Zenón de Somodevilla y Bengoechea

Zenón de Somodevilla y Bengoechea (Alesanco, La Rioja, 20 de abril de 1702Medina del Campo, Valladolid, 2 de dezembro de 1781), o 1.º marquês de la Ensenada, foi um estadista e político ilustrado espanhol que, entre outros cargos de relevo, foi Secretário da Fazenda, Guerra e Marnha e Índias (Secretario de Hacienda, Guerra y Marina e Indias) e sucesivamente superintendente geral de Finanças, lugar-tenente general do Almirantado, Secretário de Estado, Notário dos Reinos de Espanha e cavaleiro do Tosão de Ouro (Caballero del Toisón de Oro) e da Ordem de Malta. Foi conselheiro de Estado durante três reinados, os de Felipe V, Fernando VI e Carlos III.[1]

Zenón de Somodevilla y Bengoechea
Nascimento 20 de abril de 1702
Alesanco
Morte 2 de dezembro de 1781 (79 anos)
Medina del Campo
Cidadania Espanha
Ocupação político, militar,
Prêmios
  • Cavaleiro da Ordem do Tosão de Ouro
Título marqués
Religião catolicismo
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Notas

  1. Rodríguez Villa, Antonio, Don Zenón de Somodevilla, marqués de la Ensenada. Ensayo biográfico, Madrid, 1878.