Se não tiver direito de defesa por algum motivo (ou estar bloqueado e querer se defender) e o fazer como ip (ou socket) prejudica a pessoa ?
  6. E se qnd está com direito a defesa pode editar outras coisas fora da discussão de defesa e o q acontece se fizer isso (perde a defesa, ou aumenta o tempo de bloqueio).
  7. Tem diferença entre anonimo e registrado. Mas tem também entre novato / experiente / administrador ?
Muitas questões. A mudança não pode ser apenas nos prazos. Rjclaudio msg 18:36, 22 Fevereiro 2007 (UTC)

  • Questão 3: Ao fim de quantos vandalismos um utilizador deve sofrer uma sanção?
Eu faço bloqueio imediato quem escreve ofensa na página do usuário, seja IP ou não. SE for ganha a opção de n vandalismos (n diferente de 1), vou bloquear na primeira ofensa e não seguirei a regra que a comunidade decidir.
  • Questão 4: Qual o tipo de punição a aplicar ao uso indevido de sock puppets?
Eu não sei como descobrir que alguém seja um sock puppets. Não tenho condições de saber quem anda a usar socks.--OS2Warp msg 00:41, 23 Fevereiro 2007 (UTC)

Ozalid, prolonguei o prazo da discussão para o dia 15 de Março. Na minha opinião, trinta dias são suficientes para discutir a proposta.

Rjclaudio, vou tentar reflectir as suas observações na proposta de votação. Se vir que não consegui fazer isso com sucesso, sinta-se livre para fazer as alterações necessárias.

OS2Warp, não sei até que ponto desrespeitar voluntariamente uma decisão tomada pela comunidade é correcto, mas essa também não é a questão essencial. Relativamente aos sock puppets, eu estava a falar da punição de utilizadores identificados através da ferramenta Check User.

Agradeço ao Ozalid, ao Rjclaudio e ao OS2Warp a sua participação e lanço um novo apelo a todos para que comentem e contribuam com sugestões. Gil 14:57, 23 Fevereiro 2007 (UTC)

  • Acho louvável que isto seja debatido. Ocorre, entretanto, que algumas situações nos obrigam a "atirar primeiro" e avisar depois. Agora mesmo bloqueei um IP, tão logo constatei que estava usando copy-paste da assinatura de um usuário registado e sob bloqueio, dizendo ser o próprio. A ação foi de clara falsificação da assinatura do Usuário, mesmo que, daqui a dez anos, ele consiga provar que era ele mesmo quem estava ali... E usara do mesmo expediente para "assinar" numa outra discussão... O OS2Warp colocou duas coisas de vital importância, para aqueles que foram eleitos administradores, caso no qual me incluo:
  1. A necessidade de bloqueio imediato, nalguns casos;
  2. O desrespeito a uma regra, se esta vier a ser aprovada.

Quanto ao primeiro, vejo que o assunto precisa ser debatido, à exaustão, se for o caso. Para o segundo, apenas lamento... boas ou más, as regras são para ser obedecidas... o discordar delas fere o espírito coletivo! Imaginemos que os defensores do fair use passassem a ditar tais posições, quando o assunto ainda era da pt-wiki e não do commons? E nada mais "justo" que o "uso justo"...

Quanto ao "esticamento" do prazo, ele terá que ser maior ainda. Uma ligação para cá deve ser colocada, não da forma miúda como ficou na Esplanada/propostas, mas ir para a página das mudanças recentes - e todos efetivamente tomarem ciência.

Finalizando, seria interessante, ainda, saber como funciona nas outras Wikis (chamamos a isso de "Direito Comparado"), e não vamos aqui a inventar a pólvora...

