Abrir menu principal

Wynton Alan Whai Rufer (Wellington, 29 de dezembro de 1962) é um ex-futebolista e treinador de futebol neozelandês[1].

Wynton Rufer
Wynton Rufer
Informações pessoais
Nome completo Wynton Alan Whai Rufer
Data de nasc. 29 de dezembro de 1962 (56 anos)
Local de nasc. Wellington, Nova Zelândia
Nacionalidade neozelandês
Altura 1,81 m
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Treinador (Ex-atacante)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1980
1981
1982
1982
1982–1986
1986–1988
1988–1989
1989–1995
1995–1996
1997
1997
1998
1999–2002
Nova Zelândia Stop Out
Nova Zelândia Wellington Diamond
Inglaterra Norwich City
Nova Zelândia Miramar Rangers
Flag of Switzerland (Pantone).svg Zürich
Flag of Switzerland (Pantone).svg Aarau
Flag of Switzerland (Pantone).svg Grasshopper
Alemanha Werder Bremen
Japão JEF United Ichihara
Alemanha Kaiserslautern
Nova Zelândia Central United
Nova Zelândia North Shore United
Nova Zelândia Auckland Kingz
5 (2)
19 (7)
0 (0)
8 (3)
100 (43)
37 (18)
22 (12)
174 (59)
54 (38)
14 (4)
30 (12)
11 (3)
48 (12)
Seleção nacional
1980–1997 Flag of New Zealand.svg Nova Zelândia 23 (12)
Times/Equipas que treinou
1998–1999
1999
1999–2002
2014–2015
Nova Zelândia North Shore United (jogador-treinador)
Nova Zelândia Nova Zelândia (Sub-16)
Nova Zelândia Auckland Kingz (jogador-treinador)
Flag of Papua New Guinea.svg Papua-Nova Guiné



CarreiraEditar

Depois de jogar por Stop Out e Wellington Diamond em seu país natal, Rufer foi o primeiro jogador de futebol neozelandês a assinar um contrato profissional - em 1981, com o Norwich City, que ainda contratou seu irmão mais velho, Shane (meio-campista), para um período de experiência no clube. O atacante não entrou em campo nenhuma vez pelos Canários, regressando ao seu país em 1982 para defender o Miramar Rangers.

Jogou ainda na Alemanha, pelo Werder Bremen, clube por qual foi artilheiro da Liga dos Campeões da UEFA de 1993/94, o único jogador da Oceania com esta marca, e onde conquistou uma Copa da Alemanha e uma Recopa Europeia; e pelo Kaiserslautern, depois de uma passagem de 2 temporadas pelo futebol do Japão (54 partidas e 38 gols pelo JEF United Ichihara). Também jogou no futebol suíço, por Zürich, Aarau e Grasshoppers. Encerrou a carreira em 2002, como jogador e técnico do Auckland Kingz - jogara anteriormente por Central United e North Shore United, onde também foi treinador, em 1997.

Rufer é o único jogador neozelandês a jogar a Liga dos Campeões, jogando 6 partidas e 4 gols. pela Nova Zelândia, participou da Copa de 1982, a única disputada pelo país até a de 2010, tendo sido dele o gol que classificou o país para o mundial, na repescagem contra a China. Trabalhou ainda como técnico da seleção Sub-16 da Nova Zelândia e de Papua-Nova Guiné, entre 2014 e 2015.

Atualmente, faz parte do Comitê da FIFA, junto com Pelé, Platini, Beckenbauer e Bobby Charlton[2][3].

Referências

  1. Globoesporte.com (7 de março de 2014). «Especial! Confira entrevista com Wynton Rufer, eleito o maior jogador da Oceania no Século XX». Consultado em 5 de abril de 2015 
  2. FIFA.com (24 de maio de 2002). «The greatest honour for any footballer» (em inglês). Consultado em 5 de abril de 2015 
  3. FIFA.com. «FIFA Ambassadors against Racism» (em inglês). Consultado em 5 de abril de 2015