Yoshiharu Kohayakawa

professor universitário e pesquisador ativo no Brasil

Yoshiharu Kohayakawa (小早川 美晴 Kohayakawa Yoshiharu?) (27 de agosto de 1963[1]) é um matemático nipo-brasileiro que trabalha em matemática discreta e teoria das probabilidades.[1] É conhecido por seu trabalho sobre o lema da regularidade de Szemerédi, que ele estendeu para grafos menos densos.[2][3]

Yoshiharu Kohayakawa
Yoshiharu Kohayakawa
Nascimento 27 de agosto de 1963 (60 anos)
Marília
Cidadania Brasil
Alma mater
Ocupação matemático, professor universitário
Prêmios
Empregador(a) Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo

Foi na faculdade, na USP, que encantou-se pela matemática. Seus incentivadores foram Imre Simon, com seu grupo de combinatória, e Arnaldo Mandel, com um livro de Lovász - tradicional também da área de combinatória.[4]

Foi aluno de Béla Bollobás na Universidade de Cambridge.[5]

De acordo com o Google Acadêmico, em 24 de maio de 2015, os trabalhos de Kohayakawa já tinham recebido mais de 2100 citações, e seu h-index era 27.[6]

No ano de 2018, Yoshiharu, junto com os professores: Robert Morris, Simon Griffiths, Peter Allen e Julia Böttcher, ganharam o prêmio Fulkerson pelo artigo "The chromatic thresholds of graphs". É um prêmio internacional importante na área de matemática discreta.[7]

Em 2023, fez parte das comissões  organizadora e científica da 1a Escola Brasileira de Combinatória (EBC), evento que conta com participantes nacionais e internacionais, ocorrendo de 11 a 15 de setembro, no município de São Sebastião. [8]

É membro titular da Academia Brasileira de Ciências.[1]

Seu número de Erdős é 1.[9][10]

Referências

  1. a b c Academia Brasileira de Ciências – Yoshiharu Kohayakawa
  2. László LovászLarge Networks and Graph Limits, p. 395
  3. Bridget S. Webb – Surveys in Combinatorics 2005, p. 227
  4. «Yoshiharu Kohayakawa – ABC». Consultado em 28 de junho de 2023 
  5. Mathematics Genealogy Project – Yoshiharu Kohayakawa
  6. Perfil no Google Scholar – Yoshiharu Kohayakawa
  7. «Professor da USP ganha prêmio mais importante de área da matemática». Jornal da USP. 27 de julho de 2018. Consultado em 28 de junho de 2023 
  8. «1ª Escola Brasileira de Combinatória». IMPA - Instituto de Matemática Pura e Aplicada. Consultado em 28 de junho de 2023 
  9. Celina Miraglia Herrera – My Erdős number
  10. Ele escreveu "The size of the largest bipartite subgraphs", on Discrete Mathematics com Erdős e Gyárfás
  Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.