Cordialmente, Conhecer Digaê 14:34, 26 Fevereiro 2007 (UTC)

Na questão: Questão 2.1.1: Para que a repetição de uma ofensa seja considerada reincidência, tem-se em conta o espaço de tempo máximo entre a primeira e a segunda ofensa? Eu penso que se devia colocar mais a seguinte opção. "Reincidência após bloqueio ou Repreensão escrita na sua página de discussão conforme for decidido na primeira parte da questão 2. (Parece-me que é numa disputa qualquer que as ofensas aparecem, não é muito provável que a reincidência seja ao fim de um mês.) Não sei se fui muito claro. --João Carvalho deixar mensagem 21:38, 26 Fevereiro 2007 (UTC)

De referir que, também se deve considerar como hipótese de reincidência a ofensa a outro usuário diferente do primeiro. (Não deixar a hipótese de vir dizer que as regras se referiam a ofensas a um só usuário.--João Carvalho deixar mensagem 21:43, 26 Fevereiro 2007 (UTC)

ReincidênciaEditar

  • Concordo em deixar isso explícito. Reincidência não é necessariamente com o mesmo usuário.
  • Vai contar os casos antigos para as contas da reincidência ? Se um usuário hj fizer algo errado, e já tiver feito isso antes mês passado, vai ser como reinciêndia, ou só vai contar a partir do término da votação ?
  • Uma simples advertência não tem tantos efeitos, além de não ficar gravado. Poderia fazer um bloqueio imediato de todo e qualquer vandalismo, apenas por 1 hora (1 hora não faz mal a ninguém), para ficar registrado o bloqueio (ajudar na hora de verificar a reincidência) e nesse meio tempo decidir o q fazer (aumentar ou não). Rjclaudio msg 18:21, 1 Março 2007 (UTC)

Diferenciação de vandalismoEditar

E talvez diferenciar os tipos de vandalismo, e os casos q o bloqueio imediato é permitido (mesmo sendo a primeira vez).
  1. Vandalismo nas páginas oficiais.
  2. Ofensas em páginas de discussão de usuários
  3. Apagar informações.
  4. Acrescentar algumas letras aleatórias em um artigo.
O vandalismo de acréscimo é fácil de ser visto e retirado. Mas o vandalismo de apagar informações, se não for visto na hora, vai passar um certo tempo até alguém perceber (se perceber).
Eu defendo um tratamento diferenciado aos tipos de vandalismo, já q eles tem efeitos colaterais diferentes.Rjclaudio msg 18:21, 1 Março 2007 (UTC)

Tempo máximo de bloqueioEditar

Podia colocar uma opção para determinar qual o tempo máximo de bloqueio. Por exemplo, bloquear um usuário por 1 ano tem o mesmo efeito que bloqueio infinito. Então passaria a não existir bloqueio de um ano, seria o infinito. O mesmo para 6 meses, ou 9 meses. Fazer uma votação com opções acima de 3 meses.Rjclaudio msg 18:21, 1 Março 2007 (UTC)

Desrespeito as regrasEditar

Lendo o comentário do OS2Warp, o que fazer quando alguém (em especial um administrador) vai contra as regras decididas com uma votação? Tratar como vandalismo normal ? Mesmo se o administrador tiver votado na votação e com isso ele sabia das regras, e se fez o contrário fez com pleno concentimento de q ia contra a comunidade. Rjclaudio msg 18:21, 1 Março 2007 (UTC)

OfensasEditar

  • Se forem mais de uma ofensa em uma mesma discussão, será contada como 1 ou como várias ? Assim, se X xingar Y uma vez, tem um bloqueio. Se A xingar 3 vezes B durante uma discussão, terá também o mesmo bloqueio, ou será considerado como reincidência (3ª vez) ?
  • Se os dois usuários discutirem um com o outro, e os dois se ofenderem, a punição é a mesma ? Mesmo q o segundo só tenha ofendido por legítima defesa ?
  • Não sei como é agora, mas qualquer um pode denunciar uma ofensa, ou só o ofendido q pode ? E se o ofendido quiser deixar pra lá e outra pessoa quiser denunciar a ofensa, vai ser feito o bloqueio do mesmo jeito ?

