Zababasumaidina

Rei cassita

Zababasumaidina (Zababa-shuma-iddina) ou Zababasumaidim (Zababa-shuma-iddin) foi o penúltimo rei cassita que reinou na Babilônia por um ano (em 1 158 a.C.), sucedendo à seu pai Merodaque-Baladã I.[1]

Zababasumaidina
Rei da Babilônia
Unfinished kudurru h9101.jpg

Cudurru inacabado.
Reinado 1 158 a.C.
Antecessor(a) Merodaque-Baladã I
Sucessor(a) Enlilnadinaque
Nascimento Século XII a.C.
  Babilônia
Morte Século XII a.C.
  Babilônia
Dinastia Dinastia cassita
Pai Merodaque-Baladã I

ReinadoEditar

Após um ano de reinado, os soldados assírios, sob o comando do rei assírio Assurdã I (r. 1179–1133 a.C.), invadiram a região do Pequeno Zabe e ocuparam várias cidades próximas ao rio que estavam sob a soberania da Babilônia (Zabana, Irritabili, etc.) e o território de Salu.[2]

No ano seguinte, o país foi invadido por Sutruque-Nacunte, de Elão, que o ocupou completamente ao entrar na capital da Babilônia. Zababasumaidina foi deposto e o próprio Sutruque-Nacunte obteve a coroa e o título de rei da Babilônia e da Suméria, que então, ao retornar ao seu país, entregaram seu filho e herdeiro Cutir-Nacunte III.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Kinglist A, coluna 2, linha 14.
  2. The Synchronistic Chronicle (ABC 21), K 4401a +, comprimido B, coluna 2, linhas 10 a 12.
  3. Cassin, Elena; Bottéro, Jean; Vercoutter, Jean (1992). História universal, 3. Os impérios do Oriente Antigo. II O fim do segundo milênio. História Universal Século XXI.