Rjclaudio msg 18:21, 1 Março 2007 (UTC)

nota:Usando a expressão do Rjclaudio. Xingar em legítima defesa ??? Santa paciência, mas a um insulto não se responde com insulto. Isso é descer ao nível do que insultou. Se a reposta for insulto, tb recebe sanções e acabou. --João Carvalho deixar mensagem 22:09, 1 Março 2007 (UTC)
Também acho q deveria ser o mesmo caso. Mas vai q alguém usa esse argumento. sabe-se lá. Rjclaudio msg 13:09, 18 Março 2007 (UTC)

Falsidade ideológicaEditar

Acho importante prever opções de punição para usuários que se passam por outros (assinar com username diferente), e se estas serão cumulativas com outras, como ofensas, vandalismo em artigos, etc. Mateus Hidalgo diga! 00:46, 8 Março 2007 (UTC)

  Concordo - Minha sugestão : bloqueio imediato (já q isso está bem óbvio q ocorreu). O tempo, por mim, entre 1 dia e 1 mês, e 2 semanas estaria bom. Rjclaudio msg 13:09, 18 Março 2007 (UTC)

SockEditar

Acho também importante prever opções para casos de usuários já bloqueados que criam socks (caso do Barão (DctribAElogsBMF): deve-se bloquar pelo mesmo tempo da conta já bloqueada? Deve-se bloquear x tempo a mais? Deve se bloquear infinitamente? E também o que fazer em casos em que o recurso de check user não esteja disponível, pelo tempo longo em que o usuário principal ou outros estejam bloqueados. Mateus Hidalgo diga! 00:46, 8 Março 2007 (UTC)

Acho q essa política já está definida, só não sei onde. Rjclaudio msg 13:09, 18 Março 2007 (UTC)

Repetidos salvamentosEditar

A política deve definir alguma sanção a usuários que mesmo avisados não utilizam o botão mostrar previsão. Deve haver alguma para aqueles que ignoram os avisos. Sugiro um bloqueio de duas horas. --Fabianopires 00:10, 12 Março 2007 (UTC)

  Concordo. As opções seriam o tipo de punição e quando aplicar (nº mínimo de alterações seguidas : 3. Espaçamento mínimo entre as alterações : 3 alt / min). Rjclaudio msg 13:09, 18 Março 2007 (UTC)

hum... 5 vezes a 1alt/min: alertar usuário. Segunda vez: bloqueio 2h. Salles Neto   21:50, 13 Maio 2007 (UTC)

Isto também está a ser discutido aqui.--João Carvalho deixar mensagem 23:16, 13 Maio 2007 (UTC)

6Editar

Questão 6.1
Como pode exercê-lo?

Através de contacto com um administrador por um meio de comunicação externo à Wikipédia;

Qual o sentido de haver comunicação fora da wikipedia? E sequer contactar administradores fora dela? Não vejo sentido nesta pergunta e deveria ser eliminada. --Luis Miguel P. Freitas 20:34, 13 Março 2007 (UTC)

Por mim o certo seria a pessoa usar um ip para entrar em contato com um administrador (pedido aos administradores) avisando q vai fazer a defesa, e ir se defender. Contato fora da wikipédia deixa dúvidas se ocorreu ou não, e como ocorreu.
Eu dividiria a seção 6 em "6.1 Deve avisar a um administrador ?" e "6.2 Como pode exercer a defesa?" Porque a pessoa se defender com um ip, poderia ou teria que avisar a um administrador ? Rjclaudio msg 13:09, 18 Março 2007 (UTC)

Ponto 4Editar

No ponto 4.1 podem-se acrescentar outras hipóteses, como 2 horas, por exemplo? É o tempo de bloqueio que costumo usar, e acho que é jeitoso (para aqueles que só estão de passagem, claro). Lusitana 21:06, 13 Março 2007 (UTC)

2 horas é também o que costumo utilizar para os IPs. Estou de acordo com a Lusitana, acho que deve ser considerado tb. Em relação à "Proposta de Alteração da (forma de Votação)" mais acima nesta página, ninguém comentou ainda. Ao menos com um "Discordo".--João Carvalho deixar mensagem 02:00, 14 Março 2007 (UTC)

Minha opinião: esta votação nunca sairá do papel: tenta prever muitas hipóteses e acaba por ser pouco prática.

Adicionalmente, o simples fato de ela ter sido esboçada, creio estar criando um certo "constrangimento" aos administradores, na hora de aplicar uma qualquer sanção imediata, sem votação nenhuma.

Um palpite, para resolver a coisa, pelo menos temporariamente: bloqueios progressivos, entre algumas horas, alguns dias e até uma semana, deveriam estar previstos no estatuto do administrador, sem explicações adicionais. Daí para a frente, a comunidade entraria na conversa... -- Clara C. 05:58, 4 Maio 2007 (UTC)

Estive a falar no IRC com a Patrícia e ela disse-me que está a reunir algumas ideias para tornar a proposta mais leve. Como não tenho acesso às ferramentas administrativas, opto por não me pronunciar sobre essa situação de constrangimento que a proposta levanta; no entanto, peço aos administradores que contribuam com a sua opinião. Gil 21:53, 11 Maio 2007 (UTC)
Gil, acho que todos devemos discutir e dar a nossa opinião, independentemente de se ter ou não as ferramentas administrativas. Fico a aguardar as sugestões da Patrícia.--João Carvalho deixar mensagem 22:07, 11 Maio 2007 (UTC)
Bom, concordo com a Clara C. sobre o facto do texto desta proposta ser pouco prática. mas parabéns ao Gil pela iniciativa, de alguma ponta a coisa teria de começar. Acho que temos de ir um pouco mais às bases do problema, definir conceitos e prever cenários. E há coisas que vão doer mas que têm de ser discutidas, nomeadamente o abuso das ferramentas administrativs no cenário da política de bloqueio. Delineei algumas ideias (não é uma proposta alternativa, mas antes uma "incubadora de ideias") nesta página, podem usar a respectiva página de discussão para discutir o assunto, se quiserem.
Decerto que as opiniões dos administradores têm grande valor pois são eles quem têm a "mão na massa", mas o facto é que nem o Gil teria começado esta proposta, nem pessoas como eu ou a Clara C. estariam opinando sobre a mesma se coubesse somente a eles decidirem este tipo de políticas. Perdoem-me a falta de modéstia, mas acho que estou numa boa posição neste momento para avaliar os dois lados. PatríciaR msg 00:14, 12 Maio 2007 (UTC)
Pedi especificamente aos administradores a sua opinião sobre o problema levantado por eles serem os mais afectados pela situação. Claro que as opiniões dos wikipedistas não-administradores são tão válidas quanto as daqueles que o são. Como havia dito, o facto de não me pronunciar sobre o tema é opção minha; não deixo de reconhecer todas as opiniões por causa disso. Gil 22:55, 12 Maio 2007 (UTC)

Proposta mais concreta (espero eu)Editar

Tendo havido alguma hesitação sobre a formulação da votação, e não desejando a estagnação da discussão, convido-vos a opinar sobre esta proposta de reformulação da política de bloqueio (e texto a ser submetido a votação). A forma como será feita a votação dependerá de alguma discussão sobre este texto, logo veremos como será melhor formulada a mesma. PatríciaR msg 16:42, 22 Maio 2007 (UTC)

Não tenho participado nesta discussão por falta de tempo e por ter dificuldades em organizar as minhas próprias ideias sem saber no que dará o conselho de conduta. Não vai existir e, portanto, esta política de bloqueio terá de ter regulamentação exaustiva sobre aspectos de conduta? Vai existir? E com que competências específicas? Quais delas continuarão a ser atribuição dos administradores e precisarão de estar mais bem definidas aqui? Não estaremos, em muitos aspectos, a debater duas vezes a mesma coisa? Não será um pouco cedo para definir esta política de bloqueio? Não seria mais produtivo esperar?
No meio de tantas perguntas, só posso fazer uma afirmação. Na minha opinião, não é legítimo definir políticas da Wikipédia com perguntas genéricas. É pouco democrático, pode dar problemas complicados e até já tem dado alguns. Qualquer votação para políticas deve ter como base um texto concreto que deve ser aprovado ou rejeitado com votos a favor ou contra. Ou seja, creio que a discussão nesta página foi útil enquanto reflexão, mas o debate deveria centrar-se em propostas concretas como aquela que a PatríciaR apresentou. Abraços, Ozalid 22:36, 22 Maio 2007 (UTC)

Um alertaEditar

Há administradores que estão a bloquear por infinito sem votação ou razão precedente e outros a bloquear IPs com uma única edição, sem nenhuma mensagem na página correspondente. Creio que esta situação deva ser contida de imediato, mesmo antes desta discussão/votação chegar ao seu término. -- Clara C. 08:15, 24 Maio 2007 (UTC)

Pois esse tipo de situação é, na minha opinião, inaceitável. Mais uma razão para a urgência em definir concretamente a política de bloqueio. Por enquanto, penso que o melhor é dialogar com os administradores que fazem isso para a) saber das razões e b) educar se as razões não foram "razoáveis" (perdoem o pleonasmo). PatríciaR msg 10:00, 24 Maio 2007 (UTC)
Que administradores são esses, onde e a quem estão a fazer isso? Convém falar de casos concretos para perceber se estão ou não a ser cometidos erros, se é necessário tomar medidas e se esses erros apontam caminhos sobre regulamentação. Falar dos administradores em geral, para além de proteger os possíveis abusadores, pode lançar um clima de suspeita generalizada, útil para alguns, mas muito pouco saudável. Abraços, Ozalid 13:35, 24 Maio 2007 (UTC)
A idéia era fazer um alerta mesmo, sem personalizar, para que fosse sentida a necessidade de auto-cotrole por parte da comunidade nesta questão (até porque não é um ou outro administrador). Mas, já que parecem-me pedir provas, procurei rapidamente quatro exemplos recentes, ao acaso, dois referentes a bloqueios em infinito sem votação de sanção ([1] e [2]) e dois relativos a bloqueios sem que a página de discussão do bloqueado fosse sequer inaugurada ([3] e [4]), onde cada um dos bloqueios foi realizado por um administrador diferente. Percebam que suspendi a pesquisa no momento em que consegui estes quatro exemplos, ou seja, estes quatro administradores chegaram aqui por acaso, como poderiam ter sido outros. Por esta razão, sugeriria um alerta geral e não uma atitude pontual. -- Clara C. 19:27, 24 Maio 2007 (UTC)
Vou dar atenção ao assunto (mas não vejo motivos para alarmismos). 22:57, 24 Maio 2007 (UTC)Ozalid (esqueceu-se de assinar)
Como já disse algures, penso que nunca se deve bloquear na primeira primeira vez que alguém faz asneira e que se deve deixar sempre um aviso, seja que tipo de asneira tenha sido feita (mesmo vandalismo propositado)! Esta é uma opinião pessoal. --João Carvalho deixar mensagem 23:03, 24 Maio 2007 (UTC)
Eu também penso como o João e considero inaceitável como a PatríciaR. Creio até que esta seria uma regra implícita ao chamado espírito wiki. O problema é que ela não está escrita e - por conta disso e pelo desconhecimento ou descompromisso com o dito espírito - muitos administradores estão agindo segundo o seu próprio arbítrio. E, neste caso, questionar o administrador face a face, na minha experiência, é pouco produtivo.
O Ozalid fez esta tentativa em 3 dos 4 casos citados (acho que a Patrícia fez no 4o, por e-mail, mas estou apenas adivinhando, por conta dos avisos de e-mail que vi) e recebeu duas respostas que dizem, essencialmente: (1) antes eu avisava, agora não mais; e (2) vi outros administradores fazendo o mesmo nestas situações. Acho que, como amostra, dá conta de demonstrar a minha tese.
Mas o que eu achei mais incrível, realmente, foi a mensagem enviada por um deles aos outros dois: "Olá xxxxxx, apenas estou avisando que existe um usuário desconhecido que vigia os administradores e que se comunica com alguns deles (aqueles que não atuam muito no combate ao vandalismo) e com outros usuários apenas por meio do e-mail. Este usuário já causou muito mal estar e em breve deverão haver mais problemas. Caso isso ocorra, sugiro que inicialmente não explique nada e não se surpreenda se um grupo de pessoas logo for contra você. Sugiro que se mantenha em calma."
Bom, pelas minhas contas, o "usuário desconhecido" sou eu. Não sou desconhecida e não me comuniquei com ninguém por e-mail, mas...
No entanto, as perguntas importantes que faço são: O que está sendo sugerido ali? Que os que fazem a limpeza de vandalismos estão a trabalhar na surdina, com suas regras próprias, e que não querem que se chame a atenção para isso? Ou que, ao menos, o missivista pensa assim (o que já é bastante grave para si)? Fiquei horripilada com esta idéia, especialmente porque constato, no constante desreito às normas das marcações de ER (e subseqüente eliminação), uma estranha semelhança de comportamento.
Já contei, algures (como diz o João), que houve um tempo em que era tabu alguém votar contra um proposto à administração. A comunidade era tão pequena que, quando alguém era proposto ao cargo, esperava-se que fosse eleito por unanimidade. No máximo admitia-se a abstenção, para a qual era exigida, veementemente, uma explicação. Acho que chegou o tempo, agora, de rompermos o tabu em relação à possibilidade de destituição de um administrador. -- Clara C. 04:58, 25 Maio 2007 (UTC)
Concordo com a última afirmação (da parte da mensagem enviada de não-sei-quem a não-sei-quem não entendi nada). Enquanto não houverem regras bem definidas quanto ao bloqueio, os bloqueios ficam um pouco ao critério de cada um (embora seja do conhecimento geral que não se deve bloquear em infinito...). Já relativamente a regras de ER, elas existem e são claras. O desrespeito contínuo das mesmas (deslizes todos cometem) deve ser razão para destituição do administrador. Talvez só comecem a levar a sério quando for destituído o primeiro. Lusitana 07:09, 25 Maio 2007 (UTC)
Outra coisa, devíamos unir as discussões, porque há outra a decorrer e já não sei como é que isto se está a processar. Se esta proposta foi cancelada (?) devia-se deixar aqui um aviso para se passarem a fazer os comentários na outra página, ou então passar a outra proposta para aqui (já que está numa página de usuário). Lusitana 07:15, 25 Maio 2007 (UTC)
O meu contacto com o Fredxavier não teve absolutamente nada a ver com esses bloqueios. Enviei-lhe um e-mail para lhe dar um apoio pelo forma como acabou por se processar a nomeação do RRS. Ele pode confirmar isso aqui. Seria bom não extrapolar certas mensagens quando não se conhece o seu teor. PatríciaR msg 13:04, 25 Maio 2007 (UTC)
LOL Patrícia! Minha única intenção ao fazer aquela "adivinhação" era evitar que o Ozalid viesse a insinuar que, na minha intervenção, eu estivesse apontando o dedo para o fato de ele ter questionado apenas 3 dos 4 administradores. E acabo irritando a ti?   -- Clara C. 16:20, 26 Maio 2007 (UTC)
Só para esclarecer, não fiz nada em relação a um dos casos porque, embora eu não optasse por um bloqueio assim, acho que casos destes são complexos e não me sinto à vontade para questioná-los. Não tem nada a ver com ser um administrador ou outro, tem apenas a ver com os casos concretos. Abraços, Ozalid 16:50, 26 Maio 2007 (UTC)
  • Até uma solução: vamos continuar como sempre fizemos. Infelizmente, por uma ou outra ocorrência, as disputas afloram. Só não entendo como a Pilla parte para ataques por vezes ferozes - he, he... ao menos na percepção de quem os recebe - na defesa de novatos contra atos dos administradores. E vamos por partes:
  1. Todo ato do administrador pode ser revisto - inclusive os bloqueios, inclusive os bloqueios em infinito.
  2. Não tenho dados estatísticos: mas para cada 10 mil bloqueios feitos, menos de um redunda em injustiça (real ou aparente).
    1. Neste caso excluo os erros (como um meu, inexplicável, onde fui a bloquear um anônimo e bloqueei um usuário registrado).
  3. Mesmo os casos em que tenha havido excesso, um simples diálogo com o administrador costuma resolver 99,999999% (de novo, sem fontes, baseio-me no que tenho visto).
  4. A coisa toda vem sendo colocada como se as decisões arbitrárias dos administradores tenham sido eivadas de vícios, de má intenção, e como se a solução do ponto anterior fosse algo deveras impossível de ser feita...
  5. Nas poucas vezes em que a comunidade foi chamada a opinar, a ação dos administradores foi mantida... Isso não infirma que não sejam questionáveis - mas reforça a idéia de que os administradores têm, sim, agido consoante aquilo que a maioria espera que façam...
  6. IPs e usuários bloqueados podem, por outros meios, reportar-se à comunidade, e pedir a reavaliação de seus casos. Eventualmente interrupção de bloqueios são feitas, sem maiores traumas, e sem muito alarde.
  7. Do jeito que o diabo foi pintado aqui, entretanto, parece que:
    1. Os atos dos administradores são irrevogáveis (isso é falso)
    2. Os atos dos administradores, na maioria, são injustos (isso é absolutamente falso)
    3. Os administradores agem de má-fé, perseguem desafetos, fecham-se aos argumentos (isso, creio, também não é verdade).

Entretanto, colocamos a coisa como se estes últimos pontos fossem verdadeiros. Como se para subsistir a wikipédia lusófona precisasse de ter freios, punições escabrosas aos administradores - esses cruéis infratores do bom senso, aplicadores de bloqueios injustos...

Antes que o bom-senso nos falte, por completo, devemos ponderar que as regras para as regras, ou seja, os limites para aqueles que zelam pelo cumprimento das normas do projeto - devem ser algo claramente destinado a melhorar o uso das ferramentas de controle - e jamais - friso: jamais, impor limites ao combate ao vandalismo, aos ataques deliberados de muitos que aqui acessam apenas para deixar seu rastro de desrespeito a tudo e a todos...

Espero que, ao longo de casos esporádicos, não venhamos a tolher exatamente o que se faz nos milhões de acertos. Na contabilidade geral, concluo ser muito melhor para o projeto um possível (nenhum, repito, restou provado como tal) excesso ou deslize. Que, lembro, de novo, pode ser desfeito!

Abraços, Conhecer ¿Digaê 21:12, 26 Maio 2007 (UTC)

Desculpem-me a veemência mas gostaria de retomar o caso: há muitos administradores que estão a bloquear por infinito sem votação e outros tantos a bloquear IPs sem nenhuma mensagem na página correspondente. Creio que a situação está denunciada e configurada. Se há quem acha que assim está bem porque "sempre fizemos", não concordo, nem acho que tem a complacência da maioria. -- Clara C. 07:42, 27 Maio 2007 (UTC)
Estou completamente de acordo com o que disse o Conhecer e também creio que a Clara C. levantou alguns casos que merecem atenção. Não considero de particular gravidade nenhum deles, mas algumas das respostas que me foram dadas também não me satisfazem inteiramente. Por exemplo, pode-se bloquear sem um aviso prévio? Acho que estas questões têm de ser discutidas com serenidade e sem diabolização de pessoas e grupos inteiros. Apresentei uma proposta aqui. Abraços, Ozalid 18:28, 27 Maio 2007 (UTC)
Voltar à página de projeto "Votações/Política de bloqueio/Arquivo I".